Início » Mobile » Facebook anuncia downvote em comentários, alternativa ao Tinder e mais

Facebook anuncia downvote em comentários, alternativa ao Tinder e mais

Rede social também apresentou recurso para limpar histórico, redesign do Messenger e melhor integração no Stories

Por
16 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Aconteceu nesta terça-feira (1°), em San Jose (CA), a conferência para desenvolvedores F8, do Facebook. Nela, a rede social apresentou diversas novidades em seus produtos, com o Facebook, Messenger, Instagram, WhatsApp e mais. Veja o que há de novo:

Upvote e downvote em comentários

Esse recurso foi visto primeiro em um teste no Facebook em fevereiro, e agora deve aparecer para todo mundo durante as próximas semanas. Assim com no Reddit, usuários poderão dar “upvote” ou “downvote” para ajudar a classificar comentários de boa qualidade, mas calma.

O recurso não funciona como um “não curti”, por exemplo. É uma forma dos usuários votarem nos comentários que mais contribuem para uma discussão, não necessariamente dizendo se concordam ou não com o conteúdo. Segundo o Facebook, o recurso vai ajudar a melhorar a qualidade dos comentários na rede social. Veremos.

Facebook Paquera: o Tinder do Facebook

Outra novidade apresentada no F8 é o Paquera, uma seção dentro do app do Facebook para ajudar as pessoas a marcarem encontros e, quem sabe, começarem a namorar. Os usuários poderão criar um perfil de encontros que é diferente do seu perfil do Facebook.

Como no Tinder, esse perfil poderá conter mais fotos e informações que não são mostradas no perfil público, além das características em comum com o pretendente. Seus amigos não poderão ver que você está procurando encontros e será possível mostrar o perfil de Paquera em eventos ou grupos.

Além disso, o recurso de Paquera só pode ser usado por pessoas que não estão em um relacionamento, excluindo relações abertas ou não-monogâmicas.

Recurso para limpar histórico do Facebook

Depois do escândalo Cambridge Analytica, o Facebook prometeu mudar algumas coisas na rede social para ajudar a controlar sua privacidade. Um desses recursos é o Clear History, que permite aos usuários limpar o histórico de sites e apps que enviaram suas informações para o Facebook.

Basicamente, você poderá ver seus dados de navegação que são enviados por sites que têm algum widget do Facebook incorporado, como o botão de curtir, assim como apps que coletam dados do seu perfil. O Facebook vai deixar você desassociar essas informações da sua conta e impedir que a rede social colete esse tipo de informação no futuro.

Esse recurso só deve chegar em alguns meses porque o Facebook pretende trabalhar com “especialistas em privacidade, acadêmicos, formuladores de políticas públicas e reguladores” para planejar melhor a função.

Messenger repaginado

Eu ouvi um amém? O Facebook também anunciou que o Messenger vai ganhar um novo design, bem mais limpo que o atual. O objetivo da rede social é deixar o mensageiro mais simples e rápido, longe do visual poluído e confuso que é hoje.

Os stories ainda são mostrados, mas de um jeito mais compacto. Outros recurso, como jogos, foram removidos ou simplificados dentro das outras abas. O resto do app é focado no que importa: as conversas. Segundo o Facebook, o Messenger também deve ganhar um modo noturno e o redesign chegará “muito em breve”.

Stories com integração ao Spotify e GoPro

Outra novidade é a integração do Facebook e Instagram Stories com outros aplicativos, como o Spotify. No caso do app de streaming de músicas, será possível compartilhar o que você está ouvindo junto com um link para tocar a música no seu dispositvo.

No app da GoPro, será possível cortar seus vídeos para encaixar no formato e no limite de tempo dos Stories, sem precisar de um editor de vídeo parrudo. Não é necessário conectar sua conta do Instagram a esses aplicativos; o compartilhamento é automático.

Videochamadas no Instagram e WhatsApp

Na F8, o Facebook também anunciou que o Instagram e o WhatsApp devem ganhar chamadas de vídeo. No caso do Instagram, as videochamadas serão feitas pelo aplicativo do Direct e podem ser feitas com mais de uma pessoa.

Já no WhatsApp, as chamadas em vídeo também funcionam em grupos, com até quatro pessoas. Antes, só era possível fazer uma videochamada com dois membros. O app também ganhou stickers.

Oculus TV

Por fim, algumas redes de televisão poderão ser assistidas a partir do headset de realidade virtual da Oculus. Essa é a proposta do Oculus TV, uma parceria do Facebook com redes como Hulu, Showtime, Red Bull, Pluto TV e ESPN.

Não necessariamente a programação será em 360 graus, porém: a Oculus construiu um ambiente virtual para simular uma sala com uma imensa televisão.

Com informações: The Verge, Engadget.