Início » Celular » Nokia abandona app que mata processos em segundo plano no Android

Nokia abandona app que mata processos em segundo plano no Android

Evenwell encerrava apps em plano de fundo para economizar bateria, mas causava outros problemas

Paulo Higa Por

As maiores fabricantes de celulares Android, incluindo Samsung, Huawei e Xiaomi, usam uma técnica para economizar bateria que não é um padrão no Android: periodicamente, os aplicativos rodando em segundo plano são encerrados, sem cerimônia. Só que isso causa efeitos adversos e não é mais necessário com o Android 9 Pie. A Nokia é uma das primeiras fabricantes a abandonar essa solução.

Nokia 2.2

A Nokia adotava um software de uma empresa taiwanesa chamada Evenwell para matar os aplicativos em segundo plano. De fato, alguns celulares da marca foram elogiados pela excelente duração de bateria, mas isso vinha com um custo: no Android 8.0 Oreo e 9.0 Pie, qualquer processo em plano de fundo era encerrado se a tela ficasse desligada por 20 minutos.

Não é difícil perceber que isso causa problemas, por exemplo, com ferramentas de monitoramento de sono ou de alarme. E não adiantava incluir os aplicativos em uma lista branca, já que a implementação agressiva da Nokia matava esses softwares mesmo assim. O bug foi corrigido meses depois.

Agora, a Nokia explica: “Antes de o Google lançar a Bateria adaptativa no Android P, as fabricantes tinham suas próprias soluções para gerenciar o desempenho do sistema e a duração da bateria. Nossa solução era a Evenwell. Com o recurso de Bateria adaptativa do Android 9 Pie, a necessidade de ter uma solução alternativa não existe mais”.

Android Pie / bateria adaptativa

A Bateria adaptativa é uma função do próprio Google para economizar energia: ela usa aprendizagem de máquina para entender seus padrões de uso e definir quais aplicativos terão prioridade no uso de bateria, em vez de simplesmente ficar matando tudo em segundo plano. A inteligência artificial tende a ser melhor que humanos, por isso você não precisa perder seu tempo gerenciando o que roda em plano de fundo.

Todos os celulares da Nokia com Android 9 não terão mais o Evenwell; mesmo se o aplicativo ainda estiver instalado, ele permanecerá inativo. Novos smartphones, como o Nokia 2.2, não vêm mais com o software de fábrica, como confirma o NokiaPowerUser.

Don’t kill my app!

Don't kill my app!

A prática de matar os aplicativos em segundo plano fez surgir o movimento Don’t kill my app: o site mostra quais fabricantes são as piores nesse quesito, “quebrando aplicativos e deixando seu smartphone menos capaz”. Ele dá uma nota negativa (“crap score”) de zero a cinco. Quanto maior, mais agressivo é o gerenciamento de processos em plano de fundo.

A Nokia já chegou a liderar a lista, mas a atual campeã é a Huawei, que adota o PowerGenie: ele “mata tudo que não estiver na lista branca da Huawei e não oferece nenhuma opção de configuração dos usuários”. A Samsung também impede a execução de qualquer aplicativo que não tenha sido aberto por três dias. Ambas as empresas têm nota 5/5, a pior possível.

Nokia, OnePlus, Xiaomi, Meizu e Asus têm nota 4/5. Só quem se sai bem é a HTC e, claro, o próprio Google, que se limita a adotar os recursos padrões do Android.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

johndoe1981

Tá sabendo legal sobre root, sqn... Bom pesquisar primeiro pra não falar bobagem.

Kaleb

Quem diabos é louco de ficar fazendo peste de root hj em dia. Só da pra levar ban em jogos e perder a compatibilidade com alguns apps. Passou essa fase!

Kaleb

Faltou dizer a ele onde paga o comentário.

Kaleb

No meu Xiaomi eu simplesmente tenho o "poder" de escolher se a porra do app pode ficar em segundo plano ou não! EU MANDO! Coisa q nesses outros lixos nem dá pra fazer.

Geraldo Lopes

Cuidado, fanboy da Xiaomi é pior que o da Apple... https://uploads.disquscdn.c...

@Sckillfer

Enquanto isso Xiaomi segue sendo melhor te dando opção pra não encerrar os apps... E fortemente ignorando essa opção.

Tu compra aparelho com 4 GB de RAM pra parecer Moto E com 1 GB e assim querer comprar um de 12 e parecer que tem 3.

@Sckillfer

Tu chama a Chevrolet de GM Motors? Extra de Pão de Açúcar?

Luís Felipe

"Nokia abandona apap " nunca fez! Quem abandonou foi HMD Global... ainda estão nessa de "nokia fabrica os aparelhos".

Eduardo Braga

Fiquei curioso pra saber como a Apple trabalha isso.

richardsonvix

Algo que já é nativo do Android há anos na para de desenvolvedores, forçar matar processos acima de X.
O negócio é que há anos/versões de Android diversos artigos botaram em xeque a necessidade de programas para esse objetivo, claro, funcionavam, mas com consequências.

ochateador

O site ali esqueceu de avaliar os Motorola g7 power....

Luizx

Eu uso a ferramenta da propria asus pra fazer isso , Ela ajuda na bateria ja fiz testes entao eu so deixo os apps que uso sempre com acesso total a segundo plano e o resto eu boto no Super limpeza e no alto inicialização pra ser cancelado .

Possuo atualmente 120 aplicativos apos restringir o acesso da maioria deles , praticamente so deixei 4 que sao os de uso diario eu durmo e acordo com a bateria em 100% isso deixando sem carregar apartir das 9 da noite , Antigamente quando fazia isso acordava com 95% por ai

johndoe1981

O Greenify funciona muito melhor, sobretudo se o aparelho tiver root (instalando uma extensão do Xposed Framework), permitindo personalizar quase tudo relacionado à hibernação de apps. É um "matador" de apps muito mais poderoso que as ferramentas nativas das ROMs stock.

Uso há bastante tempo nos meus smartphones e nunca interferiu no funcionamento do Android, basta não adicionar aplicativos e serviços do sistema à lista de apps a serem encerrados.