Ray Ozzie carrega a fama de ser o criador do Lotus Notes e de ter substituído ninguém menos que Bill Gates na função de arquiteto chefe de software da Microsoft, tendo ficado na companhia até 2010. Mas não pense que é suficiente: a sua mais nova investida é o Talko, app que promete melhorar a experiência de comunicação via voz em dispositivos móveis.

Sim, via voz. Segundo o site da ferramenta, vários aplicativos tornaram a conversação por texto mais prática e interessante em dispositivos móveis, mas houve pouco avanço na comunicação falada.

O Talko (pois é, o nome soa esquisito no Brasil) ameniza esta “negligência” oferecendo uma série de recursos. É possível, por exemplo, enviar mensagens de texto ou imagens durante uma chamada, acionar a câmera para mostrar alguma coisa à outra pessoa em tempo real e participar de conversas via voz com vários contatos ao mesmo tempo.

Talko app

Para a maior parte das situações, chats textuais são mais convenientes – você não precisa responder imediatamente, por exemplo. Talvez este aspecto explique o fato de o Talko ser focado em comunicação corporativa.

Mas será que a novidade convence? O simples envolvimento de Ray Ozzie no projeto é suficiente para um voto de confiança, mas o Talko tem desafios enormes pela frente. A falta de integração com chamadas convencionais é uma delas – se é para ter uma alternativa, muita gente continuará preferindo o Skype.

Outra limitação é a compatibilidade: por enquanto, o Talko funciona apenas no iOS, embora os desenvolvedores já estejam trabalhando em versões para Android e web.

Com informações: Re/code

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael Luik
Ainda bem que não existe nenhum outro app que faz isso né gente vai ser um sucesso. /s
Tiago Celestino
Tinha um outro também que fazia isso há muito tempo. Usava no Android, acabei esquecendo o nome.
Luiz Claudio Eudes Corrêa
prefiro o Zello, sem frescuras, tu fala e pronto!
Felipe
Promissor, mas eu ri do nome. Além do que: "Deixa eu passar um Talko aqui"