Início » Celular » Sharp Aquos Zero 2 é um celular com tela de 240 Hz

Sharp Aquos Zero 2 é um celular com tela de 240 Hz

É o celular de 6 polegadas mais leve do mercado, segundo a Sharp

Paulo HigaPor

Quantos hertz são hertz demais em um celular? A Sharp parece que ainda não chegou ao limite: a empresa anunciou nesta quarta-feira (25) o Aquos Zero 2, um smartphone topo de linha com hardware potente, corpo leve e tela OLED de 6,4 polegadas com taxa de atualização de 240 Hz.

Sharp Aquos Zero 2

Assim como no Aquos Zero, o chamariz do Aquos Zero 2 é ser o mais leve possível: ele tem apenas 143 gramas, três gramas a menos que o antecessor e muito menos que o Galaxy S10+ (175 gramas) e o iPhone 11 Pro Max (226 gramas). Este é o menor peso do mercado em um celular na casa das 6 polegadas, segundo a Sharp. Eu não sei se as pessoas realmente se importam com isso, mas os japoneses são estranhos mesmo.

A tela OLED de 6,4 polegadas do Aquos Zero 2 tem resolução de 2340×1080 pixels e entalhe em formato de gota para a câmera de selfie de 8 megapixels. Há um leitor de impressões digitais sob o display, e também é possível desbloquear o aparelho por meio de reconhecimento facial. A taxa de atualização de 240 Hz é o dobro de outros celulares gamers, como o Asus ROG Phone II.

Sharp Aquos Zero 2

Por dentro, o Aquos Zero 2 tem o que esperamos de um smartphone premium: processador octa-core Qualcomm Snapdragon 855, 8 GB de RAM e armazenamento interno de 256 GB. A câmera traseira principal tem resolução de 12 megapixels (f/1,7), enquanto a ultrawide tira fotos de 20 megapixels em sua lente com abertura f/2,4. Ele roda Android 10 de fábrica.

A traseira é feita de vidro e há proteção contra água e poeira, mas é claro que um smartphone tão leve precisava vir com algum ponto negativo: a bateria tem capacidade de apenas 3.130 mAh.

O Aquos Zero 2 começa a ser vendido no Japão em dezembro, ainda sem preço divulgado, junto com outros celulares intermediários da Sharp que com certeza não veremos no Brasil. Você escolheria um smartphone pela taxa de atualização da tela?

Com informações: GSMArena.

Comentários

Envie uma pergunta