A chinesa Vivo foi a primeira fabricante a adotar o leitor de digitais sob a tela. Seu novo smartphone também inclui um sensor in-display, além de um entalhe na parte superior.

O Vivo X21 UD possui tela Super AMOLED de 6,28 polegadas com resolução Full-HD+ (2280 × 1080) e proporção 19:9. Assim como vários outros smartphones, ele adotou o “notch” para abrigar a câmera frontal.

O leitor de digitais fica sob o display na parte inferior; trata-se do Synaptics Clear ID FS9500. Ele pode desbloquear o aparelho em 0,7 segundo e funciona até com as mãos molhadas.

Por dentro, temos um processador Snapdragon 660, 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento expansível por microSD. A bateria é de 3.200 mAh.

A câmera traseira é dupla: temos um sensor de 12 megapixels com abertura f/1,8, e um sensor secundário de 5 megapixels e abertura f/2,4. Por sua vez, a câmera frontal tem 12 megapixels e vem acompanhada por um iluminador infravermelho para desbloqueio facial.

O Vivo X21 UD roda Funtouch OS baseado no Android 8.1 Oreo. Ele será vendido na China pelo equivalente a R$ 1.900.

Vivo X21, com leitor de digitais na traseira

Há também o Vivo X21, cuja maior diferença está no leitor de digitais: ele fica na traseira, e não sob a tela. Ele custará o equivalente a R$ 1.500 (64 GB) e R$ 1.700 (128 GB).

A Vivo demonstrou recentemente um conceito chamado Apex FullView, um smartphone quase sem bordas com câmera frontal retrátil. No entanto, ele não será lançado como um produto comercial.

Com informações: Vivo, GSM Arena.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

R0gério

Na verdade não surgiu com nenhum dos dois. Mas ninguém é cego pra não perceber que a "multiplicação dos dos notches" segue o padrão do iPhone e não do Essential.

Rafael Maia

A tecnologia notch não surgiu com o iPhone e sim com o Essential Phone, vamos nos informar :D

Krosna Terrestre
Naum Tenho

É serio q esse negocio de "notch" vai virar moda entre os celulares a partir de agora?

Eduardo Braga

Acho difícil também. Mas acho que eles nunca quiseram largar o TouchID. Talvez um dia...

Isaias Boiba

duvido mt, samsung vai deixar amadurecer p lançar no S10 (dez anos de galaxy S)

Isaias Boiba

ja vai chegar queimada aqui, pq tem o mesmo nome do lixo da operadora kkkkk

Filipe Espósito

Difícil. Os executivos já falaram que não pretendem, e tudo indica que nos próximos meses teremos novos Macs e iPads com Face ID. Particularmente, acho ótimo.

Eduardo Braga

Também acho caminho sem volta. Mas não acho impossível os dois existirem concomitantemente. Só um pouco improvável.

Jhon

Acho que o Face ID é um caminho sem volta, o único senário que eu vejo a Apple voltando pro Touch ID seria um onde todo mercado usa sensores debaixo da tela e eles funcionam perfeitamente, enquanto o Face ID não tem nenhuma vantagem além dos animojis a ponto de se tornar insustentável (muito caro e pouco eficiente).

Diario Técnico

Minha unica queixa de aparelhos chineses é a câmera.

Eduardo Braga

Torcendo pra que isso decole. Principalmente no iPhone, porque se eles fazem...
Se bem que acho meio difícil a Apple colocar dois tipos de sensores biométricos (Face ID e Touch ID, no caso).

Rainer Carlos

Rapaz, na hora que mandei o comentário, pensei a mesma coisa, "copia direito, carvalho" KKK

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Onde eu compro um iPhone X com leitor de digital na tela?

R0gério

Pois é. Se vai copiar, pelo menos copia direito, baralho! ;)

Exibir mais comentários