Início » Negócios » Ebanx supera US$ 1 bilhão em valor de mercado e vira novo unicórnio

Ebanx supera US$ 1 bilhão em valor de mercado e vira novo unicórnio

O Ebanx ultrapassou o valor com um novo aporte que deverá ser usado para expandir serviços na América Latina

Victor Hugo Silva Por

O Brasil tem mais um integrante no grupo de empresas avaliadas em pelo menos US$ 1 bilhão, também conhecidas como unicórnios. A startup de pagamentos Ebanx informou nesta quarta-feira (16) que um novo aporte do fundo americano FTV Capital a ajudou a ultrapassar a marca.

De acordo com o Estadão, a Ebanx tem previsão de faturar US$ 150 milhões em 2019, valor 50% maior em relação ao ano passado. Boa parte da receita vem de soluções de pagamentos que ajudam empresas estrangeiras a se instalarem na América Latina.

A startup paranaense oferece seus serviços para empresas como Spotify e Airbnb (em parceria com a Worldline), além de AliExpress, Wish e Gearbest, e espera processar mais de US$ 2 bilhões em pagamentos este ano, segundo o TechCrunch.

Desde setembro, o Ebanx processa pagamentos via voucher e transferência bancária para a Uber no Brasil e em outros países da América Latina. A empresa também se tornou parceira da Visa, para aumentar pagamentos eletrônicos no Paraná, e de empresas como Coursera, Scribd e Shopify.

Fundada em 2012, a startup também oferece soluções de inteligência de mercado, análises, estratégias antifraude, consutoria em marketing e atendimento 24 horas voltado para clientes de empresas parceiras na América Latina.

“Nós temos um profundo conhecimento do mercado latino-americano. Estamos próximos dos consumidores e sempre atentos às necessidades dos nossos sites parceiros", diz o cofundador e CEO do Ebanx, Alphonse Voigt. "Para ser bem-sucedido na América Latina, é muito importante entender as especificidades de cada país, e é exatamente isso que o Ebanx oferece".

A empresa já havia recebido, em dezembro de 2017, um aporte de US$ 30 milhões de FTV, com participação da Endeavor Catalyst. O novo investimento deve ajudar na expansão do Ebanx Pay, uma solução de pagamentos voltada para empresas locais. O serviço foi lançado no mercado brasileiro em abril deste ano e deve ser levado à Colômbia em 2020.