Início » Negócios » Amazon cria programa nos EUA e Reino Unido para doar produtos encalhados

Amazon cria programa nos EUA e Reino Unido para doar produtos encalhados

Companhia vinha sendo criticada por jogar fora itens não vendidos

Por
15/08/2019 às 15h36

Criticada por descartar produtos encalhados, a Amazon anunciou um programa que facilitará a doação de itens nessa condição. Trata-se do Fulfillment by Amazon (FBA) Donations, que deve beneficiar instituições de caridade nos Estados Unidos e Reino Unido, entre elas, a Good360 e o Exército da Salvação.

Caixa da Amazon

O assuntou ganhou grande repercussão no começo do ano, quando o canal francês de televisão M6 exibiu uma reportagem mostrando milhares de produtos sendo descartados em um depósito da Amazon na França.

Entre os itens estavam máquinas de café, TVs, pacotes de fraldas e até caixas de Lego. Boa parte desses produtos não estava avariada ou tinha defeito de fabricação. Eles simplesmente não foram vendidos e estavam sendo jogados no lixo para renovação de estoque.

Embora a reportagem tenha mostrado os descartes em um depósito na França, a prática também ocorre em outros países, incluindo Estados Unidos e Reino Unido.

Apesar de questionável, essa prática não é ilegal, tampouco exclusiva da Amazon. Mas, como a companhia é um dos maiores nomes globais do comércio eletrônico, o descarte de produtos acaba atingido grandes proporções em suas operações.

Para dar uma ideia, uma reportagem recente da CBS aponta que, em um intervalo de nove meses, a Amazon jogou no lixo 293 mil produtos se somados descartes em alguns armazéns na Reino Unido e França. Neste último país, a quantidade de produtos eliminados só em 2018 teria passado de 3 milhões.

A Amazon não trata do assunto abertamente, mas reconhece que, apesar de trabalhar há algum tempo com instituições de caridade para doar produtos indesejados, muitos deles acabam sendo descartados.

Amazon

Os custos são os principais motivos para o descarte. Para muitos parceiros comerciais, fica caro manter os produtos nos armazéns da Amazon por muito tempo. Doar soa como uma alternativa óbvia, mas custos associados à logística, impostos e outros fatores frequentemente tornam esse processo mais caro do que mandar os produtos indesejados para o lixo.

Com o FBA Donations, a Amazon vai simplificar o processo de envio dos itens às instituições de caridade e, com isso, espera reduzir consideravelmente a quantidade de descartes.

O FBA Donations entrará em funcionamento a partir de 1ª de setembro. O programa se tornará padrão para vendedores do marketplace que optarem por permitir que a Amazon armazene e distribua os seus produtos. A companhia trabalhará junto às entidades para organizar o envio das doações.

Não está claro se esse programa vai ser ampliado para outros países, mas a Amazon informou à CNBC que está trabalhando para reduzir a zero o número de descartes de produtos de parceiros. Esses esforços podem incluir, além das doações, processos de devolução a fornecedores e revenda mais eficazes.

Mais sobre: