Início » Computador » Microsoft junta todos os sistemas em um só Windows

Microsoft junta todos os sistemas em um só Windows

CEO anuncia integração das equipes que trabalham no Windows, Windows Phone e Xbox

Por
5 anos atrás

Hoje em dia existem três formas de entrar em contato com as plataformas tecnológicas da Microsoft: pelo Windows, Windows Phone e Xbox. Isso tudo vai mudar. A companhia anunciou que, no futuro, vai abandonar o lançamento de três sistemas operacionais diferentes. Em vez disso, somente um Windows para a todos governar. Acredite ou não, esta é uma gigantesca mudança de paradigma para a empresa de tecnologia.

Até agora, os engenheiros e cientistas da Microsoft trabalhavam separadamente em três versões distintas das principais plataformas. Uma equipe para o Windows de computadores e tablets; outra para atender o Windows Phone, disponível nos celulares; e uma terceira para o Xbox, console de videogame que já deu muitas alegrias à empresa.

Windows unificado

O novo CEO Satya Nadella, sucessor de Steve Ballmer, disse que a principal mudança está relacionada com a forma como eles pensam o Windows. “Isso significa que temos um OS para todos os tamanhos de tela”, afirmou no anúncio dos resultados financeiros da Microsoft.

Esta pegada para produção de sistemas operacionais difere bastante do que vemos ainda hoje na principal concorrente da Microsoft, a Apple de Tim Cook. Embora as plataformas da empresa sejam muito próximas – ainda mais no Yosemite, com direito ao Continuity –, ainda há uma bela diferença. A Apple produz o sistema do OS para iMacs e MacBooks; e o iOS para os dispositivos móveis (no caso, o iPhone e o iPad). Diversos componentes do design do sistema para computador não estão presentes no celular e vice-versa. A Microsoft parece tentar um mergulho ainda mais profundo na ideia de ter uma só plataforma.

Mac e iOS

Não nos esqueçamos do Google. A empresa está focada no desenvolvimento da próxima versão do Android, vulgo “L”, com direito aos aplicativos seguindo o padrão de Material Design. Por sua vez, o Chrome OS segue uma identidade visual completamente distinta. Como o próprio nome sugere, está mais próximo do navegador Chrome do que da plataforma de celulares.

Resta saber como a adoção de um só Windows para computadores, celulares e videogames vai modificar o design e a forma de interagir com a plataforma. Hoje mesmo, se você perguntar aos novos donos de PCs, muitos vão dizer que não gostam dos aplicativos do Windows com o visual conhecido como Metro/Moderno. Botões grandes, cores chapadas, muito espaço em branco. Parece mais coisa de tablet do que de computador voltado para trabalho. Tal resistência não existe em relação ao Windows Phone. Conheço diversos usuários muitíssimo satisfeitos com o sistema, depois de terem comprado algum Lumia 520 em alguma promoção.

Outra dúvida que paira no ar está relacionada com as edições do Windows. O CEO Nadella admitiu que haverá versões distintas. Nós ainda não sabemos como vai ser essa divisão entre Phone, PC, tablet (RT e Pro), sem falar nas versões para arquitetura x86 e ARM.

A Microsoft parece estar empenhada em reinventar a própria história e se preparar para um mercado de tecnologia em transformação. Entretanto, decisões grandiosas como esta ou a demissão de 18 mil funcionário às vezes me fazem pensar que eles não têm ideia do que estão fazendo.

Cachorro do meme

Que Satya Nadella prove que estou enganado nesta suspeita.