Início » Negócios » Nubank revela principais gastos no cartão e economias com NuConta em 2019

Nubank revela principais gastos no cartão e economias com NuConta em 2019

Clientes do Nubank evitaram gastar R$ 1 bilhão em anuidade do cartão de crédito; NuConta economizou R$ 2,6 bilhões em tarifas

Felipe Ventura Por

O Nubank divulgou algumas estatísticas sobre o uso do cartão de crédito e da NuConta em 2019: a fintech estima que os clientes evitaram gastar R$ 2,6 bilhões em tarifas e mais de R$ 1 bilhão em anuidade. Os gastos mais frequentes no crédito foram em restaurantes, supermercados e saúde.

aplicativo nubank

Clientes do Nubank podem acompanhar as principais categorias de gastos através do aplicativo, abrindo a interface do cartão de crédito (com os gastos mais recentes) e tocando no gráfico da parte superior.

Para os clientes do Nubank em geral, a categoria "restaurante" correspondeu a 26,45% dos gastos em 2019, contra 25,08% de "supermercado". O top 3 é completado por "saúde", com 7,24% das transações.

Os gastos são divididos em 12 tipos diferentes, incluindo "casa", "eletrônicos", "vestuário", "lazer", "viagem", "transporte", "serviços", "educação" e "outros". O Nubank nem sempre consegue detectar corretamente o tipo de gasto; se quiser, você pode mudar isso de forma manual.

Clientes do Nubank evitam pagar R$ 1 bi em anuidade

O Nubank também estima que seus clientes evitaram gastar mais de R$ 1 bilhão com anuidade em 2019, considerando a média da tarifa cobrada pelo mercado. Ele abriu caminho para uma série de concorrentes que também não cobram anuidade, como Credicard Zero, Next e Inter.

O cartão de crédito do Nubank atinge picos de utilização ao meio-dia, e já passou por transações em 189 países, ou mais de 90% das nações existentes (considerando os membros da ONU).

Quanto à NuConta, a empresa estima que seus clientes deixaram de gastar R$ 2,6 bilhões em tarifas de manutenção e transferências via TED neste ano.

Eles também evitaram passar 19 milhões de horas poupadas em filas, considerando a quantidade de interações que normalmente precisariam ser resolvidas em uma agência, no caso de um banco tradicional. Isso inclui "abertura de contas, autorização de aparelhos, cancelamento de produtos ou recuperação de senhas".

Este ano foi importante para o Nubank: a fintech ultrapassou US$ 10 bilhões em valor de mercado e começou sua expansão internacional no México e na Argentina. Ela teve prejuízo de R$ 139 milhões no primeiro semestre; o diretor financeiro disse que "crescer de forma sustentável e, portanto, não gerar lucro nesse momento, é uma escolha".

Mais sobre: ,