Início » Internet » Google vai mapear áreas e estradas rurais de SP com Plus Codes

Google vai mapear áreas e estradas rurais de SP com Plus Codes

Mapeamento com Plus Code é uma parceria entre Google e governo estadual

Emerson Alecrim Por

Usar serviços como Google Maps em áreas urbanas faz parte da rotina de muita gente. Mas há um número grande de pessoas vivendo em zonas rurais cujas estradas não têm nome ou endereço padronizado. Para quem mora em regiões do tipo no estado de São Paulo, boas novas: o Google irá digitalizar essas áreas em parceria com o governo estadual.

Google Maps e Plus Code

A colaboração foi anunciada nesta semana pelo governo de São Paulo como parte do programa Rotas Rurais. Estima-se que, no estado, mais de dois milhões de pessoas vivem em áreas rurais sem endereço. Nas contas do governo, 340 mil propriedades rurais no estado não são endereçáveis e mais de 60 mil estradas ou ruas não são mapeadas nessas regiões.

Como consequência, os moradores desses locais acabam não tendo acesso adequado a serviços de entregas, telecomunicações ou segurança pública, por exemplo.

Graças à parceria, o Google irá mapear digitalmente essas áreas com base em Plus Codes. Esse tipo de tecnologia se baseia em coordenadas de latitude e longitude para identificar áreas em qualquer lugar do mundo com um código curto. Por conta disso, os plus codes são cada vez mais usados para indicar localidades que não têm endereço.

Assim, em vez de digitar algo no formato "nome da rua, número, cidade" no Google Maps, você usar um código como "M4H4+65, São Paulo" — a sequência de caracteres corresponde ao plus code.

Endereço Plus Code (foto original: Governo do Estado de São Paulo)

Endereço Plus Code (foto original: Governo do Estado de São Paulo)

Essa é uma tecnologia open source e, portanto, pode ser implementada em qualquer serviço de mapas, inclusive para uso offline. Como os códigos não mudam, um morador pode inclusive usar o plus code de sua propriedade em placas físicas ou cartões de visita, por exemplo.

Já há programas de mapeamento baseados em plus codes na Índia, Estados Unidos, África e em várias outras localidades. Além de permitir que propriedades rurais sejam encontradas facilmente em serviços como Google Maps, o mapeamento digital deverá facilitar a atuação de empresas, o acesso a serviços públicos, entre outros benefícios.

O trabalho de mapeamento será realizado no decorrer dos próximos meses. O governo de São Paulo espera que, em seis meses, o projeto já tenha formado uma extensa base de dados sobre localização de áreas rurais. Também há planos de levar a iniciativa para comunidades não mapeadas em zonas urbanas.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação