Estamos de volta! No primeiro episódio do ano, resolvemos ir mais a fundo no tema “saúde”, aproveitando a discussão iniciada pelo Higa no post onde ele conta como perdeu 26 kg em quatro meses. Nada mal, hein?

035

Pois bem, partindo daí conversamos sobre apps e gadgets que podem te ajudar a manter uma vida mais saudável, além de contar as nossas experiências com cada uma dessas tecnologias. Aperta o play e vem com a gente!

Participantes

Caixa Postal

Mande a sua mensagem: [email protected]

Link Citado

Tecnogrupo

Participe do grupo de discussão do TB no Facebook.

Edição e Sonorização

O Tecnocast é editado por Rádiofobia Podcast e Multimídia.

Arte da Capa

Arte da capa por Paulo Moraes.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Filipe Oliveira
O Tecnocast veio com tudo!! veio tão melhor, que até o microfone do Paulo Higa foi trocado, e está com qualidade melhor... kkkkk Vcs são TOP's
Vinicius Silva
Gostei do cast, mas vai uma dica: Coloquem o link dos app e gadgets citados no cast ^^
Eduardo Papa
sobre a parte de gamificação, se alguem quiser me adicionar no fitbit, myfitnesspal. Para dar uma moral nos exercicios... [email protected] Tem um aplicativo bacana de exercicios, que eles falaram do ms health, uso (melhor ainda nao usei, mas minha esposa ja sim) sworkit... treinos de 5 minutos.
Fabiano Forte
Deu uma inveja do Mobilon!... Enfim, gostei muito do programa e já baixei o My Fitness Pal! Vamos ver...
leoandcas
Mobilon, Lembra do tecido eletrônico que o Google tá desenvolvendo, o tal do projeto Jacquard? Pois é, dependendo dos sensores que eles usarem nesse tecido, vai dá pra extrair os dados de atividade muscular.
Alpha Delta Victor
Pondo um fim a essa saudável discussão e sendo um pouco prolixo. Matheus, eu entendo os seus argumentos e até mesmo posso concordar com eles. Mas você também está sendo taxativo, pois está dizendo que não é possível manter-se bem apenas com exercícios físicos. Claro que manter o peso ideal apenas com exercícios é possível! Isso não é exclusividade minha, eu não sou um privilegiado. Na verdade, é o contrário. Meu biotipo físico é endomorfo! Eu sou encorpado, tenho facilidade em acumular gordura... Essa comparação que você tentou fazer é descabida. São realidades completamente opostas. Veja bem. Você faz exercícios brandos, você é um turista de academia. Você vai à academia somente 3 vezes por semana. Enquanto você frisou que faz exercícios toda semana, eu faço TODO DIA. Se a semana tem sete dias e você desperdiça quatro, então, não pode reclamar. Não pode dizer que o exercício não está fazendo efeito. Você tenta comparar a sua atividade física tranquila com a minha que é de alta intensidade e extrema. Sou bastante disciplinado. Para mim o treino é sagrado. Religiosamente, todos os dias à noite antes de dormir eu vou treinar. Posso estar cansado, com sono, com dor de cabeça. Pode estar frio ou calor. Mesmo com minha namorada dormindo comigo no fim de semana, eu a abandono no sofá ou na cama para treinar. Por isso me dou o luxo de não me privar de apreciar as comidas que eu quero comer. Eu sinto prazer em comer. Não vou deixar de passar o dia bebendo cappuccino e comendo pão de queijo, comer pizza, sorvete etc etc... Impossível comparar academia de ginástica com Kettlebell training. Eu não fico sentado numa almofada confortável de uma máquina trabalhando cada músculo separadamente. O tipo de exercício do Kettlebell consiste em trabalhar TODO O CORPO em poucos movimentos. Só em tirar o Kettlebell de chão e segurá-lo eu já estou trabalhando uma parte significativa do corpo... Quando eu comecei esse tipo de treino, foi com uma bola de 12 quilos, depois passei para uma de 16, avancei pra uma de 20 e, atualmente, utilizo uma de 24 quilos. Ou seja, já estou num nível um pouco acima do intermediário. Meu objetivo é chegar a treinar com uma bola de 32 quilos! Quando eu vou treinar e fico 40 minutos são realmente 40 minutos de atividade. Não há perda de tempo trocando de máquina como acontece na academia, não há pausa para água ou para dar uma volta, bater papo. São 40 minutos de exercício intenso sem parar. Apesar da corrida não ter muita relevância para mim, eu corro seis quilômetros todos os dias de segunda a sexta. Só não corro sábado e domingo porque onde eu corro nesses dias fica um monte de noob lerdo andando aí é chato ficar desviando deles... rsrs (aproveito para apreciar a companhia da minha namorada) Pode estar um sol de matar, pode estar chovendo que eu vou correr. Lembro-me de que os únicos dois dias que eu não fui correr nesses últimos meses foi porque houve chuva e vento tão violentos que árvores foram derrubadas e alagou tudo. Aí era realmente impossível sair para correr. Enfim, não é uma característica minha que me ajuda. É a minha disciplina e meu esforço! Se eu fosse depender da genética, eu seria obeso. Dica para você. Eu não tenho dúvida de que se você parasse de ser um mero turista de academia, aproveitasse todos os dias e em vez de aeróbico, concentrasse seus esforços em exercícios de FORÇA, você não precisaria se preocupar com alimentação. No meu círculo de amizade, os únicos homens que eu vejo se preocupando com alimentação não o fazem para ficarem magros e, sim, para ficarem fortões. São os chamados "bodybuilders".
Alpha Delta Victor
Aí nos EUA, procure por algum instrutor da Strongfirst! Essa é empresa do Pavel Tsatsouline, o russo responsável por levar o Kettlebell Training para aí. O meu instrutor aqui no Brasil é certificado por essa empresa.
leoleonardo85
Otimo podcast, mas assim como o Mobilon morrerei magro de ruim
Alpha Delta Victor
Sim, ninguém é igual e, sim, a alimentação influencia. O que eu relatei no primeiro comentário é algo bem particular e eu nunca objetivei emagrecimento, ficar magro. Apenas tenho o intuito de ter um ótimo condicionamento físico. A boa aparência é um bônus, é o resultado que "por acaso" a minha rotina de exercícios entrega. Nunca me preocupei com visual. Com a premissa infame que eu estabeleci - gordo é preguiçoso - eu quis dizer que qualquer pessoa, com o esforço certo, pode atingir o resultado que deseja! Lendo seu relato, entendo porque eu fiz questão de comentar especificamente sobre o Kettlebell, que é uma atividade bem diferente de qualquer outra. Eu tenho tendência a engordar, não sou magro, se eu descuidar dos exercícios físicos, eu fico enorme. Exatamente por isso eu pratico exercícios INTENSOS que exigem muito da minha capacidade cardiovascular e força, fornecendo-me resultados expressivos. Eu pratico corrida por prazer, é um momento que eu dedico para refletir e tomar decisões pessoais e profissionais, pois racionalmente corrida é inútil pra mim porque é um exercício que traz pouquíssimo resultado. E pratico barra fixa para ter um exercício que eu possa fazer ao longo do dia que é excelente para as costas. O grande segredo do meu condicionamento físico é uma bola de 24 quilos de ferro fundido com uma alça de origem russa - o tal Kettlebell - que eu uso em movimentos cronometrados que trabalham todo o meu corpo e quase fazem meu coração sair pela boca. Todo dia, sem desculpas. Posso estar morrendo de sono, exaurido, mas eu vou lá "brincar" com a minha bola de 24 quilos. Com isso, eu quis dizer que se você tem uma alimentação pesada precisa de exercícios igualmente pesados, fortes. Seus exercícios são um "passeio no parque". Correr, jogar futebol, subir degraus, ficar uma hora por três dias na semana em algumas máquinas nunca vão surtir efeito contra sua alimentação em excesso. Ou seja, você está superestimando os exercícios que você faz, entendeu? Você faz pouca coisa, mas está esperando um grande resultado. Não é bem assim que as coisas funcionam. Eu como besteira, não me restrinjo a nenhum tipo de alimento, mas faço exercícios extremos que me dão resultados notáveis. Na mensagem anterior eu sugeri que você pesquisasse, mas sabendo que você está nos EUA e aí tudo é mais fácil... Sugiro que você vá a uma academia que ofereça "kettlebell training" e faça uma aula experimental. É outro mundo! Vale a pena!
Matheus Gonçalves
Você também está pecando ao ignorar um fator importantíssimo e que comentamos no episódio. Eu faço academia toda semana, jogo futebol, corro, toda semana. TODA SEMANA. Pelo menos 3 vezes por semana, e pelo menos 1h de atividade física por dia. Isso sem contar subir escadas sempre que possível. Com uma alimentação errada (cheia de carboidratos). Eu estou com sobre peso, cara. Não tenho preguiça nenhuma de seguir um práticas esportivas e aeróbicas, eu adoro. E ainda estou com sobrepeso. Por quê? Por causa da alimentação. Foi só mudar a alimentação que eu passei a perder peso e medidas. Isso tudo nos mostra que cada caso é um caso e cada pessoa responde de uma forma diferente ao comportamento físico e aos hábitos alimentares. Não pode ser taxativo assim não, cara.
Matheus Gonçalves
Cara, nem sempre é preguiça. Em alguns casos, a pessoa tem impedimentos psicológicos. Existem N estudos sobre isso, é classificado como doença esse tipo de obesidade, cara.
joaofla123
Repito, você generalizou. Da próxima vez direcione seu discurso a quem realmente não "move uma palha" e não a todos os gordinhos. Mas meu debate se encerra por aqui pois não vale a pena prosseguir.
Paulo Higa
Esse é o espírito da nossa nova editoria (que não é mais tão nova assim). :-)
Alpha Delta Victor
Mas veja bem, uma pessoa que SABE que precisa se esforçar em prol da sua própria saúde e não move uma palha a respeito disso... Qual é o nome que se dá a esse tipo de gente? Preguiçosos. Quem quer algo arruma um jeito, não uma desculpa. Problema todos nós temos!
Gabriel_Queiroz
Estou contigo Mobilon, sou alto e magro a vida toda e agora resolvi ganhar uns kilos e estou procurando um aplicativo que me ajude. Estou indo na academia mas também não me sinto bem.
Exibir mais comentários