A Apple anunciou a nova geração do iPad Pro em junho, durante a conferência WWDC. Os tablets foram lançados hoje no Brasil, com especificações melhoradas e preços salgados.

O iPad Pro está disponível em dois tamanhos: 12,9 polegadas, e 10,5 polegadas com bordas mais compactas. A tela possui brilho de 600 nits e tem suporte a vídeos em HDR.

Tudo parece mais fluido graças à tecnologia ProMotion, que exibe imagens em 120 Hz. Isso também permite que o Apple Pencil tenha uma latência de apenas 20 milissegundos.

Por dentro, temos um processador A10X Fusion de seis núcleos, 4 GB de RAM e bateria que dura 10 horas. A câmera traseira tem resolução de 12 megapixels, estabilização óptica de imagem e lente com abertura f/1,8; a câmera frontal tem 7 megapixels.

Os tablets vêm com iOS 10 e poderão ser atualizados para o iOS 11, que traz diversas novidades voltadas para o iPad, incluindo uma interface reprojetada para alternar entre apps abertos, e um gerenciador de arquivos com arrastar e soltar.

Estes são os preços dos modelos de 10,5 polegadas:

  • 64 GB e Wi-Fi: R$ 4.999
  • 256 GB e Wi-Fi: R$ 5.799
  • 512 GB e Wi-Fi: R$ 7.399
  • 64 GB e Wi-Fi + Celular: R$ 5.999
  • 256 GB e Wi-Fi + Celular: R$ 6.799
  • 512 GB e Wi-Fi + Celular: R$ 8.399

E estes são os valores para os modelos de 12,5 polegadas:

  • 64 GB e Wi-Fi: R$ 6.199
  • 256 GB e Wi-Fi: R$ 6.999
  • 512 GB e Wi-Fi: R$ 8.599
  • 64 GB e Wi-Fi + Celular: R$ 7.199
  • 256 GB e Wi-Fi + Celular: R$ 7.999
  • 512 GB e Wi-Fi + Celular: R$ 9.599

Nos EUA, os preços variam entre US$ 649 (para o modelo de 10,5 polegadas mais básico) e US$ 1.229 (para o modelo de 12,5″ mais caro). Enquanto isso, o Apple Pencil custa R$ 749 no Brasil, e US$ 99 lá fora.

Recentemente, a Samsung lançou o Galaxy Tab S3 no Brasil por R$ 2.999.

Com informações: MacMagazine.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Arley Martins
So na amazon USA, porem é caro e não vale apena comprar.
Eric Viana
Achou YeeLight em 110v?
Arley Martins
Veja o site da shipito e o myvipbox. Os 2 são confiáveis, la você tera tudo respondido no tutorial deles, em 20 minutos vc lê tudo dos 2 sites. Eu compro da amazon e mando entregar na minha caixa postal americana através dos 2 sites que falei, ou seja não tem imposto, pois em teoria foi um americano que comprou. Amazon sempre é frete grátis caso vc compre acima de 30 dólares. Eu não pago imposto nenhum pra amazon. Meu maior gasto é o despacho do frete internacional. Amigo eu compro mta coisa assim e mesmo quando taxa acaba valendo a pena pois fica mais barato ainda que no brasil. Perfume, relógios, roupas, coisas automotivas, alguns eletrônicos eu compro tudo la. Sempre compre achando que será taxado no valor máximo da mercadoria vendo claro se fica mais barato que comprar no brasil, pois se vc não for taxado, o lucro é 200%. Em cada 10 coisas 3 é taxado, é a minha media. Tudo depende do tamanho, peso e valor declarado. Relogios se vc mandar tirar da caixa original e enrolar em plastico bolha até 5 relogios e declarar como relógio infantil até 30 dolares dificilmente vai taxar, pois vem no pacote pequeno e leve. So uma dica ai pra quem quer.
Arley Martins
Lampada WIFI, comprei pra colocar em casa pra gastar menos energia e controlar elas pelo meu roteador e com hora programada para ligar e desligar. Elas tem diversas cores diferentes. É otima para comodos pequenos, lugares maiores tem que colocar 2. Eu ja tinha algumas, então houve uma promoção aonde comprei o resto pra colocar na minha casa. Extremamente econômica.
Vector

Você compra na Amazon US e manda entregar a um redirecionador de endereço?

Como funciona com relação a produtos que, em teoria deveriam ser taxados?

Questiono porque na Amazon US eles já cobram o valor da devida taxa...

Victor Zavecz
Você compra na Amazon US e manda entregar a um redirecionador de endereço? Como funciona com relação a produtos que, em teoria deveriam ser taxados? Questiono porque na Amazon US eles já cobram o valor da devida taxa...
Vector

Quase lá!

Só errou em considerar o dólar comercial ao invés do turismo, que é a taxa de conversão usada para meros mortais como nós.

Pode considerar o dólar a uns 3,30.

Victor Zavecz
Quase lá! Só errou em considerar o dólar comercial ao invés do turismo, que é a taxa de conversão usada para meros mortais como nós. Pode considerar o dólar a uns 3,30.
Rod
2017, tablet....
Deibson Oliveira

Na verdade está fora da realidade sim, a Apple não trás pra cá os produtos a preço de varejo de lá do Estados Unidos.

É a preço de custo, logo a margem de lucro dela é bem gordinha, dava pra vender mais barato? Sim, com certeza, mas pra que baixar o preço se tem quem compre!

As pessoas tem que entender que ninguém é obrigado a comprar mas as empresas são obrigadas a vender.

Sobre a garantia... A garantia da Apple é válida no mundo inteiro.

Deibson Wagner
Na verdade está fora da realidade sim, a Apple não trás pra cá os produtos a preço de varejo de lá do Estados Unidos. É a preço de custo, logo a margem de lucro dela é bem gordinha, dava pra vender mais barato? Sim, com certeza, mas pra que baixar o preço se tem quem compre! As pessoas tem que entender que ninguém é obrigado a comprar mas as empresas são obrigadas a vender. Sobre a garantia... A garantia da Apple é válida no mundo inteiro.
Gabriel Arruda
Desde sempre, por isso que empresas como Xiaomi não conseguem entrar e a HTC teve de sair: sem fabricação nacional, você não compete com Motorola e Samsung por aqui. A Apple continua no Brasil e cobra preços ridículos, mas para outras empresas essa estratégia não faz sentido. Comprar um S8 ou iPhone nos EUA sai 20% mais barato, comprar um MacBook sai metade do preço dependendo do modelo. Com fabricação nacional é mais caro comprar no Brasil, com importação é o dobro do preço e sai mais barato viajar e comprar.
Reinaldo Costa
Desde quando a fabricação no Brasil diminui o preço de alguma coisa.
Leon
Haha
Junior Filipin
Supondo? A Apple não paga preço de varejo em produto próprio só por estar vendendo em outro país, ela paga o preço de atacado como qualquer varejista no Brasil. O valor extra cobrado vem do imposto pra manter o CNPJ e fazer a venda mesmo. Sacanagem da Apple ou não, a justificativa sempre vai ser o custo Brasil.
Exibir mais comentários