Início » Negócios » Ebanx supera US$ 1 bilhão em valor de mercado e vira novo unicórnio

Ebanx supera US$ 1 bilhão em valor de mercado e vira novo unicórnio

O Ebanx ultrapassou o valor com um novo aporte que deverá ser usado para expandir serviços na América Latina

Victor Hugo Silva Por

O Brasil tem mais um integrante no grupo de empresas avaliadas em pelo menos US$ 1 bilhão, também conhecidas como unicórnios. A startup de pagamentos Ebanx informou nesta quarta-feira (16) que um novo aporte do fundo americano FTV Capital a ajudou a ultrapassar a marca.

De acordo com o Estadão, a Ebanx tem previsão de faturar US$ 150 milhões em 2019, valor 50% maior em relação ao ano passado. Boa parte da receita vem de soluções de pagamentos que ajudam empresas estrangeiras a se instalarem na América Latina.

A startup paranaense oferece seus serviços para empresas como Spotify e Airbnb (em parceria com a Worldline), além de AliExpress, Wish e Gearbest, e espera processar mais de US$ 2 bilhões em pagamentos este ano, segundo o TechCrunch.

Desde setembro, o Ebanx processa pagamentos via voucher e transferência bancária para a Uber no Brasil e em outros países da América Latina. A empresa também se tornou parceira da Visa, para aumentar pagamentos eletrônicos no Paraná, e de empresas como Coursera, Scribd e Shopify.

Fundada em 2012, a startup também oferece soluções de inteligência de mercado, análises, estratégias antifraude, consutoria em marketing e atendimento 24 horas voltado para clientes de empresas parceiras na América Latina.

“Nós temos um profundo conhecimento do mercado latino-americano. Estamos próximos dos consumidores e sempre atentos às necessidades dos nossos sites parceiros", diz o cofundador e CEO do Ebanx, Alphonse Voigt. "Para ser bem-sucedido na América Latina, é muito importante entender as especificidades de cada país, e é exatamente isso que o Ebanx oferece".

A empresa já havia recebido, em dezembro de 2017, um aporte de US$ 30 milhões de FTV, com participação da Endeavor Catalyst. O novo investimento deve ajudar na expansão do Ebanx Pay, uma solução de pagamentos voltada para empresas locais. O serviço foi lançado no mercado brasileiro em abril deste ano e deve ser levado à Colômbia em 2020.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

valdi luiz

Esse site sem vergonha tá enrolando a 2 meses pra entregar minha compra, me deram o cano. Nunca mais compro nesse estelionatário.

Lukas Veloso

Empresa show de bola, sempre rola meetups com vários assuntos refentes a tecnologia.

Lui Spin

Porque é a moeda universal, assim como o inglês é a língua universal.

Leonardo Feelckins
que demais, não fazia ideia que ebanx era brazuca
Leonardo Feelckins

que demais, não fazia ideia que ebanx era brazuca

Fábio
Essa Ebanx que processou meus pagamentos no Aliexpress. Nem sabia que era brasileira.
Fábio

Essa Ebanx que processou meus pagamentos no Aliexpress. Nem sabia que era brasileira.

Lucas Carvalho

no 5º parágrafo tem uma palavra errada: consutoria

Lucas

Isso mesmo.

Daniel

Essa me ama. Todo mês me manda email com a cobrança do Spotify... Coisa linda :)

uB.

Eita! Q treta, hein. Ebanx usava algum esquema pra burlar a lei. Pq o decreto passou a valer pra tudo quer tipo de cartão.

Pra viagem mesmo, travel card era muito bom! Além de seguro, dava pra usar o crédito q sobrou em compras na Internet. Agora só vale a pena dinheiro. E se perder o dinheiro ou voltar com grana é osso!

Comentário Mil Grau℗

Eu tmb.

Comentário Mil Grau℗

Tmb queria que voltasse, mas infelizmente os governos anteriores aumentaram o IOF dos cartões pré pagos. Eu usava o da Conta Super direto!

Cameron Poe

verdade, como o euro tá pra ramo fuebolístico hoje

João

O cartão tava funcionando até 2017 cobrando 0,38%, pelo q entendi eles faziam as transações em outro país com isenção assim, mas nem pesquisei tanto. O decreto da dilma foi em 2011.

Exibir mais comentários