Início » Aplicativos e Software » Zao, app de deepfakes, é restrito pelo WeChat por “riscos à segurança”

Zao, app de deepfakes, é restrito pelo WeChat por “riscos à segurança”

WeChat proibiu usuários de baixarem o Zao por seu navegador devido a denúncias à página do novo aplicativo

Victor Hugo Silva Por

O aplicativo de deepfakes Zao foi lançado na sexta-feira (30) na China e já causa polêmicas por conta de sua proposta de incluir o rosto de usuários em cenas famosas. Ele teve seu acesso restrito pelo WeChat, que apontou riscos de segurança.

O WeChat proibiu o download do novo aplicativo em seu navegador e o envio de links de convite dentro de conversas. Quando os usuários tentam fazer isso, o mensageiro alerta que a página foi “denunciada várias vezes e contém riscos à segurança”.

Apesar da restrição, ainda é possível compartilhar pelo WeChat os vídeos com cenas editadas. Disponível somente na China, o Zao viralizou ao fazer com que uma selfie fosse suficiente para que os usuários pudessem “participar” de trechos de filmes, shows e clipes.

O Zao limita o deepfake a uma lista predefinida de produções e permite gerar GIFs de cenas famosas para os usuários compartilharem em outras plataformas. Em poucos dias, o aplicativo se tornou o mais popular da App Store da China e ainda possui uma longa lista de espera.

https://twitter.com/AllanXia/status/1168049059413643265

Com tanta facilidade para se criar vídeos editados, surgem mais preocupações sobre deepfake, que usa inteligência artificial para trocar o rosto de pessoas em vídeos. A técnica, que pode ser usada em vídeos divertidos, também pode servir para prejudicar terceiros.

Além disso, há o questionamento sobre quem é o proprietário dos vídeos editados. Um trecho removido dos termos de uso do Zao dava aos criadores do app a propriedade e os direitos autorais sobre o conteúdo criado pelos usuários.

Agora, os desenvolvedores do Zao prometem usar esse conteúdo apenas para melhorar o aplicativo. Eles também afirmam que os vídeos excluídos pelos usuários também serão removidos de seus servidores.

“Entendemos completamente as preocupações de todos sobre a questão da privacidade”, afirmou a equipe do Zao na rede social chinesa Weibo. “Estamos cientes do problema e estamos pensando em como resolver os problemas, precisamos de um pouco de tempo”.

Com informações: TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sir Jones Kast, Ph.D.

Vai dá merda. Muitas pessoas poderão ser incriminadas e muitas injustiças cometidas.

richardsonvix

E todo mundo achando que poderia botar o rosto em qualquer vídeo.

De cara pelos vídeos produzidos já dava para saber que o conceito é o mesmo de aplicação de texturas, melhorado utilizando IA.

RODRIGO

Deepfake: a nova onda da fake news do zap-zap!!! Vi este vídeo mostrado aqui nesta página e é totalmente perfeito, praticamente sem defeitos e/ou bugs!!! F* geral!! Como provar que não fez algo errado?!?!

Fabio Santos

Bem o controle que se faz na grande massa leva a isto, aposto que qualquer prova em vídeo do futuro vão usar os especialistas comprados pra enrolar de fato o povo a estes feito.

RPB Público

Eh, a próxima década vai ser muito complicada...

Felipe Liʍa

talvez no atual estado desta tecnologia.. imagina daqui a 5~10 anos como estarao as coisas!

johndoe1981

Pensei que fosse outro tipo de "cenas famosas"...

Nope

sucesso

Lobo Solitário

Nem sei pq se preocuparam em alterar os termos de privacidade. Zé povão não tá nem aí pra isso, vão baixar de qualquer jeito pq tá na moda.

Andrei

Você que pensa. Se fosse fácil assim essa preocupação toda seria em vão... Não estou dizendo que exista edição perfeita. Mas um dia aparecerá...

Baidu feat MC Brinquedo

com

Andrei

Futuramente provas em vídeo não poderão ser mais levadas em conta em tribunais pela grande dificuldade que será em descobrir se um vídeo é fake ou não. Eles podem proibir o app, porém só de saber que a tecnologia existe já é o suficiente.

Antony

Abre possibilidades interessantes na caracterização de personagens de jogos, MMOs em especial.

Renan Maia Fernandes

Ahh esses chineses...

Buldego

Instalado.

Exibir mais comentários