Início » Celular » Xiaomi lança Redmi Note 7 com 48 megapixels e bateria de 4.000 mAh

Xiaomi lança Redmi Note 7 com 48 megapixels e bateria de 4.000 mAh

Xiaomi Redmi Note 7 traz câmera dupla com 48 MP, bateria de 4.000 mAh e Android 9 Pie; celular custa a partir de US$ 150

Por
36 semanas atrás

A Xiaomi apresentou oficialmente o Redmi Note 7: ele tem câmera dupla com sensor principal de 48 megapixels, bateria de 4.000 mAh e Android 9 Pie. Este aparelho custa a partir de US$ 150 na China, mais barato que os concorrentes Huawei Nova 4 e Honor View 20 — eles também têm 48 MP. Daqui para a frente, a Redmi será uma submarca independente para celulares mais acessíveis.

O Redmi Note 7 tem especificações intermediárias. Ele traz uma tela Full-HD+ de 6,3 polegadas com notch, processador Snapdragon 660, até 64 GB de armazenamento expansível por microSD, e bateria generosa de 4.000 mAh.

Claro, o destaque fica para a câmera traseira dupla. O sensor principal de 48 megapixels é o Samsung ISOCELL GM1 — o mesmo que deve aparecer no Galaxy S10. Ele vem acompanhado por um sensor de profundidade de 5 MP para desfocar o fundo das fotos.

Em condições bem-iluminadas, você pode tirar uma foto de 48 megapixels com pixels de 0,8 mícron. Em locais com pouca luz, você pode optar por uma foto de 12 megapixels: o sensor combina quatro pixels próximos para funcionarem como um só de 1,6 µm, aumentando a quantidade de luz absorvida.

Redmi Note 7 tem corpo de vidro resistente

Enquanto isso, a câmera frontal de 13 MP tem pixels grandes de 1,6 µm. Ela fica no notch da tela LCD, que promete ser bem resistente: a Xiaomi usa vidro Corning Gorilla Glass 5 com espessura adicional de 0,8 mm e cantos reforçados para sobreviver a quedas.

A traseira também é feita de vidro Gorilla Glass 5 reforçado. Lá ficam a câmera dupla e o leitor de digitais. São quatro opções de cores: azul, vermelho, preto e twilight (gradiente entre rosa e roxo). O corpo tem resistência a água e poeira, mas a Xiaomi não revela o grau de proteção IP.

A bateria de 4.000 mAh pode ser recarregada pela porta USB-C — pela primeira vez na linha Redmi — com suporte a Quick Charge 4.0. O carregador de 10 W acompanha o aparelho e o recarrega em 2h, mas há um adaptador de 18 W que custa US$ 1,50 e o recarrega em 1h45min.

O Redmi Note 7 também possui entrada 3,5 mm para fone de ouvido e um blaster infravermelho. Ele roda MIUI 10 baseado no Android 9 Pie. O celular está disponível na China em três modelos, pelos seguintes preços:

  • 3 GB de RAM + 32 GB de armazenamento: US$ 150
  • 4 GB de RAM + 64 GB de armazenamento: US$ 180
  • 6 GB de RAM + 64 GB de armazenamento: US$ 210

O Honor View 20 e Huawei Nova 4 também têm câmera de 48 megapixels, porém custam mais caro — US$ 435 e US$ 490, respectivamente. A Xiaomi avisa que vai lançar futuramente uma versão do Redmi Note 7 com sensor Sony IMX586 de 48 MP.

(Xiaomi) Redmi Note 7 – ficha técnica:

  • Tela: 6,3 polegadas, Full-HD+ (2340 × 1080), proporção 19,5:9, painel LCD, brilho de até 450 nits, contraste de até 1.500:1, vidro Corning Gorilla Glass 5 2.5D
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 660
  • RAM e armazenamento: 3 GB + 32 GB, 4 GB + 64 GB ou 6 GB + 64 GB, expansível por microSD
  • Câmera traseira dupla: sensor principal de 48 megapixels f/1,8 (Samsung ISOCELL GM1 Ultra Clear) + sensor de profundidade de 5 megapixels
  • Câmera frontal: 13 megapixels
  • Sistema operacional: Android 9 Pie com MIUI 10
  • Bateria: 4.000 mAh com suporte a Quick Charge 4.0
  • Mais: USB Type-C, entrada 3,5 mm para fone de ouvido, leitor de digitais, blaster infravermelho, resistência a água e poeira
  • Dimensões: 159,21 x 75,21 x 8,1 mm

Com informações: Gizmochina, Mashable.