No mundo perfeito, os nossos smartphones têm baterias que duram pelo menos uma semana. A vida real é bem diferente, você sabe bem, mas pelo menos podemos contar com tecnologias de recarga rápida. A mais nova é o Quick Charge 4+, da Qualcomm, que promete reduzir ainda mais o tempo necessário para a carga da bateria chegar a níveis expressivos.

De acordo com a companhia, o Quick Charge 4+ é até 15% mais rápido e 30% mais eficiente que a geração anterior, o Quick Charge 4. E olha que esta versão é impressionante por si só: o Quick Charge 4 precisa de apenas 15 minutos para fazer uma bateria de 2.750 mAh ter cerca de 50% de carga.

As melhorias trazidas pelo Quick Charge 4+ foram possíveis graças a alguns poucos, mas importantes refinamentos. Um deles é uma revisão do Dual Charge, tecnologia que transmite energia por duas vias para otimizar o tempo de recarga e diminuir o calor resultante.

Quick Charge 4+

Há ainda o Intelligent Thermal Balancing, que determina qual via é mais adequada para a transmissão de energia em dado momento levando a temperatura como parâmetro de decisão. A Qualcomm fala também de um novo conjunto de recursos de segurança, capaz de prevenir inclusive superaquecimento em portas USB-C.

A adoção do Quick Charge 4+ levará algum tempo, mas o primeiro smartphone compatível com a tecnologia já foi anunciado: trata-se do Nubia Z17, da ZTE. O modelo tem tela de 5,5 polegadas, processador Snapdragon 835, até 8 GB de RAM, bateria de 3.200 mAh e chances praticamente nulas de ser lançado no Brasil.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Pedro Zanini Pretto
Cara, dá uma olhada nesse tópico no XDA. https://forum.xda-developers.com/mi-5/accessories/3-0-quick-chargers-t3379543/page10
Gertrudes, a Lhama Morta

É? Eu não entendo muito dessas coisas, mas tinha lido que o carregador que vinha era 2.0, mas o aparelho suporta o 3.0. Ele carrega em 1h15min, em média.

Gertrudes, a Lhama
É? Eu não entendo muito dessas coisas, mas tinha lido que o carregador que vinha era 2.0, mas o aparelho suporta o 3.0. Ele carrega em 1h15min, em média.
Guilherme Borges Cunha
Isso provavelmente tem a ver com a necessidade de colocar mais capacitores para que os carregadores carreguem mais rápido e com maior confiabilidade. O Dash Charge da OnePlus Também é enorme e eu costumo levar no bolso, isso quando não levo uma Power bank que é ainda maior. E aquele carregador compacto que vem nos iPhones hoje em dia é uma bosta.
Guilherme Borges Cunha
Eu esperava que esse Quick Charge fosse ainda melhor. O Dash Charge carrega a bateria de 3400mAh do meu Oneplus 3T até 70% em 15 minutos.
André Machado
Eu estou esperando o correio criar vergonha na cara e me entregar meu ulefone power 2, não é o top dos tops, mas me entrega algo que pra mim é muito significativo, uma bateria ENORME pra usar tranquilo pelo menos um dia inteiro
Pedro Zanini Pretto
Ué? O meu veio com QC3. As vezes consigo carga a 3000mAh.
Renan Araújo
Nunca vi ninguém reclamando disso, e faz sentido. Nova geração da Motorola tá com os carregadores "redesenhados", mas ainda grandes. Tenta apelar pra uma Power Bank, tem umas de grande capacidade bem compactas
Rafael
Levar no bolso sem incomodar? O telefone já incomoda. Tem é que melhorar a bateria mesmo.
Gertrudes, a Lhama Morta

O meu Mi 5 vem com um carregador com QC 2.0, mas num tamanho "normal". Acho que o fato de ser type-c não influencia nesse caso.

Gertrudes, a Lhama Morta

BOOTLOOP

Gertrudes, a Lhama
O meu Mi 5 vem com um carregador com QC 2.0, mas num tamanho "normal". Acho que o fato de ser type-c não influencia nesse caso.
Gertrudes, a Lhama
BOOTLOOP
@Sckillfer

Eu ando (quando o tamanho do bolso permite).

Sckillfer
Eu ando (quando o tamanho do bolso permite).
Exibir mais comentários