Início » Software » Como usar o MiniTool Power Data Recovery

Como usar o MiniTool Power Data Recovery

Apesar de pago, o Minitool Power Data Recovery é uma excelente opção para recuperar fotos, vídeos e arquivos deletados

Por
16/11/2018 às 18h19

Existem vários programas capazes de recuperar arquivos deletados, desde fotos a vídeos e documentos importantes. Normalmente, os softwares mais poderosos e capazes de fazer varreduras profundas são pagos, embora existam opções gratuitas boas. Dentre os pagos, o MiniTool Power Data Recovery oferece uma versão free.

Pastedo / disco rígido aberto / Pixabay / Minitool Power Data Recovery

Embora limitada, a versão grátis o MiniTool possui uma série de recursos e pode salvar o pescoço de quem está desesperado para recuperar arquivos que foram perdidos.

Como usar o MiniTool Power Data Recovery

Tela inicial do MiniTool Power Data Recovery
  1. Baixe e instale a versão gratuita do MiniTool Power Data Recovery no site oficial;
  2. Ao abrir o programa, selecione o drive que deseja analisar e clique em Scan;
  3. Dependendo do tamanho da unidade e quantas vezes o disco já foi formatado (ele recupera arquivos de partições anteriores), o processo pode demorar bastante;
  4. Ao término do processo de pesquisa, selecione os arquivos ou pastas desejados (é possível navegar por eles) e clique em Save;
  5. O MiniTool recomenda o usuário a salvar os arquivos em uma unidade diferente da qual ele foi recuperado, para evitar que os dados sejam sobrescritos sobre informações importantes da atual partição.

E é isso.

Tela de progresso de varredura do MiniTool Power Data Recovery

No geral, o processo é simples e os menus do MiniTool Power Data Recovery são bastante intuitivos, permitindo que ele possa ser usado facilmente por leigos. Exatamente por isso, ele é uma excelente ferramenta para emergências.

Limitações do MiniTool Power Data Recovery

Claro, nem tudo é perfeito.

A versão gratuita do MiniTool Power Data Recovery não é capaz de carregar informações de varreduras anteriores, bem como possui um limite de 1 GB de dados que podem ser resgatados. Há também uma versão gratuita para macOS, mas por conta do limite de dados ridiculamente baixo (apenas 1 MB), é praticamente inútil.

A licença para usuários domésticos também não é exatamente barata. No Windows, ela varia entre US$ 69 da básica, com uma atualização gratuita (as posteriores são cobradas à parte) a um pagamento de US$ 129 da completa, com suporte vitalício. No macOS ela custa US$ 79, igualmente com direito a apenas uma atualização de graça.

Diferenças e valores dos planos pessoais do MiniTool Power Data Recovery

Ainda assim, para usuários Windows que não possuem muitos dados para recuperar e que precisam resolver um problema urgente, a versão gratuita do MiniTool Power Data Recovery pode vir bem a calhar.

E lembre-se: apesar de poderoso e prático, não há garantias de que o MiniTool Power Data Recovery irá recuperar 100% dos dados apagados, ou o faça sem erros.

Dependendo da situação, pode ser preciso apelar para a versão paga do software ou ferramentas profissionais, que costumam custar muito caro e que em última análise, nem compensam tanto assim dada a importância dos arquivos perdidos.

Por isso, não deixe de fazer backup de seu computador com frequência, salvando os arquivos na nuvem ou em unidades externas para evitar a perda de dados importantes.