Início » Celular » Apple manterá aviso para quem troca bateria de iPhone com terceiros

Apple manterá aviso para quem troca bateria de iPhone com terceiros

Apple exibe alerta "não é possível verificar se este iPhone tem uma bateria genuína"; troca deve ser feita em assistência autorizada

Por
14/08/2019 às 16h36

A Apple exibe uma mensagem de alerta no iPhone XR, XS e XS Max cuja bateria foi trocada por terceiros, mesmo que ela seja totalmente legítima: o usuário se depara com o aviso “não é possível verificar se este iPhone tem uma bateria genuína”. A empresa não pretende interromper essa prática, sugerindo que os clientes façam a troca apenas em assistências autorizadas — o que envolve pagar R$ 449.

iPhone XS

“Levamos a segurança de nossos clientes muito a sério e queremos garantir que qualquer substituição de bateria seja feita corretamente”, diz um porta-voz da Apple ao The Verge. Nos EUA, a empresa recomenda ir a um dos 1.800 fornecedores de serviços autorizados para realizar a troca do componente.

O iPhone XR, XS e XS Max têm um microcontrolador na bateria que consegue associá-la com a placa lógica usando uma chave de autenticação. O iOS detecta quando a bateria é trocada e exibe a mensagem de “manutenção”. Como nota o iFixit, esse alerta surge mesmo se você colocar uma bateria genuína da Apple, já que a chave de autenticação será diferente.

Isso não afeta o funcionamento do iPhone, mas pode assustar alguns usuários por acharem que a bateria nova está com defeito. Além disso, você não poderá ver a capacidade da bateria, nem saber se ela está saudável.

Apple não vai remover alerta de bateria em caso de troca

“No ano passado, introduzimos um novo recurso para notificar os clientes se não formos capazes de verificar se uma bateria nova e original foi instalada por um técnico certificado seguindo os processos de reparo da Apple”, diz a empresa no comunicado.

iPhone XS e aviso de bateria no iOS 12

“Esta notificação não afeta a capacidade do cliente de usar o celular após um reparo não autorizado”, explica a Apple. Se a bateria do iPhone for autorizada e genuína, a empresa recomenda voltar à assistência técnica para que ela possa ser verificada; dessa forma, o aviso sumirá.

Por outro lado, se você trocar a bateria com terceiros, vai continuar vendo o aviso no iOS de que ela pode não ser genuína. É uma forma de dissuadir clientes de realizar a troca por conta própria, pagando menos que os R$ 449 cobrados pela Apple.

O CEO Tim Cook diz que as vendas do iPhone caíram no ano passado porque “alguns clientes aproveitaram os preços significativamente reduzidos para as substituições de bateria”. Em 2018, a Apple diminuiu o preço para trocar a bateria do iPhone 6 ou superior, após descobrirem que a velocidade de aparelhos antigos é reduzida para evitar desligamentos inesperados.

Com informações: The Verge.