Início » Internet » YouTube chega a 2 bilhões de usuários e oferecerá séries exclusivas de graça

YouTube chega a 2 bilhões de usuários e oferecerá séries exclusivas de graça

O YouTube Premium deverá ser mantido, mas as produções originais serão liberadas por períodos limitados

Victor Hugo Silva Por

O YouTube anunciou nesta quinta-feira (2) que superou a marca de 2 bilhões de usuários conectados mensalmente. O feito foi destacado pela CEO Susan Wojcicki, durante o Brandcast, conferência para anunciantes que serviu para adiantar mudanças em relação às séries originais.

Para se ter uma ideia do crescimento, em maio de 2018, cerca de 1,8 bilhão de usuários se conectavam à plataforma mensalmente. O consumo de vídeos em smart TVs parece ter contribuído para o resultado ao passar de 180 milhões de horas por dia, em junho de 2018, para 250 milhões de horas por dia.

YouTube Premium

Nos próximos meses, o YouTube deve começar a liberar algumas séries que até então eram exclusivas para assinantes. Segundo o diretor de negócios Robert Kyncl, a mudança prevê a exibição de anúncios junto aos vídeos, o que não acontece no YouTube Premium.

“Enquanto todas as outras empresas de mídia estão correndo para colocar seu conteúdo atrás do paywall, estamos indo na direção oposta, disponibilizando nosso conteúdo original gratuitamente”, afirmou Kyncl.

Ao que parece, o YouTube não abandonará o modelo de assinaturas e, sim, oferecerá acesso a algumas séries por períodos limitados. Cobra Kai, por exemplo, deverá ser a primeira produção exclusiva que chegará para todos os usuários.

Baseada em The Karate Kid, a produção terá sua primeira temporada disponível gratuitamente entre 29 de agosto e 11 de setembro. A segunda temporada, que estreou há poucos dias e alcançou 20 milhões de exibições em seis dias, deverá ser liberada em seguida.

Devido aos números, a série já teve uma terceira temporada confirmada. O YouTube também lançará uma nova temporada de What The Fit, estrelada pelo comediante Kevin Hart, e um novo projeto com Justin Bieber, que não teve mais detalhes divulgados.

A plataforma ainda pretende oferecer um especial interativo, chamado de A Heist with Markiplier, e uma cobertura do Lollapalooza, que acontece de 31 de julho a 2 de agosto em Chicago. A transmissão de shows, aliás, tem dado bom retorno à plataforma.

A exibição no YouTube do primeiro final de semana do festival Coachella, realizado em abril, totalizou 82 milhões de exibições simultâneas e registrou um crescimento de 90% em relação a 2018.

Com informações: YouTube, CNET, TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

johndoe1981

128kbps no formato AAC-LC, que é um pouco mais eficiente que o MP3. 256kbps em AAC-LC CBR é equivalente ou até melhor que MP3 à 320kbps CBR.

Jarbas Coqueiro

Ouço mais eletrônica, no YouTube vc acha a original, vários remixes, ao vivo, etc. Músicas de anime é outro tipo que ouço bastante e tem muito pouco no Spotify.

Jarbas Coqueiro

128 em vídeos! É um extra a parte da biblioteca de músicas, que são em 256 kbps

Psico

Aham, se tivessem superado a meta não ia rolar conteúdo de graça!

Alessandro Queiroz

o ruim do Spotify é de achar certas músicas de determinados artistas. Por exemplo, Gino Vanelli, que fez um sucesso grande nos anos 80, sua música mais famosa -Hurts to be in love, não está disponível na versão original no app. Já passei a mesma coisa com artistas como Adriana Calcanhotto, Lighthouse Family, Era etc. Fora isso, acho de tudo. Inclusive o melhor remix da Strange Love do Depeche mode incrivelmente tem disponível no Spotify.

X-Tudãoᴳᴼᵀ

Sim, foi usar o YouTube Premium no Uruguai ele emitiu um aviso o serviço premium não estava disponível no país e ficou exibindo anúncios, ou seja tu paga mas não pode usar.

Jacques

Youtube/google deve responder por baixo uns 20 a 30% da banda usada por um provedor.

Dá pra dizer tranquilo que cada 1mb trafegado na internet, 256kb são pro youtube!

Mas funciona tudo sem centralização, fica muito complicado medir isso, sei que uns 10mil clientes de banda larga com velocidade média de uns 7mbps chegam a consumir até uns 5gbps de banda pro youtube nos horários de picos em média!

Lucas Henrique

Tem umas que eu não acho no Spotify, tb

Keaton

Tipo... alguém lembra dos sharewares/trialwares? É exatamente o que o YouTube está fazendo... te dando um gostinho para tu ter de comprar...

Daniel Rodrigues

Cobra Kai é da hora https://media0.giphy.com/me...

Fabio

Se for plano estudante tem lá tbm.

https://tecnoblog.net/28498...

Gustave Dupré

Eu gostando mais da função de ouvir videos com display bloqueado ou usando outros aplicativos. o Deezer também tem essa função de ouvir musicas que você sobe na plataforma.

João

Por incrível que pareça, Netflix usa mais banda que o YT.

Lucas Santos

Única coisa que não encontrava eram umas bandas japas.

Michael dos Santos

Que tipo de música vc escuta que não consegue achar no Spotify?

Exibir mais comentários