A brasileira Quantum anunciou nesta quarta-feira (13) o Müv, segunda linha de smartphones da marca, criada por funcionários da Positivo. Assim como o Quantum Go, os novos aparelhos apostam numa faixa de preço mais acessível: o modelo mais básico será comercializado por 799 reais na pré-venda, que começa na próxima semana.

O Müv Pro vai tentar competir com Moto G4, Galaxy J7 Duos, Vibe A7010 e outros smartphones intermediários, só que custando menos. Por 949 reais, ele traz processador octa-core Mediatek MT6753, 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento (com direito a uma entrada para microSD), tela HD de 5,5 polegadas e conexão 4G. Para aguentar tudo isso, a Quantum colocou uma bateria de 2.800 mAh.

quantum-muv-1

quantum-muv-2

O design, nas cores azul, dourado e rosa, é semelhante ao do Quantum Go, mantendo os raios de luz na traseira e uma espessura relativamente fina (8,5 mm), mas está curvada nas laterais para melhorar a pegada. A própria Quantum venderá capinhas do Müv em diferentes acabamentos, como couro ou até um visual que imita metal escovado.

A câmera, um dos pontos fracos do antecessor, promete melhorias no Müv Pro. O sensor traseiro é de 16 megapixels, conta com lentes de abertura f/2,2 e foco por detecção de fase. Já a câmera frontal é de 8 megapixels e traz o famoso truque de software que utiliza a tela como “flash” frontal para permitir selfies mesmo com iluminação ruim.

O Müv, versão mais barata, substitui o processador octa-core por um quad-core MediaTek MT6735, corta a RAM para 1 GB e diminui o sensor da câmera traseira por um de 13 megapixels. O resto das configurações permanece o mesmo, incluindo o 4G. Com as baixas no hardware, o preço diminui 150 reais em relação ao Müv Pro, para 799 reais para pagamento à vista no boleto.

Com Android 6.0 Marshmallow de fábrica, tanto o Müv quanto o Müv Pro entram em pré-venda na próxima segunda-feira (18), por enquanto apenas no site da Quantum — uma estratégia adotada pela empresa no Quantum Go e por algumas concorrentes, como a Xiaomi, para cortar os custos do varejo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Leo Noleto
Pois é ne baby, lançou
Fernando Romano
Quantum muv pro... Porcaria de celular, travado touch não presta. Cai fora que é fria!!!
Aridaldo Maciel Coelho
Engraçado que esse texto é praticamente o mesmo postado em outro site por outro usuário, parece CTRL C + CTRL V kkkkkkkkkkkk
Wilson
Fábio Nogueira... não fui na conversa dos nossos amigos que adoram a parafernália estrangeira e criticam o produto nacional. Ao contrário, procurei um aparelho que não fosse caro e que atendesse as necessidades. Cara, acreditei na criação nacional e comprei um Quantum Muv Pro... que é um equipamento da difamada Positivo. Sinceramente, o preço é razoável e o aparelho é muito bom, somente faço uma ressalva quanto ao som, esse realmente eles têm que melhorar porque é muito baixo. O resto valeu o que paguei.
Orlando Marcos Santos Nobre
Comprei este aparelho pela lojas Kabum por R$ 850,00 e chegou no dia 16/09/2016, e com apenas 3 dias de uso já estou entrando em contato com a loja para devolver via direito de arrependimento. Este aparelho é o pior Smartphone que já comprei. Ele é super lento, trava demais mesmo em jogos bem leves, imagine em jogos pesados, a câmera frontal parece um borrão a câmera traseira até que não é ruim, o som dele parece piada, é simplesmente ridículo, mas parece rádios de pilhas vendidos em camelo. De legal neste aparelho só a beleza mesmo no mais eu simplesmente odiei, quem achar que estou errado, compre e se arrependa amargamente.
Flavio Lima
Pesquisa ai Sony Xperia Z e veja o ano q ele foi lançado...rsrsrs A sony segue essa linha de design a anos...
Thiago Mocci
Clicando em "Tela", ele demonstra o tempo de tela ligada. Mas já to abusando também. Obrigado pela atenção, cara. :)
tuneman
Aí no print. Se não tivesse que sair pra fora da cidade amanhã eu nem colocaria carregar agora. Geralmente deixo em modo avião até as 7h. (Adorava meu antigo moto d1 que permitia programar isso automaticamente hehe) https://uploads.disquscdn.com/images/4327933021008f538467f5375d126c33f83a4f8fef9c73e7a9a32ec6cca342e7.png
Thiago Mocci
É, então. Eu nem uso tanto o WhatsApp mesmo mas vivo vendo vídeo no Youtube e ouvindo música no Napster enquanto estou vendo algo no Facebook ou respondendo posts no Tapatalk. Poderia, só a título de curiosidade, antes de colocar para carregar hoje a noite anotar quantos % de bateria e quanto tempo de tela ligada? :)
tuneman
meu uso já é quase inverso. ontem saí com ele as 8h com 100% de carga e a meia noite quando fui dormir estava em 50%. nao uso 3G, nao tenho o facebook instalado, nao fico fuçando no whatsapp, só ouço música por uns 60 min entre idas e vindas do trabalho,. durante o dia eu ainda leio umas noticias no feedly ou reddit. tipo, nao sou tão grudado no smartphone. "caiu o whatsapp! foda-se" XD
Thiago Mocci
Quanto tempo de tela ligada? Que horas sai da tomada cedo? Pergunto isso pois tenho um Moto X Play. Eu saio 6h de casa, uso o celular várias vezes pelo dia, com 4G, WhatsApp, Facebook, streaming de áudio e vídeo... Eu tenho um uso alto, compreendo, mas com 4h a 5h de tela ligada, lá pras 20h ele está pedindo a tomada. Se não terei tomada de dia, eu dou uma maneirada pra segurar até a noite. Acho uma duração excelente e creio que daqui pra frente, pra mim, precisa ser disso pra cima. Eu não sou único. Muita gente usa muito e pior, muita gente queria usar bem mais e se priva. Precisam focar nisso.
Keaton
Estava me referindo ao preço desses.
luan andrade
tem o moto g3 com 8gb e 1gb de ram por 800 e alguma coisa na promoção.
luan andrade
só que outro Gran custa 600.
luan andrade
tem aparelho de 400 conto, só precisa ter paciencia para usar.
Exibir mais comentários