Tecnoblog

Preços de placas de vídeo estão voltando ao normal

2016 não foi um ano bom para quem pretendia montar ou atualizar um PC gamer. 2017 conseguiu ser pior. O motivo foi a disparada dos preços das GPUs causada pela grande procura de placas de vídeo para mineração de criptomoedas. Mas, agora, há sinais de que a situação está finalmente voltando à normalidade.

Ao contrário do que muita gente pensa, o Bitcoin não foi o principal responsável pelo aumento assustador da demanda. Minerar essa criptomoeda é uma atividade que deixou há tempos de ser rentável. Por conta disso, quem o faz prefere recorrer aos ASICs (Application Specific Integrated Circuit), dispositivos que fazem mineração com controle mais eficiente do consumo de energia.

Embora não o único, o grande vilão da história foi o Ethereum, que experimentou grande valorização nos anos anteriores e, por ser resistente ao sistema do ASICs, fez a sua mineração por GPU valer a pena.

O efeito disso é que as placas de vídeo com mais poder gráfico — as mais recomendadas para um bom PC de jogos, obviamente — não paravam mais nos estoques. Em alguns casos, o preço da placa triplicou. Foi o caso da Radeon RX Vega 64, que custava US$ 499 no lançamento, mas chegou a ser encontrada em lojas dos Estados Unidos por cerca de US$ 1.500.

Radeon RX Vega 64

A alta de preços ainda era realidade no início de 2018, mas, de modo geral, as criptomoedas estão seguindo uma tendência de desvalorização desde janeiro. Isso vale inclusive para o Ethereum: um minerador dessa criptomoeda relatou ao Ars Technica que os rendimentos com a atividade caíram bastante nos últimos meses.

Não dá para dizer que a situação agora é totalmente favorável aos jogadores. Ainda não. Mas, pelo menos nos Estados Unidos, placas como Radeon RX 570 e RX 580 já podem ser encontradas com relativa facilidade nas prateleiras com preços próximos aos originais.

Via Twitter, a Nvidia sinalizou que as suas placas também estão voltando às lojas com preços próximos aos sugeridos pela companhia ao varejo:

Se esse cenário de baixa nas criptomoedas perdurar, é possível até que mineradores queiram se livrar de suas placas rapidamente, permitindo que jogadores encontrem placas de vídeo de segunda mão com preços bastante atraentes.