Início » Celular » Apple manterá aviso para quem troca bateria de iPhone com terceiros

Apple manterá aviso para quem troca bateria de iPhone com terceiros

Apple exibe alerta "não é possível verificar se este iPhone tem uma bateria genuína"; troca deve ser feita em assistência autorizada

Felipe Ventura Por

A Apple exibe uma mensagem de alerta no iPhone XR, XS e XS Max cuja bateria foi trocada por terceiros, mesmo que ela seja totalmente legítima: o usuário se depara com o aviso “não é possível verificar se este iPhone tem uma bateria genuína”. A empresa não pretende interromper essa prática, sugerindo que os clientes façam a troca apenas em assistências autorizadas — o que envolve pagar R$ 449.

iPhone XS

“Levamos a segurança de nossos clientes muito a sério e queremos garantir que qualquer substituição de bateria seja feita corretamente”, diz um porta-voz da Apple ao The Verge. Nos EUA, a empresa recomenda ir a um dos 1.800 fornecedores de serviços autorizados para realizar a troca do componente.

O iPhone XR, XS e XS Max têm um microcontrolador na bateria que consegue associá-la com a placa lógica usando uma chave de autenticação. O iOS detecta quando a bateria é trocada e exibe a mensagem de “manutenção”. Como nota o iFixit, esse alerta surge mesmo se você colocar uma bateria genuína da Apple, já que a chave de autenticação será diferente.

Isso não afeta o funcionamento do iPhone, mas pode assustar alguns usuários por acharem que a bateria nova está com defeito. Além disso, você não poderá ver a capacidade da bateria, nem saber se ela está saudável.

Apple não vai remover alerta de bateria em caso de troca

“No ano passado, introduzimos um novo recurso para notificar os clientes se não formos capazes de verificar se uma bateria nova e original foi instalada por um técnico certificado seguindo os processos de reparo da Apple”, diz a empresa no comunicado.

iPhone XS e aviso de bateria no iOS 12

“Esta notificação não afeta a capacidade do cliente de usar o celular após um reparo não autorizado”, explica a Apple. Se a bateria do iPhone for autorizada e genuína, a empresa recomenda voltar à assistência técnica para que ela possa ser verificada; dessa forma, o aviso sumirá.

Por outro lado, se você trocar a bateria com terceiros, vai continuar vendo o aviso no iOS de que ela pode não ser genuína. É uma forma de dissuadir clientes de realizar a troca por conta própria, pagando menos que os R$ 449 cobrados pela Apple.

O CEO Tim Cook diz que as vendas do iPhone caíram no ano passado porque “alguns clientes aproveitaram os preços significativamente reduzidos para as substituições de bateria”. Em 2018, a Apple diminuiu o preço para trocar a bateria do iPhone 6 ou superior, após descobrirem que a velocidade de aparelhos antigos é reduzida para evitar desligamentos inesperados.

Com informações: The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

555

Ela já fazia isso sem mostrar, a atualização com esse menu foi depois da polêmica, aí liberaram a escolha do usuário em desativar esse "gerenciamento de desempenho"

Mesmo se a bateria fosse falsa, os dados de saúde estão lá, ok ela não mostrar, ou deixar o aviso que a bateria não foi validada ou não é original. Mas a questão é se vai aplicar o gerenciamento, se vai poder desativar e como isso vai aparecer.

O problema também é que isso vale mesmo se a bateria for original. Trocar de um iPhone pra outro tem o mesmo resultado.
Na autorizada provavelmente fazem uma autenticação via software da bateria depois de trocada.

johndoe1981

E foi Flawless Victory, pois a crítica foi muito pertinente.

johndoe1981

Um leitor comentou ontem que a Apple parece não querer usuários e sim gado para viver em seu cercadinho, e ele tem toda razão.

Ralf Alencar

O lucro da apple com vendas de iPhones está caindo a cada ano (claro devido ao aumentos dos preços) a alternativa que ela viu foi : investir em serviços e monopolizar as serviços de reparos dos seus produtos.

Ralf Alencar

Apple vem anos mostrando que quer monopolizar os serviços de reparo de seus produtos começou nos Macs era questão de tempo até chegar nos iPhones.

Helmut

Eu entendo seu ponto, mas como ela vai te mostrar informações sobre a saúde da bateria entre outras coisas se ela não pode garantir a qualidade e procedência dessa bateria?

É um componente importante, que você não consegue analisar a olho nu e que pode causar danos sérios (fogo!).

William Fogiatto

exatamente, por isso eu não vejo isso como algo negativo. Só que vai ter muita assistência fica putinha por ai... rsrsrs

Buldego

Isso acontece com baterias de qualquer fabricante.

William Fogiatto

Da forma que o software é hoje, o gerenciamento é feito.

William Fogiatto

Cara eu vejo isso como um ponto positivo. Tem muita assistência por ai que se intitula "autorizada Apple", cobram uma facada para trocar essas baterias como sendo originais, e colocam produtos paralelos de 1ª linha enganando o cliente.

Lukasss

Claro, porque já não basta vender um telefone excessivamente caro, ainda tem que prender o cliente com uma troca de bateria, que da mesma forma não é nada barato

555

Mas aí ele deixa de mostrar informações sobre a saúde da bateria, incluindo a atual capacidade máxima de carga.

Eles incluíram essa opção depois da polêmica de iPhones antigos ficando lentos.
É o recurso que reduz a velocidade do processador quando o iPhone desliga do nada se a bateria estiver baixa (mas não em 0%)

A questão é: quem fica com o aviso de bateria não original, não vai ter o Gerenciamento de desempenho aplicado mesmo que o iPhone comece a desligar? Ou vai ter o recurso ativado mas não vai saber e não conseguir desativar?

Pablo Gaitan

Tenho 4 Macs em casa mas não vou compactuar com isso. Chega dessa empurra ao guela abaixo do serviço da autorizada.

Berg

500 reais por uma bateria? Nossa ! Vc vai ser assaltado do mesmo jeito aqui no Brasil friend pagando muito imposto por isso :)

Deibson Oliveira

Crie um problema e venda a solução...

Exibir mais comentários