Início » Internet » Microsoft Edge traz modo escuro e extensões do Chrome em beta vazado

Microsoft Edge traz modo escuro e extensões do Chrome em beta vazado

Prévia do novo Edge baseado no Chromium vazou na web; navegador tem suporte às extensões do Chrome e consome menos RAM

Felipe Ventura Por

Uma prévia do novo Microsoft Edge baseado no Chromium vazou na web, revelando alguns detalhes adicionais sobre o navegador: ele sincroniza alguns de seus dados com a nuvem, tem suporte às extensões da Chrome Web Store, oferece um desempenho rápido e parece consumir menos memória RAM.

A Microsoft está refazendo o navegador Edge usando como base o Chromium, projeto de código aberto mantido pelo Google. A empresa quer oferecer maior compatibilidade com os sites já existentes, além de facilitar o trabalho para desenvolvedores web, que não precisarão testar mais outra engine — o EdgeHTML deixou de ser desenvolvido.

Brad Sams, do site Thurrott.com, apelida o novo navegador de “Edgium”, por ser o Edge com base no Chromium. Quando você o instala pela primeira vez, a Microsoft recomenda que você importe favoritos, senhas e histórico do seu browser padrão (Chrome ou Edge).

Então, você será convidado a escolher um estilo para a nova aba: minimalista, com plano de fundo branco; inspirador, com a imagem do dia do Bing; ou informativo, com o feed do Microsoft Notícias.

É possível fazer login com sua conta da Microsoft, mas o navegador sincroniza apenas seus favoritos por enquanto. A empresa avisa que a sincronização será expandida “nos próximos meses” e englobará as configurações, histórico, extensões, guias abertas, senhas e informações de preenchimento automático.

Microsoft Edge tem modo escuro e extensões do Chrome

A interface do “Edgium” inevitavelmente lembra o Chrome, porque ambos usam a mesma base e a Microsoft ainda não teve tempo de personalizar tudo. No entanto, você já encontra elementos mais próximos ao design do Windows 10, como os ícones, botões de ativar/desativar e o menu principal. A tela de configurações também é bem diferente:

O modo escuro está disponível como uma flag, isto é, um recurso experimental. Ele é ativado automaticamente quando você usa o dark mode no Windows 10.

É fácil instalar extensões da Microsoft e também da Chrome Web Store; basta ativar a compatibilidade nas configurações. Elas costumam funcionar bem, mas alguns usuários tiveram problemas com o 1Password, por exemplo.

Quem testou o novo Edge afirma que o navegador oferece um desempenho muito bom, carregando páginas quase que instantaneamente. Isso inclui o YouTube; rumores diziam que o Google teria sabotado o Edge antigo alterando o código-fonte do site. (A empresa nega.)

E quanto ao consumo de memória? O “Edgium” parece ter menos fome de RAM. O Thurrott.com abriu o TweetDeck em três navegadores diferentes e os deixou rodando por cinco minutos: o novo Edge estava usando 294 MB de memória, contra 314 MB do Edge clássico e 456 MB do Chrome.

A Microsoft ainda não implementou alguns recursos do Edge clássico, tais como reservar guias (que guarda um conjunto de abas abertas para serem consultadas mais tarde) e escrita nas páginas com caneta stylus. No entanto, isso pode ser questão de tempo.

O novo Edge ainda não foi liberado oficialmente para testes públicos; você pode se inscrever no programa Edge Insider para obter acesso quando isso acontecer. O navegador será compatível com o Windows 7, 8 e 10.

Com informações: Thurrott.com, The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

GH

Dá pra mudar o motor de busca da barra de endereço mas não dá para mudar a página que abre na nova aba, que aparece uma barra do Bing.

Guilherme Goncalves

Eles não tirando as exclusividades e o que deu certo, tá ótimo

João

Duvido que telemetria consumiria 100mb de RAM. Tem que testar com o chromium seco e ver qto consome. De qualquer forma, 100-200mb a mais ou pra menos é irrelevante hoje em dia, o povo anda com no mínimo 8gb.

JK

Não é só extensão amigo, o Chrome por exemplo tem um processo só pra telemetria do usuário conectado do Google e da home mesmo sem ela estar aberta, a fonte é a mesma, o Chromium, a construção é diferente.

Blunicórnio

Erro meu, a imagem que vi era outra, mas ainda assim o novo Edge ganhava do atual: https://twitter.com/zacbowd...
De qualquer forma, no thurrot.com (fonte da imagem) o jornalista diz: "Doing a very simple and non-scientific test, I opened classic Edge, new Edge, Chrome, and navigated to TweetDeck – a webpage that is typically considered heavy on resources. After letting them sit for five minutes after a fresh restart, you can see the results below (new Edge is in the middle)."

João

No print tem mais processos, as vezes tinha alguma extensão que ele nem viu. São todos a mesma base. Aqui, chrome, vivaldi, opera e cia consomem a mesma coisa.

Blunicórnio

Não lembro bem quem, mas sigo alguns desses caras de fora no Twitter, e vi que diziam que os
navegadores estavam com as mesmas páginas e extensões. Se encontrar o tweet posto aqui.

João

Não faz sentido consumir mais, já que são ambos chromium. Pelo print do gerenciador, o chrome tava com 2 processos a mais, talvez extensões.

t0xic

Vá em settings > privacy and services > address bar > manage search engines. Sé não tiver o do Google, vocês mesmo pode adicionar! é só clicar em add e colocar esse código em URL with %s in place of query:

{google:baseURL}search?q=%s&{google:RLZ}{google:originalQueryForSuggestion}{google:assistedQueryStats}{google:searchFieldtrialParameter}{google:iOSSearchLanguage}{google:searchClient}{google:sourceId}{google:contextualSearchVersion}ie={inputEncoding}

nas outras duas opções de cima é só colocar Google e na segunda só colocar google.com

Will

sério? como? procurei uma vez e não era possível

LekyChan

se não desse a UE ia cair matando quando fosse lançado a versão final.

John Smith

Galera implica com cada coisa...

John Smith
“Edgium? Que ridículo isso... Às vezes a Microsoft, deixa prá lá >(

A Microsoft não tem nada a ver com esse apelido, logo sua frase não fez o menor sentido.

Eduardo Braga

Nem tem data ainda né? Até agora a MS não falou nada.

Leonardo Feelckins

e o melhor, sem deixar de ser chrome

Exibir mais comentários