Microsoft finalmente separa Teams do Office

Microsoft lançará globalmente o Microsoft 365, novo nome do pacote Office, sem o aplicativo Teams. Empresa estudava removê-lo do pacote apenas na Europa

Felipe Freitas
Por
Microsoft Teams no iPhone (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
Microsoft Teams não é mais um programa incluso no Microsoft 365, suíte de programas de escritório da big tech (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

A Microsoft está removendo o Teams do Microsoft 365, pacote de programas anteriormente conhecido como Office. Após anos de críticas por fornecer o aplicativo de comunicação empresarial e mudança na legislação na União Europeia, a big tech finalmente cancelou o “combo”. A maior parte das críticas vinham de concorrentes, que acusavam a Microsoft de competição desleal.

Um exemplo de reclamação da concorrente vem da Salesforce, dona do Slack, principal rival do Teams. A empresa alegava que era ilegal a Microsoft forçar a instalação do aplicativo através do Microsoft 365. Segundo o Slack, a big tech usava a posição de dominância do antigo Microsoft Office para ampliar o uso do seu programa de comunicação.

Microsoft fez o que a UE pediu e mais um pouco

Em 2020, a Salesforce denunciou o combo do Teams no Microsoft 365 para a Comissão Europeia. No ano passado, a big tech removeu o programa do pacote na União Europeia e Suíça, país não-integrante do bloco e que também contestava o “combo” vendido. Outro ponto contra a disponibilidade do Teams no Microsoft 365 era que a empresa escondia o valor do aplicativo no preço da assinatura.

Notificação do Microsoft Teams no Windows 11 (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Microsoft Teams poderá ser adquirido separadamente pelos usuários (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Em nota para a Reuters, a Microsoft afirma que, a partir desta segunda-feira (1), o Teams será vendido separado do Microsoft 365 em todo o mundo — e não é pegadinha de 1º de abril. Assim, a big tech acaba por se adiantar a possíveis processos em outros países. Dessa vez, a Lei de Mercados Digitais não teve papel direito na decisão da Microsoft.

No site da Microsoft no Brasil, com exceção da assinatura para pequenas e médias empresas, todos os outros planos seguem com o Teams em seu portfólio. A liberação dessas novas assinaturas ocorrerá no decorrer do dia.

No ano passado, a big tech removeu a versão do programa que vinha integrado ao Windows 11. Assim, o usuário pode excluir o Teams do PC caso não o utilize.

Com informações: TechCrunch e Reuters

Receba mais sobre Microsoft na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados