Saiu ontem a lista de indicados ao Oscar deste ano e, entre as indicações da categoria Documentário em Longa-Metragem, está The Square, que mostra a revolução do Egito em 2011 através das histórias seis manifestantes.

O filme foi dirigido por Jehane Noujaim e, para ser finalizado, recorreu ao Kickstarter para conseguir financiamento. No dia 7 de março do ano passado, o objetivo de 100 mil dólares foi alcançado e mais 26 mil ainda foram arrecadados.

O Netflix adquiriu os direitos do filme em novembro e ele, hoje, faz parte dos Originais do serviço, apesar de não ter sido feito “sob encomenda”. E, além de The Square, outro documentário do Netflix está concorrendo a um Oscar, mas na categoria Curta-Metragem: The Short Game, sobre a trajetória de crianças rumo ao campeonato mundial de golfe. É primeiro filme do gênero produzido pelo serviço.

The Square já recebeu prêmios em Sundance e Toronto e, se ganhar o Oscar, será o segundo projeto do Kickstarer a conseguir um. No ano passado, Inocente, sobre uma adolescente sem teto da Califórnia que sonha em ser uma artista reconhecida, levou Melhor Documentário em Curta-Metragem.

Para o Netflix, será o primeiro prêmio da Academia, mas não o primeiro de um Original: a série House Of Cards ganhou o Emmy de Melhor Direção em Série Dramática e o Globo de Ouro de Melhor Atriz em Série Dramática.

A cerimônia do Oscar acontece no dia 2 de março.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

RamonGonz
realmente "os originais" da Netflix são sensacionais
Luiz Ricardo Silveira
Documentário sensacional, por sinal. Já disponível para assistir.
Luiz Ricardo Silveira
Documentário sensacional, por sinal. Já disponível para assistir.