Desde que o Facebook passou a exigir um app separado para uso de seu chat em dispositivos móveis há a desconfiança de que a empresa vem reservando planos maiores para o serviço. A confirmação veio hoje (25): na conferência para desenvolvedores F8, a companhia revelou que o Messenger virará uma espécie de plataforma.

O que isso significa? Que empresas poderão criar pequenos aplicativos para uso dentro do Facebook Messenger. É uma forma de expandir a quantidade de recursos do serviço.

Apps no Facebook Messenger

Esses apps podem ser usados para compartilhamento de vídeos, músicas e GIFs, por exemplo. Um dos aplicativos já confirmados é o JibJab, que permite envio de cartões comemorativos. Outro é o Ditty, um app esquisito que lê mensagens em ritmo de música.

A instalação dos aplicativos pode ser feita a partir do botão “mais” (ícone de reticências) do Facebook Messenger. Se um usuário receber conteúdo de um aplicativo não conhecido, verá ali um botão que lhe dá a opção de instalação.

Apps no Facebook Messenger

Mark Zuckerberg e sua turma esperam que os apps tornem as conversas no Messenger mais interessantes e, consequentemente, “segurem” mais usuários ali. Mas essa não é a única novidade: o Facebook também quer que o serviço seja usado com mais frequência na comunicação entre empresas e consumidores.

Para isso, a companhia anunciou o Business on Messenger, plataforma criada em parceria com a Zendesk, companhia especializada em atendimento online. A ideia é que empresas de todos os portes possam criar canais no Messenger para esclarecer dúvidas de clientes, oferecer suporte técnico, enviar promoções ou comunicar o consumidor do envio de um produto, por exemplo.

Business on Messenger

Ambas as novidades chamam a atenção, mas também nos deixam com uma pulga atrás da orelha: e se os apps deixarem o Messenger mais pesado (do que já é)? Será que as conversas não ficarão poluídas demais? Não há risco de o Facebook “ler” meus chats com empresas para exibir anúncios de produtos relacionados?

Seja lá como for, os apps para Messenger estarão disponíveis para todos os usuários nos próximos dias. O Business on Messenger demorará um pouco mais. Enquanto isso, empresas interessadas podem se inscrever nesta página para receber convite para a ferramenta.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Michael Felipe
Por mim, o Facebook faz o que quiser com o Messenger, desde que não repita o trabalho no WhatsApp rsrs.
Fernanda Guimarães
Esse mark ta querendo dominar o mundo mesmo heim? Rs
Rodolpho Freire
Acho que o mais me impressiona, é que MUITA gente vai usar porque gostam dessas tranqueiras...
Hélio Márcio Matos dos Santos
Parece que terei menos um app no meu telefone. Eles compraram o WhatsApp que é um aplicativo capado (mas que faz sucesso) e não entenderam nada da coisa. O povo só quer enviar mensagem de maneira fácil, com uma interface limpa e que funcione até na internet 0,5G do Brasil. O Messenger quando acaba a franquia de dados não envia nem pedido de socorro pra SAMU além de consumir muita RAM quando roda. Com essa ai em 2 minutos vai embora as franquias dos pacotes semanais. Vai voltar tudo pro tempo do MSN 6.0 de novo. Winks, letras piscantes e etc.Me lembra de quando eu pirateava o Nero pra gravar (só) pra gravar CD/DVD e ele vinha com um bocado de tranqueira.
PinPortal ✔️

O objetivo é monetizar o Messenger, atualmente ele não traz qualquer lucro para o Facebook.

O único medo é dele fica muito poluído. Espero que as novidades sejam mesmo bacanas, eu gostei da parte de se comunicar com as lojas, bem interessante e vai agilizar bastante a comunicação.
Espero que grandes empresas aqui no Brasil se interessem em aderir a esse sistema.

Por enquanto uso o chat do Facebook Lite, mas vou esperar os próximos passos do Messenger, quem sabe eu o instalo qualquer dia.

pinportal
O objetivo é monetizar o Messenger, atualmente ele não traz qualquer lucro para o Facebook. O único medo é dele fica muito poluído. Espero que as novidades sejam mesmo bacanas, eu gostei da parte de se comunicar com as lojas, bem interessante e vai agilizar bastante a comunicação. Espero que grandes empresas aqui no Brasil se interessem em aderir a esse sistema. Por enquanto uso o chat do Facebook Lite, mas vou esperar os próximos passos do Messenger, quem sabe eu o instalo qualquer dia.
LekyChan
se vc pensou que a era dos Winks tinha acabado, pense de novo
Thiago Pereira
Que legal! Acho que assim vai valer mais a pena baixar o messenger, que no final das contas só servia pra trocar mensagens mesmo.