Início » Mobile » Huawei P20 Pro tem câmera tripla com um sensor de 40 megapixels

Huawei P20 Pro tem câmera tripla com um sensor de 40 megapixels

Por
30 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A Huawei fez um evento nesta terça-feira (27) em Paris para revelar oficialmente os smartphones P20 e P20 Pro. Confirmando rumores, eles trazem boas especificações e uma tela ampla com notch — e um deles possui câmera tripla.

Vamos começar pelo Huawei P20 Pro. Seu principal destaque é a “Leica Triple Camera”: um sensor monocromático de 20 megapixels com lente f/1,6; um sensor de 8 megapixels com lente telefoto f/2,4 e estabilização óptica de imagem; e um sensor de 40 megapixels com lente f/1,8.

Huawei P20 Pro

O sensor de 40 megapixels tem área 223% maior que o do iPhone X, e 170% maior que o do Galaxy S9+. Por isso, ele tem sensibilidade à luz extremamente alta, chegando a ISO 102.400 (a maioria dos smartphones atinge ISO 6.400).

Além disso, temos aqui quatro técnicas de foco diferentes: laser, detecção de fase, detecção de profundidade e contraste. A câmera possui “foco preditivo” que detecta movimento e escolhe automaticamente o modo que dará imagens mais nítidas.

Há também zoom óptico de 3x (e “zoom híbrido” de 5x); sensor de temperatura de cor, para melhorar o equilíbrio de branco nas imagens; e um ISP (processador de sinal de imagem) dedicado.

E, como não poderia faltar, a câmera traz alguns recursos de inteligência artificial. Basicamente, o P20 Pro (assim como o P20) seleciona o modo mais adequado para a cena, seja “macro” ou “paisagem” ou “retrato” com o fundo desfocado.

Ah, e o P20 Pro consegue gravar vídeos em câmera lenta a 960 quadros por segundo em resolução HD, assim como o Galaxy S9 e S9+.

Huawei P20 Pro

Agora podemos nos concentrar nas outras especificações. O P20 Pro é o primeiro smartphone da Huawei com tela OLED. São 6,1 polegadas com resolução Full-HD+ (2240 x 1080) e proporção de 18,7:9.

Sim, a tela possui um entalhe na parte superior para a câmera frontal de 24 megapixels. Mas ao contrário do iPhone X, você pode ocultar o “notch” nas configurações — isso coloca uma barra preta para disfarçá-lo.

Huawei P20 Pro

O leitor de digitais fica na borda inferior, que você pode usar como os botões Voltar/Home/Multitarefa através de gestos (como em smartphones da Motorola). Há também desbloqueio facial 2D com a câmera frontal.

Por dentro, temos o processador Huawei Kirin 970, 6 GB de RAM, 128 GB de armazenamento, bateria de 4.000 mAh e resistência IP67 à água e poeira. Ele tem moldura de alumínio e traseira de vidro, mas falta suporte a carregamento sem fio.

Huawei P20

Por sua vez, o Huawei P20 possui tela de 5,8 polegadas com resolução Full-HD+ e entalhe — que você também pode ocultar nas configurações. O painel é LCD, em vez de OLED. O leitor de digitais fica na borda inferior.

Ele tem processador Kirin 970, 4 GB de RAM, 128 GB de armazenamento e bateria de 3.400 mAh. Seu corpo, também de alumínio e vidro, é apenas resistente a respingos (especificação IP53).

A câmera frontal tem 24 megapixels, enquanto a câmera traseira é “apenas” dupla, com sensor monocromático de 20 megapixels e colorido (RGB) de 12 MP.

Huawei P20

Tanto o P20 como o P20 Pro rodam no Android 8.1 modificado com a interface EMUI. Ambos estarão disponíveis nas cores preto, azul, rosa e twilight — um degradê bem chamativo de azul, roxo e turquesa.

Temos ainda o Porsche Design Huawei Mate RS. Ele é basicamente igual ao P20 Pro, com uma diferença importante: o leitor de digitais fica sob a tela, assim como em alguns smartphones da chinesa Vivo. Ele estará disponível em preto e vermelho.

A Huawei não anunciou preço nem disponibilidade para o P20 ou P20 Pro, mas já avisou que eles não serão lançados nos EUA — a empresa está tendo dores de cabeça com o governo americano.

Com informações: Engadget, Mashable.