Início » Gadgets » Google Chromecast (2015): o disco voador que transforma a sua TV

Google Chromecast (2015): o disco voador que transforma a sua TV

Por
2 anos atrás

Não é com tanta frequência que se atualiza uma set-top-box. A primeira geração do Chromecast já fazia um bom trabalho quando foi lançada. A segunda geração continua com o mesmo propósito: transformar sua televisão em um receptor de mídia, controlado pelo computador ou smartphone.

Mas o que exatamente há de novo? Em tempos de Smart TVs mais acessíveis do que nunca, qual o propósito de um dispositivo que realiza funções parecidas? O que eu posso fazer de interessante com um Chromecast? Tenho a primeira geração, deveria comprar a nova? Respondo a essas perguntas nos próximos parágrafos.

O que mudou?

Essa é a pergunta que eu mais recebi quando avisei que o review estava a caminho. A resposta curta é: não muita coisa. Além do design, que detalharei mais à frente, não há muitos recursos novos na segunda geração do Chromecast ― o software continua basicamente o mesmo. Apesar de terem anunciado o suporte ao Spotify na apresentação, a novidade também funciona na primeira geração do dispositivo.

As mudanças verdadeiras são mais profundas: o modem Wi-Fi agora tem antena dual band de 2,4 e 5 GHz e suporta o padrão 802.11ac. Essas especificações, quando combinadas com o sistema de três antenas que funciona de forma adaptativa, garantem que o Chromecast sempre escolha a melhor condição para se conectar ao sinal wireless.

Na prática, isso significa que você deverá ter uma conexão mais estável. Como o Chromecast faz exclusivamente streaming, é importante que ele tenha sempre a melhor conexão para a reprodução do conteúdo continuar sem aquelas pausas irritantes.

googleevent-2015-sep-29-053

Observe o gráfico acima para ver a diferença, conforme o sinal do Wi-Fi fica mais fraco ou mais forte. Essa mudança deve favorecer quem deixa o Chromecast a uma distância razoável do roteador e ainda assim quer ter uma boa experiência com os serviços de streaming.

Não senti muita diferença na conexão aqui, já que minha rede é de 2,4 GHz e o roteador fica próximo do Chromecast, então a primeira geração já faria um bom trabalho em reproduzir o conteúdo. Acredito que quem tiver um roteador que esteja mais longe do dispositivo ou queira tirar proveito da frequência de 5 GHz ficará mais feliz com essa novidade.

Na parte do software, mais desempenhada pelo smartphone, também houve novidades. Uma delas é o recurso Fast Play, que diminui o tempo de carregamento das séries e filmes que você pretende assistir no Chromecast. O aplicativo da Netflix, por exemplo, detecta que o Chromecast está ativo e prepara a conexão, reduzindo o tempo de carregamento do app em 80%.

chromecast-fast-play

Ele também carrega automaticamente conteúdo que você pode querer assistir no dispositivo. Parece impossível, mas na verdade é bem fácil: se você assistiu a um episódio de How To Get Away With Murder na Netflix, o serviço pode carregar automaticamente o segundo, sem que você precise esperar muito para ver o que acontece nessa série maravilhosa. Quando você estiver terminando o segundo episódio, o aplicativo já estará carregando o terceiro ― afinal, quem quer esperar para chegar no último episódio?

Nos meus testes, o Fast Play funcionou bem ― episódios de séries que eu já havia assistido carregaram mais rápido do que se eu escolhesse alguma outra série aleatória para assistir, por exemplo. De qualquer forma, o carregamento não passa de cinco segundos. O Google confirmou ao Android Police que o Fast Play também estará disponível na primeira geração do Chromecast.

O hardware do Chromecast não é tão potente assim para rodar jogos, como acontece na nova Apple TV. O Google então decidiu usar o smartphone ― que é sempre a extensão do Chromecast para reproduzir vídeos ― e integrar o conteúdo do jogo com a TV. Dessa forma, o controle fica na tela do celular, enquanto o jogo é exibido na televisão.

chromecast-jogoschromecast-app

Não é como se você estivesse apenas espelhando a tela do celular no Chromecast, uma vez que isso resultaria em alguns segundos de atraso. O jogo é renderizado com o hardware do smartphone, mas o Chromecast reproduz o conteúdo, integrando com os controles e reduzindo o atraso. O acelerômetro, giroscópio, touch e câmera podem ser usados como extensão do game.

Nos Estados Unidos, o novo aplicativo do Chromecast também é capaz de recomendar o que você deveria assistir na aba What’s On. Ele mostra os últimos filmes que estão sendo alugados no Google Play Filmes, o que as pessoas estão assistindo no YouTube e as séries mais populares da Netflix, por exemplo. Aqui, infelizmente, nada disso funciona.

Ao menos, o aplicativo serve para controlar as fotos que são exibidas no Chromecast. É possível puxar suas fotos do Google Fotos, Facebook, Flickr e outros feeds, assim como do repositório do Google e da NASA. As imagens também são exibidas no aplicativo com informações como o fotógrafo, local que foram publicadas e a localização da captura.

Por fim, o que não mudou: a resolução, que continua em 1920×1080 pixels. Algumas pessoas ficaram chateadas, uma vez que o 4K está ganhando espaço. Não sei se faria muita diferença por aqui: pouquíssimas pessoas têm TVs com suporte à resolução Ultra HD e o conteúdo ainda é escasso. Ainda não senti falta de uma resolução maior que 1080p.

Design

A mudança mais perceptível do Chromecast de segunda geração em relação ao modelo anterior se deu no design. O dispositivo, que antes parecia um pen drive que se conecta na televisão, agora parece um disco voador com uma cauda. Há quem estranhe, mas até que eu achei ele bonito ― de qualquer forma, o dispositivo ficará escondido atrás da sua televisão a maior parte do tempo.

novo-chromecast-tv

Agora, quando você conecta o Chromecast na TV, ele fica pendurado pelo cabo HDMI “flexível”. Para alguns isso pode ser um tanto quanto estranho: por que o Google não manteve o design rígido da geração anterior? Para eliminar a necessidade do extensor caso o Chromecast não se encaixe em alguma televisão. E o buscador também disse que o fato dele ficar mais afastado de outros componentes da TV ajuda a reduzir as interferências.

Ah, e vale lembrar que o Chromecast ainda precisa de uma fonte de alimentação para funcionar (a não ser que a sua entrada HDMI seja versão 1.4 ou superior). Então pode se preparar para usar uma entrada USB da sua televisão ou conectá-lo em uma tomada próxima (ambos os acessórios vêm incluídos na caixa).

novo-chromecast-caixa novo-chromecast-3 novo-chromecast-4 novo-chromecast-6

No geral, o novo Chromecast é muito bem construído. A parte da frente é de plástico e reflete bastante luz, além de sujar facilmente com impressões digitais. Não acho que isso seja um problema, no entanto: o visual é bonito e ele vai ficar a maior parte do tempo na parte de trás da sua TV, sem ser tocado.

O resto do corpo também é de plástico, mas tem um acabamento em cinza fosco. O cabo HDMI é emborrachado, assim como a base do conector; me sinto muito mais seguro para plugar esse conjunto na televisão que um dispositivo em formato de pen drive que pode entortar ou quebrar facilmente. E, como sabemos, nenhum dos dois são fáceis de consertar.

novo-chromecast-1 novo-chromecast-2

Se você quiser levar o Chromecast para algum lugar, é só prender o cabo HDMI na base do dispositivo pelo ímã que está presente em ambas as partes. Ele se encaixa muito bem e, por ser pequeno, cabe até no bolso. É uma adição muito útil e me surpreende que um dispositivo de US$ 35 tenha uma qualidade de construção tão boa.

Software

novo-chromecast-homescreen

Não há muito o que falar do sistema em si do Chromecast ― a tela inicial mostra o horário, fotos bonitas, a rede Wi-Fi na qual você está conectado e a previsão do tempo para a sua localização. De resto, o que faz o Chromecast funcionar são os aplicativos, instalados no Chrome ou em seu smartphone.

Se você quer ver algumas possibilidades (são muitas!) do que fazer com o seu novíssimo (ou futuro) Chromecast, eu preparei um especial mostrando os principais aplicativos úteis para o gadget. Basta clicar aqui.

Conclusão

É estranho recomendar um produto que ainda não é vendido oficialmente no Brasil, ainda mais em tempos de dólar beirando os 4 reais. Nos Estados Unidos, a resposta é óbvia: por US$ 35, é claro que o Chromecast vale a pena. O grande acervo de aplicativos abre inúmeras possibilidades e ele funciona excepcionalmente bem.

No Brasil, a história é outra. O Google, questionado pelo Tecnoblog se pretende trazer o novo Chromecast para o Brasil, afirmou que não tem previsão alguma. Não me surpreende: a resposta é a mesma para os novos Nexus e o Chromecast da primeira geração mal é vendido no varejo brasileiro atualmente (sendo que já foi vendido por um bom tempo na maioria dos sites).

Abrir o YouTube na televisão: recurso que a maioria das Smart TVs também tem.

Abrir o YouTube na televisão: recurso que a maioria das Smart TVs também tem.

Por isso, precisamos recorrer a sites de venda não oficiais. Alguns vendedores oferecem o produto por cerca de R$ 240, um preço mais salgado, se você comparar com a primeira geração (de R$ 90 a R$ 160) e até mesmo próximo ao da Apple TV de 3ª geração, que custa R$ 319 em algumas lojas do varejo.

Atualização em 26 de abril de 2016: o novo Chromecast foi lançado oficialmente no Brasil, com preço sugerido de 399 reais.

Vou montar alguns cenários em que eu recomendaria ou não a compra do Chromecast de segunda geração:

Se você tem uma Smart TV, mas acha que a oferta de aplicativos da sua fabricante é baixa ou tem vontade de espelhar a tela do seu smartphone com Android para a televisão. Muita gente me pergunta “qual é o propósito de ter um Chromecast se você já tem uma Smart TV?”. Acredito que o maior ponto positivo do Chromecast nesse quesito é facilitar a reprodução do conteúdo na televisão.

Se você quer assistir a um vídeo ou exibir uma foto que está armazenada no seu smartphone na televisão, precisará passá-la para o computador. Depois, a Smart TV precisa ter uma boa conexão sem fio ou ter um modem perto para se conectar via Ethernet. Dá um trabalhão. Alguns aplicativos como Netflix, YouTube, Deezer ou Spotify podem ajudar, mas nem sempre eles são tão rápidos quanto os do seu smartphone e a sua TV pode não ter uma antena de Wi-Fi tão boa quanto a do Chromecast.

Com o dispositivo, toda essa tarefa fica mais fácil e você tem certeza de que vai funcionar ― fora que é muito mais cômodo de acessar tudo isso do seu celular, né?

Se você tem um Chromecast de 1ª geração, mas acha a conexão dele muito instável. Acho que esse é o único quesito que define o upgrade para o Chromecast de 2ª geração, aliás. Apesar de ser importante (dual band e o sistema adaptativo funcionam muito bem), não afeta tanta gente assim: quase todas as outras novidades são de software e funcionam com a primeira geração do gadget.

novo-chromecast-espelhamento

Se você tem uma TV “burra” e quer deixá-la “inteligente”. Esse, na verdade, é um princípio de muitos equipamentos tecnológicos (vide dumbwatch e smartwatch, dumbphone e smartphone). Considerando o preço, o Chromecast faz um trabalho bem razoável e utilizando o que o seu smartphone tem de melhor, sem que você precise comprar uma TV nova.

Se você usa Mac e iOS, pode ser melhor considerar outras opções. Não que o Chromecast não funcione bem com essas duas plataformas ― vários aplicativos no iOS também têm suporte ao Chromecast e o Chrome para Mac funciona da mesma forma que no Windows (eu testei o Videostream num ambiente com OS X, inclusive).

O ponto é que, por ser da mesma fabricante, a Apple TV de 3ª geração pode entregar um ecossistema mais completo por um preço nem tão maior; para quem usa Mac e iOS, há ainda o bônus de reproduzir conteúdo com o AirPlay, além de espelhar a tela do dispositivo ou usar a TV como um display secundário. Como isso é impossível no Chromecast, é bom balancear essas funcionalidades antes de comprar um Chromecast.

Resumindo: ainda que por R$ 240, o Chromecast de segunda geração só não é uma boa compra se você está completamente satisfeito com a sua Smart TV; tem a primeira geração do Chromecast e uma boa conexão Wi-Fi; ou precisa de um ecossistema integrado com os produtos da Apple.

Caso contrário, não há muito o que errar ao comprar o novo Chromecast. Há uma gama de aplicativos de mídia disponível, o hardware está melhor do que nunca e a qualidade de construção também melhorou. Ainda que por quase o dobro do preço convertido em reais, o novo Chromecast é a melhor opção no mercado.

Carlos Gustavo e Danielle Cassita colaboraram com equipamentos para a elaboração deste review. Muito obrigado!

  • DANIEL RODRIGUES

    Eu tenho o 1a geração e sem sombras de duvidas, foi uma das melhores compras que fiz.

  • RafaelTini

    Tem um aplicativo chamado momocast pra ios que resolve parte do streaming por airplay. Ele consegue enviar os videos das páginas do safari pro chromecast

  • Luiz

    Chromecast hoje é uma das melhores compras que fiz na vida,
    o foco é muito em smartphones mas ele funciona pra MUITAS COISAS no PC tambem.

    Popcorn time, qualquer aba no chrome, VLC, e um monte de outros softwares
    baixar um filme em qualidade absurda e conseguir reproduzir direto na tv sem nenhum “hd pendurado” é uma maravilha.

    quem tem recomendo baixar o software VIDEOSTREAM
    que abre qualquer arquivo de video e transmite pro Chromecast com legendas
    e você controla por um app no celular se quiser ou pelo controle da TV se for HDMI – ARC

    • Antonio

      Luiz, como vc usa o VLC do notebook no chromecast? Pelo q soube somente a versão 3.0 do VLC irá ter essa funcionalidade porém ainda não saiu atualização.

      • Gustavo Vasconcelos

        boa pergunta

  • Eu uso o meu (1st gen) numa Smart TV da Philips, porque ela é muito lenta, e o Chromecast muito mais rápido com o celular. Muito bom.

  • tuneman

    alguem aí confirma que ele funciona sem o cabo de força no HDMI 1.4?

    • Keaton

      Aparentemente se for uma porta HDMI 1.4+ MHL, sim. Mas, por ser coisa recente, é meio raro por aqui. Caso contrário, cabo usb/fonte será necessário.

      • tuneman

        MHL! esse é o detalhe então. muito obrigado.

  • Leonardo Stringary

    Eu gostaria de um desses,mas aparentemente ele não funciona com windows phone. =(

    • Chicão

      Ah rapaz… Tua vida tá difícil.

    • Frank Vinnicyus

      Com o Tubecast funciona, mas só pra YouTube, nem conteúdo local ele faz streaming. Se não for o único app é um dos únicos, beeeeeem longe da quantidade disponível pra Android/iOS.

  • Marcelo

    Meu chormecast está pra chegar na próxima semana, e queria tirar uma duvida…

    Tem algum app que execute videos de um servidor dlna? (não conta o plex)

    Explico: tenho um Nexus Player na TV da sala conectado num hd externo, e rodo o Kodi tanto como player como servidor DLNA…

    O Chromecast enxergaria esse servidor com algum app, e rodaria os videos?

    • Breno

      Existe o app (não extensão) pro Chrome: Videostream (https://chrome.google.com/webstore/detail/videostream-for-google-ch/cnciopoikihiagdjbjpnocolokfelagl?utm_source=plus)

      Nele vc pode adicionar uma pasta de vídeos do seu PC e assistir no chromecast. Existe um app pra Android onde vc controla o app do PC (precisa deixar o pc ligado).

      Se vc conseguir enxergar a pasta desse hd externo, talvez vc consiga usar. Não sei se rola DLNA.

      • Marcelo

        Então Breno, o ponto é justamente não precisar deixar note/pc ligado…

        Primeiro pq a conta de energia tá alta pra cacete…hehehe
        E segundo que sempre assisto series/filmes antes de dormir, e o note fica na sala… então ou teria que deixar ele ligado a noite toda, ou ter que levantar, descer e desligar.

        Esse foi um dos motivos de eu ter comprado o Nexus Player + hd externo inicialmente…sair da dependência do PC

        A tv do quarto acessa o DLNA do kodi…funciona, mas é bem +/-, pq o wifi dela é ruim…então as vezes perde a conexão, ou tem os famosos “carregando” demorados…

    • Marcelo, talvez o LocalCast funcione: https://play.google.com/store/apps/details?id=de.stefanpledl.localcast

      Aliás, não precisa comentar nos dois posts. Um já é o suficiente. 🙂

      • Marcelo

        Vlw Jean… quando chegar, testarei…

        ps. Pô vcs tbm confundem com 2 matérias seguidas sobre o chromecast…rss…

    • Bruno Borges

      E aí galera vale a pena, tô querendo mto compra um, quem puder opinar eu agradeço!
      http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-718248477-google-chromecast-2-hdmi-2015-adaptador-multimidia-_JM

  • Marcel FF

    Ele depende do smartphone ou do computador pra espelhar as informações? Não funciona independente de outros equipamentos?

    • Não. Até o processo de configuração é feito pelo smartphone ou computador.

      • Marcel FF

        Sem entrar em fanboysmo, isso não é menos prático que uma Apple TV, por exemplo? Ter q ter 2 aparelhos (chromecast e smartphone ou pc) pra ver coisas na TV…Sim, sei que pode espelhar jogos, navegação na Internet, etc. O que me incomoda é depender de um PC ou do smartphone.

        • Supersonic

          Eu também não acho isso muito interessante, tu precisa usar o Smartphone ou pç como controle remoto, mas cada um é cada um, tanto é que a Google tem também uma set top box que funciona como uma apple tv.

        • fromRiften

          Pensa pelo lado contrário. Quantas vezes vc já se pegou mexendo no celular enquanto assiste TV? Em qual dispositivo vc consegue digitar melhor pra fazer uma pesquisa no YouTube? Dá pra deixar um vídeo rodando na AppleTV enquanto vc procura outra coisa pra assistir?

  • Daniel Lobo

    Tinha uma TV no quarto, burra e subutilizada por não ter antena ou qualquer outro tipo de aparelho ligado nela. Comprei um chromecast e nunca vi um aparelho tão útil. Muito satisfeito. Raramente ele dá problemas de conexão.

  • Keaton

    Só por curiosidade, existe alguma forma de gravar o streaming do Chromecast?
    Digo, por exemplo, se eu estou ensinando alguém a fazer alguma coisa no Android e uso o Chromecast para exibir os passos numa TV. Será que não tem como gravar para passar mais tarde para outras pessoas ou colocar no YouTube?

    • Não, mas a partir do Android 5.0 essa função de Cast também serve para transmitir a tela para um aplicativo local, que grava a tela do celular. Eu recomendo o AZ Screen Recorder.

      • Keaton

        Hum… Tem alguma idéia sobre qual é o requerimento para gravar 720p e o video ficar sem framear/travar? quad-core de 1.2GHz e 2GB ram?

  • Bruno ✔

    Tudo isso mas uma pergunta ainda me persegue, isso ai suporta Miracast?

  • Marlon Costa Souza

    Amo jogar just dance now. Estou viciado. Meu exercício aeróbico de cada dia

  • Bruno Correia

    Já tá na hora das próximas revisões do HDMI terem pinos de alimentação para esses dispositivos.

    • Supersonic

      Sim, de preferencia de pelo menos 2 amperes.

  • Wesley

    Seria interessante, se pudesse usar o imã que prende o conector, pra deixar o Chromecast “grudado” no fundo da TV, ao invés de pendurado a esmo.

    • Supersonic

      tu pode prender uma placa de ferro atras ta TV com uma fita dupla face ou ate colar mesmo ja que não vai aparecer mesmo.

  • Hugo Soares

    “… se você assistiu a um episódio de How To Get Away With Murder na Netflix, o serviço pode carregar automaticamente o segundo, sem que você precise esperar muito para ver o que acontece nessa série maravilhosa.”

    Concordo plenamente

  • Supersonic

    E se eu tiver um roteador com hd externo cheio de filmes como um NAS, será que ele roda direto?

  • JacksonBrandao

    Alguém sabe me dizer para aparelhos com IOS tem bastante app para usar a função? Vale a pena comprar?

  • Edvan Suzarth

    — Ao meu ver ele deveria vir com o Android TV acompanhado com um Controle Remoto Bluetooth tipo o Amazon Fire TV Stick.

    • TheBlueBlock

      O foco dele é ser barato.

      • Edvan Suzarth

        — TheBlueBlock:
        — Mas o Amazon Fire TV Stick é quase o mesmo preço do Chromecast 1.0 de US$ 39.99

  • Paulo Lima

    Analise, mais que perfeita, agradeço!. Tinha pensado em gastar na troca, mas vou continuar usando o meu de 1a geração, …rsrs

  • Comprei, porque ñ pretendo comprar uma TV nova tão cedo.

  • Leozeradf

    Engraçado. Eu não consigo fazer o espelhamento do meu celular(Galaxy S IV) na 2ª geração do Chromecast, sempre dá erro. Mas na primeira geração funciona perfeitamente. Alguém tem alguma ideia do por quê?

  • Diego Manoel

    Toda vez que vou na casa dos meus pais, minha mãe sempre me agradece pelo Chromecast, diz que foi o melhor presente q ela já recebeu! Meus pais vivem assistindo Netflix e espelhando videos do desktop da casa.

  • José Lages

    Acompanho blogs de tecnologia há muitos anos. Conto nos dedos Reviews tão bem feitos. Parabéns pelo texto direto, informativo e antecipando as necessidades dos leitores com os vários cenários do fim.

    Excelente trabalho.

  • Jeronimo Fagundes

    “…cerca de R$ 240, um preço mais salgado, se você comparar com a primeira geração (de R$ 90 a R$ 160)…”

    Na verdade, o Chromecast de primeira geração está sendo vendido atualmente pelo preço de R$ 249,00 a R$ 299,00 na maior parte das lojas físicas e via internet (creio que pela alta do dólar). Ou seja, o Chromecast 2 atualmente acaba saindo até mais barato (sem considerar frete).

  • Tales Cembraneli Dantas

    começaria a ficar interessante o dia em que disponibilizar 2 portas USB, uma para um teclado e mouse sem fio e outra para um hd externo (fora a alimentação), até la vou continuar utilizando um PC mesmo conectado a HDMI da tv

  • Edson

    Boa tarde, você testou a funcionalidade (beta) de espelhamento da tela completa (não só o Chrome) do PC via Chrome?

  • Anderson Lopes

    Gostei do review, parabéns.

  • Bruno Borges

    E aí galera vale a pena, tô querendo mto compra um, quem puder opinar eu agradeço!
    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-718248477-google-chromecast-2-hdmi-2015-adaptador-multimidia-_JM

  • Felipe Carmo

    Ótimo review!

  • Karen Massulini

    Para quem pensa em comprar agora, compensa pagar R$40/50 a mais e já pegar o chromecast 2 (valores pesquisados no mercado livre)? Lá está +- r$ 147 o 1° e r$ 190,00 o 2° já ambos com frete. Em casa o wifi é 2,4ghz, então não sei se compensaria… Alguém tem sugestão? Obrigada

  • Joao Felipe

    Realmente foi uma ótima compra, uso quase todos os dias e nunca tive problemas eu comprei aqui http://www.lojasnext.com.br/Google-Chromecast-2-Streaming , pra quem tiver procurando um preço bom.

  • Felipe P.

    A minha dúvida é se compro uma Dumb TV + Chromecast ou compro logo uma smart tv. Opinem aí galera.