Huawei Pura 70 tem câmera retrátil e novo chip “caseiro”

Modelo Ultra tem lente que se afasta do corpo do aparelho para mudar abertura. Chip Kirin 9010 foi desenvolvido pela própria Huawei.

Giovanni Santa Rosa
Por
Huawei Pura 70 Ultra
Pura 70 Ultra tem chip desenvolvido pela própria Huawei (Imagem: Divulgação / Huawei)

A Huawei apresentou sua linha de smartphones Pura 70. O modelo Ultra, mais avançado da família, vem com uma câmera diferente, com uma lente que se move para ajustar a abertura. Outro destaque é o chip Kirin 9010, desenvolvido pela própria empresa.

A família Pura é a sucessora da linha P da Huawei. Em 2023, a empresa lançou o Huawei P60. Mesmo com o novo nome, a marca manteve a contagem e foi para a versão 70. São quatro modelos: básico, Pro, Pro Plus e Ultra.

Huawei Pura 70
Pura 70 básico tem quatro opções de cor (Imagem: Divulgação / Huawei)

A Huawei não deu mais detalhes do chip usado no aparelho, mas testes independentes revelaram mais informações. Chamado Kirin 9010, ele está presente nos modelos Ultra, Pro Plus e Pro, e parece ser uma versão atualizada do Kirin 9000S de 2023.

O componente vem com oito núcleos. Em testes, eles aparecem como 12 núcleos devido ao multithreading, e são organizados em um esquema 2+6+4, com dois dedicados a tarefas extremas, seis para desempenho e quatro para trabalhos básicos.

A frequência máxima da CPU do Kirin 9010 é de 2,3 GHz. A GPU também é desenvolvida pela própria Huawei e se chama Maleoon 910, com 750 MHz de frequência máxima.

Chips da Huawei avançam, apesar de sanções

Os chips da Huawei chamam a atenção desde o ano passado, quando o Mate 60 foi lançado com o Kirin 9000S. A empresa está sob sanção dos Estados Unidos desde 2019, o que a impede de fazer negócios com empresas americanas ou que usem propriedade intelectual de companhias do país.

Os chips mostram que a companhia está conseguindo desenvolver suas próprias tecnologias, mesmo que elas estejam defasadas em relação a outras concorrentes. O Kirin 9000S usa processo de litografia de 7 nm, enquanto os semicondutores usados em smartphones de Apple e Samsung já estão em 4 nm ou menos. Quanto menor a litografia, mais eficiente o chip.

Mesmo assim, isso pode não ser o suficiente para reconquistar o mercado global. A empresa continua sem acesso a serviços do Google, por conta das sanções, o que pode afastar consumidores.

Câmera retrátil é destaque do Pura 70 Ultra

Deixando de lado questões geopolíticas, outra característica que chama a atenção na nova linha é a câmera retrátil do Pura 70 Ultra. A lente se desloca em relação ao corpo do aparelho. Isso, porém, não serve para zoom óptico, apenas para ajustar a abertura, que varia de f/1,6 a f/4,0. Outro ponto importante é o sensor de 1” e 50 megapixels.

Mecanismo da câmera retrátil do Huawei Pura 70 Ultra
Lente do Huawei Pura 70 Ultra se desloca para ajustar abertura (Imagem: Reprodução / Huawei)

Os outros modelos também têm câmeras com abertura variável, mas os sensores são menores. Toda a linha tem conjuntos triplos, com lentes ultrawide e teleobjetiva completando o trio.

Em outras especificações técnicas, os aparelhos oferecem telas LPTO OLED com taxa de atualização de 1 Hz a 120 Hz, até 16 GB de RAM e 1 TB de armazenamento, conectividade via satélite e recarga de até 100 W.

Preços da linha Huawei Pura 70

  • Pura 70: 5.499 yuan (R$ 3.981)
  • Pura 70 Pro: 6.499 yuan (R$ 4.705)
  • Pura 70 Pro Plus: 7.999 yuan (R$ 5.791)
  • Pura 70 Ultra: 9.999 yuan (R$ 7.239)

Com informações: Android Authority, Huawei Central, Phandroid

Receba mais sobre Huawei na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados