Início » Internet » YouTube chega a 2 bilhões de usuários e oferecerá séries exclusivas de graça

YouTube chega a 2 bilhões de usuários e oferecerá séries exclusivas de graça

O YouTube Premium deverá ser mantido, mas as produções originais serão liberadas por períodos limitados

Victor Hugo Silva Por
32 semanas atrás

O YouTube anunciou nesta quinta-feira (2) que superou a marca de 2 bilhões de usuários conectados mensalmente. O feito foi destacado pela CEO Susan Wojcicki, durante o Brandcast, conferência para anunciantes que serviu para adiantar mudanças em relação às séries originais.

Para se ter uma ideia do crescimento, em maio de 2018, cerca de 1,8 bilhão de usuários se conectavam à plataforma mensalmente. O consumo de vídeos em smart TVs parece ter contribuído para o resultado ao passar de 180 milhões de horas por dia, em junho de 2018, para 250 milhões de horas por dia.

YouTube Premium

Nos próximos meses, o YouTube deve começar a liberar algumas séries que até então eram exclusivas para assinantes. Segundo o diretor de negócios Robert Kyncl, a mudança prevê a exibição de anúncios junto aos vídeos, o que não acontece no YouTube Premium.

"Enquanto todas as outras empresas de mídia estão correndo para colocar seu conteúdo atrás do paywall, estamos indo na direção oposta, disponibilizando nosso conteúdo original gratuitamente", afirmou Kyncl.

Ao que parece, o YouTube não abandonará o modelo de assinaturas e, sim, oferecerá acesso a algumas séries por períodos limitados. Cobra Kai, por exemplo, deverá ser a primeira produção exclusiva que chegará para todos os usuários.

Baseada em The Karate Kid, a produção terá sua primeira temporada disponível gratuitamente entre 29 de agosto e 11 de setembro. A segunda temporada, que estreou há poucos dias e alcançou 20 milhões de exibições em seis dias, deverá ser liberada em seguida.

Devido aos números, a série já teve uma terceira temporada confirmada. O YouTube também lançará uma nova temporada de What The Fit, estrelada pelo comediante Kevin Hart, e um novo projeto com Justin Bieber, que não teve mais detalhes divulgados.

A plataforma ainda pretende oferecer um especial interativo, chamado de A Heist with Markiplier, e uma cobertura do Lollapalooza, que acontece de 31 de julho a 2 de agosto em Chicago. A transmissão de shows, aliás, tem dado bom retorno à plataforma.

A exibição no YouTube do primeiro final de semana do festival Coachella, realizado em abril, totalizou 82 milhões de exibições simultâneas e registrou um crescimento de 90% em relação a 2018.

Com informações: YouTube, CNET, TechCrunch.

Mais sobre: