O Google vai colocar um bloqueador nativo de anúncios no Chrome, para barrar propagandas de má qualidade e frear o avanço do Adblock Plus. O recurso será lançado para todos os usuários em 2018, mas já está em testes no Android.

Você pode conferi-lo baixando o Chrome Canary, disponível na Play Store. O bloqueador é ativado por padrão, e pode ser encontrado em Configurações > Configurações do site > Anúncios.

Inicialmente, o bloqueador de anúncios não apareceu para mim, talvez por estar em testes na América do Norte, Reino Unido, Alemanha, Austrália e Nova Zelândia. Carsten Knobloch o descobriu em alemão; e o TechCrunch conseguiu usá-lo em inglês.

Assim, eu mudei o idioma do sistema para inglês, reiniciei o smartphone e abri o Chrome — lá estava o bloqueador. Mudei o idioma de volta para português, e ele permaneceu.

No entanto, parece que o recurso ainda não está funcionando. Testei vários sites — UOL, New York Times, Wired, CNET, Forbes — abrindo-os no Chrome normal e no Canary, e não reparei em nenhum anúncio sendo bloqueado, fosse na versão desktop ou mobile. Banners pequenos e grandes, caixas para inserir e-mail e receber newsletter, links recomendados, estava tudo lá.

Sabemos que o Chrome não vai bloquear todos os anúncios, apenas os mais invasivos: aqueles que abrem sozinhos quando um link é clicado; ou que se sobrepõem ao conteúdo; ou que reproduzem vídeo com áudio ativado automaticamente; entre outros.

Basicamente, são experiências que violam as regras da Coalition for Better Ads, exemplificadas na imagem abaixo:

No entanto, eu visitei algumas páginas do 4Shared e elas continuam infestadas de propagandas, mesmo com o bloqueador ativo. Até mesmo sites de pornografia — conhecidos por anúncios intrusivos, segundo fontes — estavam funcionando de forma relativamente igual.

O bloqueador será liberado para todos, no Chrome para desktop e smartphones, em algum momento de 2018. O Google quer dar um tempo para que os sites se adaptem, e prepara uma ferramenta para pedir aos visitantes que desativem o bloqueio, ou paguem uma taxa de acesso.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago

Bloqueia nada ,Bloqueador inútil,no Android é só baixar um navegador com bloqueador de anúncio de verdade

Thiago Mocci
Google AdWords Pro com possibilidade de pagar pra bloquear propaganda de concorrentes e não a sua...
Marcos Guilherme
"segundo fontes", sei.....kkkkk!
Eduardo José Effgen
Idéia mais velha que guarana de rolha. Porém ainda faz sucesso, vide windows media player, internet explorer. Sucesso imitando a microsoft;
BassVix
"propagandas de má qualidade e frear o avanço do Adblock Plus" Acabei de testar e está longe de chegar perto do Adblock, uBlock e outros. ELES é que irão dizer o que é propaganda de má qualidade, provavelmente uma blacklist de ads "do mal", só que quero bloquear tudo de tudo, considerar blacklists diversas, criar as minhas (meus bloqueios de conteúdo e etc), NÃO DÁ PARA FAZER ISSO!
CtbaBr©
Se eu percebi corretamente a intenção deles, sera algo como: Agora que você tem um bloqueador no navegador, você não precisara mais dos "Ad Blocks alheios", vamos então bloquear o bloqueador.
Porto Velho

O Ad Block já faz isso por padrão, só bloqueia os anúncios intrusivos, a não ser que isso seja desativado.

Emanuel Schott
O Ad Block já faz isso por padrão, só bloqueia os anúncios intrusivos, a não ser que isso seja desativado.
Wellington Gabriel de Borba
Deveria acabar com essas páginas e caixas de textos que sequestram a navegação.
CtbaBr©
Depende, aqui no TB o código do Adsense foi bem distribuído, mas nem todo site ou blog tem esse bom senso, infelizmente!
CtbaBr©
Pois é... Mas tudo indica que esse sera um "meio bloqueador", que bloqueara os anúncios "muito intrusivos"... Dos outros!
Rod
O Google só ganha dinheiro com o Adsense
Molinex
Deve ser um bloqueador de anúncios homeopático...
DumbSloth87
bloqueador placebo, só podia ser coisa do Google mesmo.
Juaum
O Opera já possui um ótimo Adblock. Bem equilibrado por sinal.
Exibir mais comentários