Início » Celular » Desespero? Canonical baixa preço do Ubuntu Edge para 695 dólares

Desespero? Canonical baixa preço do Ubuntu Edge para 695 dólares

Emerson Alecrim Por

Faltam 14 dias para o fim da campanha do Ubuntu Edge no Indiegogo, mas as notícias não são boas: se nas primeiras 24 horas a arrecadação havia superado 5 milhões dólares, hoje, no décimo oitavo dia, o montante está em apenas pouco mais de 8,6 milhões de obamas, muito longe da meta de 32 milhões.

Ubuntu Edge

Ubuntu Edge

Para tentar reverter a crescente falta de interesse pelo projeto, a Canonical tomou uma série de medidas. A primeira foi a criação de pacotes com preços mais atraentes, com valores indo de 725 a 780 dólares.

Outra, mais recente, consistiu em ressaltar as qualidades do Ubuntu Edge na página da campanha. Para isso, a empresa divulgou citações sobre o smartphone feitas por vários veículos (faltou o Tecnoblog #chatiado) e até criou um comparativo entre o Ubuntu Edge, o iPhone 5 e o Galaxy S4:

Edge x iPhone 5 x Galaxy S4

Edge x iPhone 5 x Galaxy S4

Também faz parte dos esforços de divulgação a publicação de um post onde o designer Chee Yee Wong explica detalhes do desenvolvimento do projeto e o vídeo abaixo, que relata a modelagem 3D do dispositivo:

Tudo muito interessante, é inegável, mas nada disso tem se mostrado suficiente para fazer com que a arrecadação pelo menos se aproxime da meta que, a esta altura, deveria estar em cerca de 16 milhões de dólares. Com o desespero batendo à porta, a Canonical decidiu tomar uma atitude extrema: daqui para frente, qualquer um que desembolsar 695 dólares poderá levar um Ubuntu Edge para casa.

Sim, é uma medida extrema. No plano original, o Ubuntu Edge custaria 830 dólares, um valor excelente para um aparelho que se propõe a ter tela de 4,5 polegadas (de cristais de safira), 4 GB de RAM, 128 GB de storage, câmera traseira de 8 megapixels, duas antenas LTE, NFC, etc.

Só que, no primeiro dia de campanha, o Ubuntu Edge tinha valor promocional de 600 dólares, limitado às 5 mil primeiras unidades. Depois disso, o preço subia para 830 dólares. O problema é que, se outrora foi possível contribuir com o projeto com duzentos e poucos dólares a menos, pouca gente se sentiu motivada a pagar o valor integral.

O valor de 695 dólares certamente atrairá mais compradores. Mesmo assim, é pouco provável que a meta seja atingida. A expectativa é que, na última hora, alguma gorda contribuição (talvez da própria Canonical) salve a pátria, tal como a gente já viu acontecer em certas campanhas televisivas beneficentes.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Hermmann Berbary
Internet, se voce não tomar cuidado ela te manipula tanto quanto a mídia.
Ernâni Machado Alvarenga
E quem disse que eu também não critiquei o Moto X pelo mesmo motivo? O fato é: quer fazer um aparelho "econômico", fine, tem mercado pra isso, embora saibamos que nenhum aparelho por aí vai ficar dois dias online, longe do carregador, com base num uso normal. No meu caso, que prezo pela performance, prefiro um aparelho com resolução melhor e uma bateria maior do que ficar limitado pelo hardware. O software pode gerenciar o uso da bateria... posso mudar pro perfil econômico e desligar o que eu não preciso se eu quiser, agora, a resolução nativa do aparelho é travada pelo hardware e 720p é tecnologia de 2013... meu S3 é assim e hoje eu o odeio por isso, olhando a tela de um S4. Sei que externamente ele vai utilizar a resolução que você configurar no Ubuntu mas, será que um processador ARM vai dar conta do Unity? Num Pentium D - que é velho mas é X86 e deve ter a capacidade computacional bem acima de qualquer ARM que se tem por aí - eu achei pesado. Não acho que apostando num processador de agora vá gerar algo funcional, por mais que mexam e otimizem. O que não bate, nessa promessa aí, é que qualquer processador decente do segundo trimestre de 2013 pra cá tem suporte nativo a 1080p. Eu particularmente DUVIDO que colocariam uma tela 720p podendo suportar mais, ainda mais sabendo que o padrão em 2013 já subiu. A Motorola se ferrou e está enfrentando criticismo por causa disso e do dual core disfarçado, usaram o mesmo argumento... mas os bobos neste mercado estão rareando. Não é spec de smartphone top. Se quiserem vender como um mid-to-high tudo bem. Como eu disse, tem mercado pra todo mundo e ninguém precisa mirar nas estrelas.
Glauco P. Gomes
Não, ninguém se fu***, se vc desse uma lida no IndieGogo, veria que a Canonical afirmou que vai ressarcir todo mundo que pagou um valor acima desse. Com o hardware que ele tem e a tela de safira, o preço está muito bom, só não compro por causa dos impostos do nosso Brasil.
Glauco P. Gomes
Você não está lembrando que vc pode conecta-lo a um monitor, teclado e mouse, e ele vai rodar aplicativos desktop normalmente, como qualquer computador, por isso 4GB.
Glauco P. Gomes
Ernâni Machado Alvarenga É bom ler a fonte antes de criticar, o Tecnoblog não ajuda, quer apenas fazer sensacionalismo. Deixa eu esclarecer as coisas para vc: 1 - Escolheram 720p pelo mesmo motivo do "Moto X", economizar bateria; 2 - Quando vc conecta-lo a um monitor ele vai utilizar a resolução que o monitor suportar e vai rodar o Unity Desktop, assim como o que vc tem hoje no seu computador; 3 - Vai por mim, vc não vai querer utilizar um aplicativo que não tenha sido adaptado na tela do celular, apenas em um monitor desktop; 4 - O Unity está sendo refeito do zero para rodar bem em smartphones, já tem até versão Alpha disponível para instalar no Nexus 4, e roda liso; 5 - Eles também explicaram o lance do processador, vão adiar ao máximo a escolha para poder colocar o melhor possível que esteja disponível quando for fabricar. Mais alguma dúvida?
Ernâni Machado Alvarenga
Qualquer processador ARM top atual tem suporte a resolução full hd, tem algo de muito errado com essa promessa, ainda mais colocando nesse preço. Devem estar falando, no máximo, do velho e batido Snapdragon 400 ou algo que valha. Ou então essa resolução eles chutaram pra ter algo apresentável pra vender e vão mudá-la até o ano que vem, que é quando sai e qualquer aparelho médio já será full hd.
Raul Kleemann
Facada é pouco. Somando 60% sobre o valor do aparelho + frete, mais uns 18% de ICMS(depende do Estado), vai chegar nos 3 mil, fácil.
Zeruel Otomo
1 - Se não tem assistência técnica, você que manda direto para eles assim que for liberado o RMA, e sim, você que paga e dependendo do destino/peso, não sai barato. 2 - Novamente, se não tem assitência técnica (o que no caso desse aparelho, realmente acredito que não teria), eles mandam de volta para você e bancam esse envio 3 - Sim, vem sem custo atrelado, poreeeeeeeeeeeeeem, Brasil é Brasil. Sim, tem chance de ser tributado novamente e você vai ter a alegria de ter que preencher papelada, apresentar outros quilos de papel e tudo que tiver para provar que já pagou os impostos e que o produto que voltou não é uma compra e sim um retorno de mercadoria em garantia. E demora viu. Ainda estou esperando a RFB tirar a taxa que me cobraram da minha VGA que foi para a XFX em RMA. E olha que tem toda a papelada na caixa e uma PUTA declaração da XFX dizendo que não tem valor comercial o produto estampado logo de cara.
Ernâni Machado Alvarenga
Foi a primeira coisa que olhei e está claro, pra qualquer um que entenda mais ou menos, que a resolução é de 720p e não há referência ao processador que será utilizado. Eu uso Ubuntu aqui e ele já está pesado o suficiente pra dar certeza que não rodaria em nenhum ARM atual como roda em desktops, não sem que fosse feita uma boa lipoaspiração, principalmente com o Unity. E, mais: considerando que o aparelho só deve sair lá pra 2014, 720p e o melhor ARM que tiver agora vão ser tecnologia ainda mais defasada. Essas iniciativas a la Kickstarter não funcionam pra equipamentos de tecnologia com alto ciclo de renovação, vide o Ouya, que já nasceu mais fraco do que muito celular ligado num joystick e tv.
Hugo Durães
A versão do ubuntu desktop vai rodar quando estiver plugado à um monitor. Quando usado como smartphone, vai rodar o Ubuntu Mobile. E o processador, vai ser um top de linha, conforme prometido. Só não está definido qual ainda.
Cristiano Ramos
Henrique Dourado eles disseram que era para escoar o stock. (por outras lavras desesperados por venderem o que têm no armazém)
Download Inglês
tu viu as especificações deste smartphone ??? cara, veja antes de falar merd*#"
Henrique Dourado
engraçado, quando a microsoft diminui o preço do surface o tecnoblog não chamou de desespero
Kessler
Sei lá, para mim colocar 4GB de RAM em um celular onde os tops com que ele compete têm 1 ou 2 é admissão que o sistema é extremamente pesado e ineficiente. Sabe por que dizem que passarinho não come pedra, né?
Daniel Dias
Eu querooooo, esse smartphone é muito fera, pena que não da pra imprimir numa impressora 3d em casa se não seria de graça LOL
Exibir mais comentários