Início » Brasil » Facebook ganha mais verba publicitária do governo que Folha, O Globo e Estadão somados

Facebook ganha mais verba publicitária do governo que Folha, O Globo e Estadão somados

Por
3 anos atrás

Sinal dos novos tempos: o Facebook foi uma das empresas que mais ganhou verba de publicidade do governo federal em 2015. A rede social de Mark Zuckerberg faturou R$ 44,7 milhões, um aumento de 68,5% em relação a 2014. O valor é maior que a soma do dinheiro recebido por Folha, O Globo e Estadão, os três principais jornais impressos do país.

Os números foram divulgados pelo jornalista Fernando Rodrigues e obtidos com base na Lei de Acesso à Informação. A Folha recebeu R$ 13,6 milhões em verbas publicitárias em 2015, mais que os R$ 12,8 milhões de O Globo e R$ 10,8 milhões do Estadão. Juntos, eles ganharam 7 milhões de reais a menos que o Facebook.

Zuckerberg

O valor obtido pelo Facebook também é maior que o recebido pelos três maiores portais de notícias do Brasil juntos: UOL (R$ 15,2 milhões), Globo.com (R$ 13,9 milhões) e R7 (R$ 5,6 milhões), que somados registraram um total de R$ 34,7 milhões em verbas publicitárias do governo em 2015.

Os ganhos do Facebook com publicidade estatal vêm subindo consideravelmente desde 2010, primeiro ano em que o governo investiu na rede social. Em 2013, a receita chegou a R$ 11,6 milhões, subindo para R$ 26,5 milhões no ano seguinte. O Twitter também passou a ganhar mais: foram R$ 4,4 milhões em 2014 e R$ 12,1 milhões em 2015.

redes-sociais

O Google, por outro lado, perdeu terreno nas verbas de propaganda, com receitas variando ao longo dos últimos anos. Em 2012, por exemplo, o buscador recebeu R$ 1,9 milhão, número que subiu para R$ 3,5 milhões em 2013. Mas a verba caiu em 2014 (R$ 990 mil) e novamente em 2015 (R$ 687 mil). Esse números compreendem o Google, o Google+ e o YouTube.

Em 2015, o governo de Dilma Rousseff cortou R$ 591,5 milhões em gastos com propaganda, que totalizaram R$ 1,86 bilhão. Os cortes afetaram principalmente a mídia tradicional, como a TV Globo, empresa que mais obteve verba federal no ano passado: foram R$ 396,5 milhões, o que ainda é 34% menor que em 2014, quando os Marinho receberam R$ 602,8 milhões.

Mais sobre: