Início » Gadgets » Estes robôs são uma forma futurista e cara de dobrar sua roupa

Estes robôs são uma forma futurista e cara de dobrar sua roupa

Por
12/01/2018 às 13h12
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Existem diversos produtos feitos para ajudar em tarefas domésticas, como robôs que aspiram o chão e máquinas que lavam sua louça. Você também pode contar com a tecnologia para lavar e secar roupas… mas e quanto a dobrá-las?

Durante a feira CES, duas empresas demonstraram seus robôs que dobram roupa — trata-se do FoldiMate e do Laundroid. Infelizmente, nenhum dos dois parece funcionar muito bem.

O FoldiMate foi apresentado inicialmente em 2016 e, desde então, conseguiu 8.000 reservas de pré-venda. Agora, a empresa abriu “depósitos antecipados de pré-venda” para sua versão mais recente, prevista para o final de 2019.

A máquina consegue dobrar camisas com ou sem botão, bermudas e calças; os tamanhos podem variar de roupa para criança a adulto XXL. Ela também é compatível com toalhas e fronhas. No entanto, nem pense em colocar meias, roupas de baixo, ou o enxoval do seu bebê.

Além disso, você precisa encaixar cada peça de roupa em clipes na máquina. Dessa forma, o FoldiMate consegue dobrar 40 itens em até quatro minutos — é o que diz a empresa.

Segundo o Mashable, que testou um protótipo do FoldiMate, “foi fácil encaixar toalhas e camisas limpas; no entanto, quando tentei alimentar a máquina com uma camisa de manga comprida, a manga ficou presa na entrada e a máquina emperrou”. Ela custa US$ 980.

Temos também o Laundroid, um robô mais complexo e muito mais caro. As roupas são colocadas em uma gaveta na parte inferior, e então manipuladas por vários braços robóticos e escaneadas por câmeras internas.

Ele se conecta via Wi-Fi a um servidor que analisa cada item usando inteligência artificial. Assim, os braços determinam a melhor forma de dobrar sua roupa. Isso demora um bom tempo: uma camiseta, por exemplo, leva de 5 a 10 minutos.

O Laundroid custa US$ 16 mil. Como nota o The Verge, “há algo de cômico em desenvolver a solução mais complicada e dispendiosa possível para uma tarefa simples como dobrar roupa”.

Eles testaram o robô e quase o quebraram. Ele não consegue analisar roupas escuras, então uma camisa preta se perdeu dentro da máquina e precisou ser retirada por um engenheiro. Ele sabe detectar cores vivas, no entanto, e entregou uma camisa rosa dobrada em 10 minutos.

Quem sabe, no futuro, essas tecnologias se tornem mais acessíveis e mais compactas, transformando-se em uma máquina adicional para sua área de serviço. Por enquanto, o jeito é usar as mãos para dobrar suas roupas.

  • Renan

    Deve compensar para quem lida com grandes volumes como lavanderias. Ter mais um eletrodoméstico só para dobrar roupas é desperdício de espaço.

  • Ricardo – Vaz Lobo

    A ideia não é de todo maluca: toda essa sincronia pra dobrar roupas poderia ser usada pra medicina e manipulação de medicamentos, micro mecânica, exploração espacial, sei lá, algo menos nutelinha

    E por enquanto, é melhor ir ensinando as crianças a irem dobrando suas roupas.

    • Programador Front-End

      Acho que a tecnologia da medicina e tals já existe e é usada a algum tempo. O caso da máquina de dobrar roupa é só mais um gadget pra rico colocar no IOT de casa

    • Concordo com você. Vejo isso numa lavanderia comercial e levando segundos não minutos para dobrar roupas… Agora levar essa geladeira pra casa, gastar energia e ainda ter que ficar tirando roupa travada de dentro da máquina? o preço então kkkk chega a ser piada.

  • Rafael

    Boa sorte! Porque até o momento, aquelas maquininhas que só imprimem tinta num papel fininho já falham miseravelmente!

  • Alessandro

    É mais fácil imprimir uma roupa nova