Início » Mobile » Um app de transporte público decidiu criar sua própria linha de ônibus

Um app de transporte público decidiu criar sua própria linha de ônibus

Por
09/05/2017 às 13h30
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O Citymapper é um aplicativo que traça rotas de transporte público melhores que o Google Maps. Ele está disponível em São Paulo e em outras cidades ao redor do mundo, mas começou em Londres — e é lá onde o app quer reinventar o ônibus.

A startup está testando uma rota circular em Londres com um ônibus verde; o trajeto, próximo à sede da empresa, é gratuito.

A rota é predefinida, com paradas específicas para os passageiros embarcarem e desembarcarem, e o ônibus tem alguns recursos tecnológicos: uma tela grande informando o local atual e as próximas estações, tal qual o aplicativo; e entradas USB para carregamento.

Também há uma contagem de passageiros em tempo real, para que você possa saber se o veículo está muito cheio. O motorista, no entanto, é humano; nada de ônibus autônomos por aqui.

Por enquanto, este é apenas um experimento tímido, mas aponta para ambições maiores da Citymapper. A empresa criou uma ferramenta chamada Simcity para simular rotas de ônibus, analisando em tempo real a demanda por transporte em Londres:

A Citymapper imagina um serviço mais dinâmico, que pode reagir à demanda em tempo real e sugerir rotas diferentes com base em informações de trânsito, mantendo as paradas predefinidas.

Uma ideia é equipar ônibus e trens com sensores para medir a quantidade de pessoas em tempo real, e usar isso para detectar quais rotas e períodos requerem mais veículos. No entanto, isso exige cooperação com empresas de transporte público, que nem sempre estão abertas a melhorias.

A Transport for London (TfL) é uma exceção: “eles liberaram dados abertos que nos deram a oportunidade de criar um aplicativo para ajudar a poulação de Londres”, diz a Citymapper. Ainda assim, a TfL não emitiu uma licença para a startup operar sua linha de ônibus — por isso ela é gratuita e temporária.

A Citymapper poderia oferecer consultoria para melhorar as rotas existentes de transporte público, e para identificar possíveis novos trajetos. A intenção é nobre, e espero que ela consiga tornar isso realidade usando seus US$ 50 milhões vindos de investidores nos últimos anos.

Com informações: Citymapper, VentureBeat, Mashable.

  • Thalisson Cavalcante

    Uma nova forma de transporte é bem vindo!

  • Diego F. Duarte

    Um shutter… Ate ae nada de novo, tem mtos paises q várias empresas fazem essas linhas como uma cortesia por contrapartida a algo na comunidade em q elas estao alocadas, ou pra isencao de impostos. A unica diferenca e q essa linha de shuttle e meio “movel”

    (O Google tem varias linhas gratuitas de shuttle na regiao de Mountain View e elas cobrem uma boa area da cidade e gratuitamente. E so subir no onibus e andar).

    • LuisPauloLohmann

      Além de um ônibus mais equipado, também não notei grande diferença por enquanto. Talvez no momento em que o ônibus puder passar a fazer rotas alternativas para desviar do trânsito, ao mesmo tempo em que os usuários obtém informações de qual ônibus, em qual horário e ponto é melhor pegar, aí sim seja um avanço mais legal.

    • felipecn

      Acho que a ideia é mais mostrar o potencial dos serviços que controlam a operação dos ônibus – como mostrar sempre para o motorista a lotação e intervalo entre veículos ou o sistema de planejamento de linhas, que torna mais fácil identificar uma demanda nova e atendê-lá.

      Os shuttles do Google são bem mais tradicionais nesse sentido, e até creio que sejam só de uma empresa terceira e apenas pago pelo Google.

    • Felipe

      Não precisa ir tão longe, aqui no rio tem ônibus grátis mantido por supermercado e até shopping fazendo o trajeto shopping – metrô, é bem comum até

      • Ramon Gonzalez

        É verdade. Sao Paulo tbm. E provavelmente varias outras cidades.

  • Renato Dantas

    Quando vier ao Bra$il, será taxado pelos governos locais, precisará de 1001 licenças para cirular e será caríssimo.

    • Diego F. Duarte

      O bingo ta aberto galere!

    • Nicolas Gleiser

      nope, na verdade não vai chegar a funcionar, provavelmente vai sofrer tipo uber mas não vai passar, atualmente boa parte das cooperativas( em sp ) são de pessoas ligadas FORTEMENTE a uma organização social conhecida como 15.3.3 , difícil ter concorrência nessa área .

    • Mago Erudito®

      Vão chegar na prefeitura de SP e ver que precisa de concessão proprina das grandes e automaticamente vão desistir da ideia.

    • Lucas Avelino Souza

      Como sempre…verdade !

  • Lucas Carvalho

    Sobre rotas alternativas é complicado no caso de ônibus porque é preciso ter uma certa previsibilidade nas rotas.

    • Lucas Ambrosio

      Não cara, como foi citado no texto, as paradas continuam pre-definidas, a rota alternativa é a rota entre cada parada.

      • Ramon Gonzalez

        Exato

      • Lucas Carvalho

        Então, beleza. É que na minha cidade as paradas são tão perto uma das outras que não faz sentido isso de rota entre uma e outra.

        • Lucas Ambrosio

          Realmente, não se aplica à minha cidade também não hahaha

    • Antony

      Não se no seu aplicativo você definir onde quer entrar e sair. Só isso já poderia afinar a pesquisa por linhas na região

  • Vou baixar esse app. Costumo usar o Moovit que é bastante competente em mostrar as rotas aqui em São Paulo.

  • Wellington Gabriel de Borba

    Não vai dar certo, vão furar o serviço igual estão fazendo com o Uber.

  • Vanderlei Gomes Fotografia

    Uso este aplicativo e é muito bom mesmo.

  • Muito bom! Que tudo dê certo!

  • Vinicius Luiz Rocha

    Lá se vai a ideia q eu tava tendo. Me sentindo decepcionado 🙁

    • Luis Gustavo

      Rubinho fellings

    • Felipe

      bora se juntar comprar um ônibus e colocar no uberpool -qn

    • Ramon Gonzalez

      que isso cara, essa area tem um potencial absurdo pra inovacao. Vai demorar décadas ate estar saturada

    • Guilherme Borges Cunha

      Você ainda pode tentar isso no Brasil. Apesar que se você tentar isso muito provavelmente vai acabar preso, porque aqui transporte coletivo é monopólio estatal e tentar oferecer um serviço alternativo, bom e barato simplesmente é crime.

  • Hugo Piback III

    Funciona no Rio de janeiro? App é compatível com sistema Windows??

  • Coelho

    O layout é mais simples que o do Moovit e também é bem leve

  • Ramon Gonzalez

    Essa area de transportes ainda tem MUITO a evoluir. Espero que o projeto dos caras vingue e se espalhe!

  • Denis Rodrigues

    App para rotas em São Paulo? Inútil!
    Todo ficaram presos nas marginais!!!

  • João Das Águas Batista Moreira

    Na minha bela Londrina, alem de 100% dos ônibus terem rampas de acessibilidade, A ABSOLUTA MAIORIA TEM WI-FI, temos tambem uma rota grátis, chamada centro livre, que circula o centro da cidade, temos ônibus novos, ou com ate 7 anos de uso, limpos, conservados, porem tem problemas tambem, são caros R$ 3.80..VIVA LONDRINA.

  • Guilherme Borges Cunha

    Vai chegar um dia que as empresas capitalistas malvadonas vão conseguir resolver praticamente todos os problemas de mobilidade urbana por um bom preço e o pessoal do Movimento Passe Livre ainda vai estar problematizando e pedindo estatização do transporte coletivo. Se eles gastassem todo o tempo e energia que gastam com protestos inúteis em vez de estudar, trabalhar e empreender para desenvolver soluções disruptivas como essa para os problemas de mobilidade urbana com certeza o transporte coletivo no Brasil seria muito melhor.