Essa ninguém esperava: Mark Zuckerberg anunciou nesta tarde em seu perfil no Facebook que a empresa adquiriu a Oculus VR, responsável por criar o Oculus Rift. Não foram dados mais detalhes ou valores do acordo – o The Verge fala em 2 bilhões de dólares – , mas o CEO aproveitou para explicar um pouco do que pretende fazer com a empresa daqui para a frente.

A Oculus VR surgiu para desenvolver o Rift, lá em 2012. Essencialmente, é uma empresa do ramo de jogos e hardware, mas não espere jogar Farmville com os óculos de realidade virtual; os planos do Facebook são diferentes.

Zuckerberg diz no comunicado que o Rift tem um potencial enorme, muito além dos games: “imagine aproveitar um lugar privilegiado em um estádio, estudar em uma sala de aula com outros alunos e professores de todo o mundo ou se consultar com um médico – tudo isso apenas colocando os óculos na sua casa”. Ele afirma que, mais do que um acessório, o Rift está estreando uma nova forma de comunicação. E, se tem algo que o FB sabe, é de comunicação, mas não devemos ver tão de imediato os frutos dessa parceria.

Luckey Palmer, CEO da Oculus VR, com um dos primeiros protótipos do Rift

Palmer Luckey, CEO da Oculus VR, com um dos primeiros protótipos do Rift

No entanto, a compra não deve mudar nada nos planos da empresa, que ainda nem lançou seu produto principal. “Iremos nos focar em ajudar a Oculus a criar seu produto e desenvolver parcerias para dar suporte a mais jogos. A Oculus vai continuar operando independentemente dentro do Facebook”.

Zuckerberg não está segurando o bolso neste ano: há cinco semanas, efetuou a compra mais cara de uma empresa até agora ao adquirir o WhatsApp por 16 bilhões de dólares.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diogo Ramos Gutierre
Tales Cembraneli Dantas Eu li num site americano, uma declaração de alguem do Oculus VR dizendo que não tinha motivos para tanta gente negativa e que o produto ficaria muito melhor. E que esperava ele pronto em 5 anos a partir da compra. Eu uso o feedly com muitos rss cadastrados. Fica difícil achar a fonte agora. Este prazo me foi muito estranho, pra mim também parecia um produto perto de finalizar. Mas enfim, se depois encontrar a fonte eu posto aqui. Valeu.
Tales Cembraneli Dantas
Diogo Ramos Gutierre , daqui a cinco anos? onde vc leu isso? Eu quis dizer q se o FB injetar dinheiro no OCULUS VR e deixar a parte técnica pra quem já esta lá tem td pra dar certo... o RIFT já é uma realidade, pelo que estou lendo a repeito o DK2 já é bem próximo de uma versão final (já estou na fila esperando o meu).. e vantagem do RIFT sobre o Morpheu pra mim é única... compatibilidade... o Rift nasceu sem um SO, ele esta aberto a todas as plataformas, tem muito mais chance de virar padrão no mercado, enquanto o Morpheus é um projeto de uso único, apenas para um console de videogame e nada mais... torço para ambas darem certo e quem sabe vir outras como algum do Google, MS, etc... mas primeiro, como toda tecnologia nova, precisa-se criar um padrão. Sinceramente eu não vejo nenhuma tecnologia alienígena nesses óculos, me parecem uma coisa muito simples de se fazer com a tecnologia que existe hoje no mercado...
Diogo Ramos Gutierre
Tales Cembraneli Dantas Seguindo a sua lógica todo mundo deveria estar muito otimista com relação esta compra. Não é bem a realidade não é? Já citei pelo menos 10 motivos que levam a crer que este negócio foi uma furada. Posso estar errado e desta compra nascer um produto maravilhoso. Mas essa é uma suposição sem argumentos no presente. No presente nós temos uma empresa bilhonária que esta comprando deus e o mundo. Que já tentou mudar o Instagram e ia destruir o que tinha comprado e teve que voltar atrás. E que com certeza num protótipo ainda não lançado eles vão modificar o que o produto final seria sem eles. Uma empresa que tem 0 de experiência em jogos e que com certeza vai querer levar este produto para outros ramos. E o que a Sony vai achar disso? Vai achar ótimo, ela vai ter menos concorrentes no ambiente virtual para games hardcore. O fato das pessoas terem perfil no Facebook não ajuda a concluir nada. Não é porquê eu tomo coca cola que eu vou achar legal ela comprar a sony (por exemplo). Não faz sentido o que você disse. Fiquei curioso para ver os concorrentes que aparecerão. Até porquê estavam prometendo o Oculus Rift para este ano (desde o ano passado), e agora com a compra disseram que a perspectiva é para daqui 5 anos.
Tales Cembraneli Dantas
Diogo Ramos Gutierre , o estranho é que todo mundo que desaprova tem uma conta no FB... se o produto for bom e o preço competitivo, é certeza de sucesso... a SONY deve estar assutada sim...
Matheus Paes
Diogo Ramos Gutierre WINS!
Diogo Ramos Gutierre
Edmilson Junior Você esta dando voltas no seu próprio argumento. Dei os meus argumentos sobre o porquê de ter achado ruim este investimento. Você apareceu para contradizer, obviamente para defender que o investimento pode ser bom. Citando o Google e a Apple como casos de sucesso. Mas não cita nada especificamente em relação ao Facebook comprar o Oculus Rift. Dai eu digo pra vc que se for usar a sua lógica todo investimento pode ser comparado aos casos que deram certo e parecer que é um bom investimento. Então você vem dizer que todo investimento é questionável!? Ahn? Não faz sentido. Pela suas próprias palavras, qualquer investimento feito, (você disse com todas as letras) pode ser comparado a um baita investimento lucrativo. Ou seja, "não critique, vai que vira algo como o google ou a apple". Cara, você quer defender a compra do Oculus Rift pelo Facebook? Cite bons argumentos que justifiquem gastar 2 bilhões. Citar os casos que deram certo, sem nenhuma relação não é justificativa para não criticar a compra. Pra mim, Oculus Rift morreu. O CEO foi um mercenário, se vendeu. Em pouco tempo não tinha um tostão e agora tem 2 bilhões sem nem ter o produto pronto. Pra mim ele nem teria mais estimulo para finalizar o produto e isso ficaria a cargo do Facebook. http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2014/03/doadores-do-oculus-rift-pedem-dinheiro-de-volta-apos-aquisicao.html Outros pensam a mesma coisa. Mas beleza, vai que da certo feito um Google ou uma Apple.
Edmilson Junior
Diogo Ramos Gutierre pelo contrário, todo o investimento pode ser questionável mas não deixa de ser uma aposta, com risco "calculado" mas ainda assim uma aposta, principalmente em mercados novos ou onde se tem concorrentes competentes.
Diogo Ramos Gutierre
Anderson Oliveira Você esta citando a própria massa que fez o Oculus Rift nascer, como se ela fosse insignificante. Não faz sentido. http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2014/03/doadores-do-oculus-rift-pedem-dinheiro-de-volta-apos-aquisicao.html Há clientes que não gostaram da compra e há expecialistas que disseram que foi cagada. Mas beleza, você acredita neste potencial entre as duas empresas, tudo bem. Mas eu mesmo, que tinha muita vontade de comprar perdi totalmente a vontade. E te digo mais, postei isso no meu facebook, e vi milhares de amigos gamers que também disseram o mesmo.
Diogo Ramos Gutierre
Edmilson Junior Seguindo a sua lógica todo e qualquer investimento é inquestionável. Visto que você pode sempre compara-los aos exemplos que deram certo. Rift não foi uma boa escolha, especialistas e os próprios "futuros" clientes pensam isso. Facebook esta gastando tanto dinheiro que as pessoas esquecem o que é bilhões de dólares.
Anderson Oliveira
Mas o mainstream não tem opinião. Quer pagar e usar. É na massa que se faz dinheiro.
Juan Lourenço
Ignore o Facebook como rede social e pense "grupo de pessoas com dinheiro sobrando querendo comprar coisas que tendem a dar muito dinheiro no futuro", apenas isso, eles viram potencial, não que tenha relação com o produto atual da empresa.
Edmilson Junior
Diogo Ramos Gutierre Todo o investimento é uma aposta, o investidor que investiu no Google no início também apostou, era algo novo, praticamente um protótipo, e hoje é oque é, o mesmo aconteceu com a Apple. Alguns investimentos podem dar muito certo e outros muito errado, o que importa é estar a frente no mercado, dos diversos investimentos que eles poderiam fazer acho que o Rift foi uma boa escolha, mas concordo que pagaram caro demais mas eles ainda tem muitos bilhões para "perder" em apostas.
Juan Lourenço
Pois é, como disse o Anderson, continua sendo a mesma Oculus, com os mesmos funcionários que já vinham mandando bem, mas agora com dinheiro PRA CAR***
Diogo Ramos Gutierre
Anderson Oliveira A Sony deve estar rindo a toa, isso sim. Só ver a quantidade de pessoas que desaprovaram essa compra. Até porquê a compra mais leva o produto para outros ramos do que para games em si. Talvez até a sony perdeu um grande concorrente.
Diogo Ramos Gutierre
Edmilson Junior Ok, mas estamos falando de bilhões. O Facebook faz o que quiser com o dinheiro dela. Um protótipo que nem foi lançado, que não esta patenteado, que qualquer concorrente pode lançar outro igual ou melhor e que nem tem nicho ou cliente já consolidado. Comprou? Ok, nem vou mais questionar isso, mas pra mim o produto perdeu totalmente a sua premissa básica. E não só pra mim, para muitos que doaram dinheiro no kickstarter, para alguns desenvolvedores de jogos e para outros que apenas estão olhando de fora (como eu).
Exibir mais comentários