Início » Aplicativos e Software » Como funciona o Microsoft Teams [rival do Slack totalmente grátis]

Como funciona o Microsoft Teams [rival do Slack totalmente grátis]

O Microsoft Teams é outra alternativa gratuita ao Slack; veja como funciona

Por
28/08/2019 às 19h01

Se você faz parte de uma equipe, seja de um projeto, estudo ou trabalho, e vocês ainda usam o WhatsApp para comunicação, está mais que na hora de considerar usar uma solução dedicada para comunicação de times. Veja como funciona o Microsoft Teams, um concorrente grátis do Slack.

microsoft teams

Como funciona o Microsoft Teams

O Microsoft Teams centraliza todas as conversas, arquivos e reuniões em um aplicativo. Essa categoria de app — os mensageiros corporativos — acaba sendo indispensável para empresas não misturarem o profissional com o pessoal ao usar o WhatsApp, por exemplo.

Antes o Microsoft Teams só era oferecido em uma assinatura do Office 365 (o pacote que engloba Word, Excel e PowerPoint), mas agora a Microsoft oferece um plano gratuito do Teams, apesar de incluir algumas limitações, a modalidade grátis inclui:

  • Máximo de 300 usuários;
  • Pesquisa de mensagens ilimitadas;
  • 10 GB de armazenamento compartilhado e mais 2 GB para cada usuário;
  • Chamadas de áudio e vídeo individuais e em grupo;
  • Integração ilimitada com cerca de 140 aplicativos de terceiros (Evernote e Trello, por exemplo) para extensão dos recursos.

Como o Microsoft Teams é integrado ao Skype, dá para fazer chamadas direto do aplicativo e qualquer pessoa pode ingressar na chamada também sem sair da plataforma.

Adicione ou convide pessoas para sua equipe

Assim que tiver criado a conta e feito login no Microsoft Teams gratuitamente, ele pedirá algumas configurações básicas para configurar uma nova equipe. Assim que estiver na tela principal:

  1. Clique nos três pontos ao lado do nome do time e clique em Adicionar Membros;
  2. Digite o e-mail do novo usuário;
  3. Toque em Adicionar;

A opção também pode ser encontrada no rodapé do Microsoft Teams, abaixo de todos os canais há o botão “Convidar pessoas”, o qual permite enviar um link, importar dos contatos ou também adicionar via e-mail os novos usuários.

Crie novos canais para separar os setores

Como todo time tem um canal geral, para se comunicar com a equipe inteira, a ideia é separar os assuntos em canais diferentes. Assim, por exemplo, o departamento financeiro, o jurídico e o de marketing teriam cada um os seus respectivos membros e assuntos, deixando o Geral para conversas de interesse global.

  1. Para criar um novo canal, toque nos três pontos ao lado do nome do time e clique em Adicionar Canal;
  2. Digite o nome do Canal;
  3. Clique em Adicionar.

Integre aplicativos ao Microsoft Teams

Se você usa outros aplicativos como Trello, Asana ou Evernote, pode integrar esses apps ao Microsoft Teams, basta clicar em aplicativos na barra lateral esquerda e procurar o aplicativo.

Você pode escolher se quer adicionar a extensão só para você ou para o time. Alguns aplicativos funcionarão como guias, seja para visualização de um arquivo ou integração total de um app.

Por exemplo: ao fazer o upload de um arquivo do Word dentro de um canal, é possível abrir uma guia do Word e editar o documento dentro do Microsoft Teams, sem precisar de outro aplicativo.

Use aplicativos para celular ou tablet

Além dos aplicativos para desktop (Windows e macOS), o Microsoft Teams é compatível com Android e iOS, então mesmo que um usuário esteja longe do computador, ele ainda consegue se comunicar e enviar arquivos para a equipe de onde estiver, desde que tenha conexão com a internet.

telas do aplicativo do Microsoft Teams para iOS

Posso usar mesmo de graça?

A própria Microsoft classifica o Teams como um produto Freemium. Isso quer dizer que ele é gratuito até certo ponto ou dependendo dos recursos que você precisa para uma equipe.

A versão gratuita inclui 10 GB de armazenamento compartilhado e 2 GB por usuário, integração com 140 aplicativos e possibilidade de adicionar até 300 pessoas. Eu acho isso suficiente para muita empresa, ao menos para começar a testar o serviço.

Se alguém precisar mais que isso, pode partir para uma das versões Business, que começa a partir de R$ 21,70 por usuário por mês e tem 1 TB de armazenamento.

Mais sobre: ,