Início » Software » AirDroid ganha versão para iOS

AirDroid ganha versão para iOS

Por
12/10/2017 às 13h58
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O AirDroid é um velho conhecido dos usuários de Android: ele é um canivete suíço que permite gerenciar o smartphone ou tablet pelo computador, transferindo arquivos por Wi-Fi, espelhando notificações no desktop ou otimizando o desempenho. Agora, a Sand Studio lançou uma versão para iOS.

A versão 1.0.0 do AirDroid para iOS é (bem) mais limitada, mas mantém o principal recurso do aplicativo: você pode visualizar, enviar e baixar arquivos entre o seu iPhone e um computador (ou até um Android) sem a necessidade de cabos. Também é possível compartilhar rapidamente arquivos com amigos que não possuem um dispositivo com iOS.

Assim como na versão para Android, você pode gerenciar remotamente seus arquivos no iPhone por meio dos aplicativos para desktops (Windows e macOS) ou interface web. Fotos e vídeos podem ser organizados sem limitações, mas outros tipos de documentos ficam restritos à sandbox do AirDroid e não podem ser acessados diretamente por outros aplicativos, como é natural no iOS.

O AirDroid para iOS já pode ser baixado gratuitamente na App Store. Quem se cadastrar até o dia 15 de outubro ganhará um mês de conta premium no aplicativo.

Mais sobre: ,
  • Luiz Eduardo

    Ja existe o AirMore faz um tempo…

    • Bruno

      Mais e bom sempre putra opção, ja usei o airmore e ele trava bastante

  • Lostguybrazil

    Finalmente uma opção de compartilhar fotos (na qualidade original) entre dispositivos Android e iOS? Não gostava do SHAREit…

    • Rod

      Pode mandar pelo Whatsapp como documento.

      • Ed

        Ou compartilhar o link do Dropbox/Google Photos/OneDrive.

        • Rod

          Nem se compara a praticidade.

  • Deixei de usar quando passou a vender assinatura anual.

  • Cássio Amaral

    Melhor aplicativo do gênero. Uso o cliente para desktop, e dá para acessar até as pastas do Android que precisam de root, embora eu não use esse recurso. Para complementar, uso o Root Explorer, que tem suporte a SMB, para acessar as pastas no desktop. Basicamente, eliminei o uso do cabo USB para transferir arquivos pequenos.