Início » Brasil » Ministro promete smartphones mais baratos até a Páscoa

Ministro promete smartphones mais baratos até a Páscoa

Não é a primeira vez que Paulo Bernardo faz essa promessa

Avatar Por

nexus-4-pascoa

O ministro de Comunicações, Paulo Bernardo, ataca novamente. Em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, Bernardo afirmou de novo que os smartphones vão ficar mais baratos, dessa vez até a Páscoa. As isenções fiscais devem sair ainda nesse mês.

De acordo com Bernardo, o ministério que ele lidera trabalha que os aparelhos mais em conta sejam inclusos na chamada Lei do Bem, o que pode causar a redução de até 25% nos celulares com acesso à internet. Embora a medida tenha sido sancionada em setembro do ano passado, ainda falta decreto presidencial regulamentando a medida

Primeiro a isenção foi paralisada por ações do Tribunal de Contas da União (TCU). Em seguida, devido à votação do orçamento da União para o ano corrente, que foi atrasada por movimentos no Congresso nacional. Parece que finalmente a medida de interesse dos entusiastas de dispositivos móveis vai sair.

A Lei do Bem já regulamenta a isenção de impostos para itens de informática, inclusos aí notebooks e desktops. Para tanto, as empresas têm de se comprometer a produzir os itens em território nacional, ainda que os componentes venham de fora. Diversas empresas, como a Positivo e a LG, montam os computadores por aqui. Espera-se que o mesmo ocorra com os smarphones.

O Tecnoblog (na figura deste humilde editor) foi conhecer a fábrica da Nokia em Manaus, Amazonas, no ano passado.

Faz um ano que o ministro começou a prometer os celulares mais baratos. Primeiro foi em janeiro de 2012. Novamente, em agosto do ano passado, Paulo Bernardo fez a mesmíssima promessa.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

carolcostasjn
falou tudo, não falaram que ano seria... vou esperar sentada
carolcostasjn
Só pra constar que a Páscoa já passou e nada de preços menores, pelo contrario ... Entrei no site de uma loja (não vou citar nome mas deveria) e dizia que ja haviam aderido a "lei" do governo e bla bla bla Realmente, eles mostraram uma diferença de preço, mas como eu não sou nada burra vi que estavam "manipulando" nosso olhos, pois o preço supostamente menor era o mesmo que sempre esteve, sei disso pois venho pesquisado a algum tempo por smartphones baratos, já que os preços estão um absurdo. A unica coisa que fizeram foi mostrar o preço anterior muito alto, tentando passar que haviam diminuido muito o preço. Aliás, achei isso uma falta de caráter da empresa, pois pensam que somos idiotas e não temos noção de nada. Lamentável isso! Acho que não vai haver desconto nenhum, mais um papinho do governo e das lojas que pensam que somos idiotas!
lucassandoval
Ninguém diz que o preço dos smartphones no primeiro mundo se deve ao contrato de 2 anos. No Brasil, para "proteger" o consumidor, a anatel não permite contratos de 2 anos NEM PARA EMPRESAS. Pessoa física, é 12 meses no máximo. Jurídica, 18 meses. Isso por si só, já faz o valor do smartphone subir muito. Aí vem o IPI(imposto q não existe em nenhum país decente). Aí o governo coloca uma montanha de imposto sobre o cartel móvel q ele mesmo protege. E BIMBA, temos os smatphones mais caros do mundo. Com planos caros tbm. Então é isso.
daviddiniz
É apenas um Bolsa Smartphone duvido e muito baixar 1 centavo.
Vinícius
Agora entendi :( ! Foi inocência mesmo :/ ! Mas por um pouquinho cai em 1º de Abril :p
Vitor
A Apple é muito FDP mesmo. Ao invés dela abaixar saporra desse preço, ela aumentou todos os outros. Vagabundagem séria.
Alexandre Cinci
sei sei pegadinha do Malandro ou 1o de abril? cade o prometido pro Natal. pior eh q os meios acreditam nesses politicos safados.
RamonGonz
Triste realidade...
Gabriel
Na verdade, todos os produtos recentes dela ficaram mais caros menos o iPad. :D
Evandro Barreto
Sera que o Galaxy S 2 esta nessa lei tambem ?
Andre Badiani
ta bom... vamos esperar isso acontecer quero ressaltar que na entrevista com o ministro ele disse que os smartphones vao ficar mais baratos ate a pascoa ele so nao disse se vai ser a deste ano ou a de 2015
Raphael Rios Chaia
Somos um mercado em que as pessoas fazem FILA pra comprar smartphones de 2600~3200 reais. Isenção fiscal não baixa preço, o que baixa é a empresa repassar o beneficio pro consumidor. Não acredito numa redução significativa de preços, sendo bem sincero.
Alberto Prado
Boa!!! Curti muito heim!
Lucas Cotta
Vinícius foi inocente, =(
Jorge Anderson
Está igual fiado, só amanhã!
Exibir mais comentários