Início » Negócios » Google doará US$ 800 mi a pequenas empresas e agências de saúde

Google doará US$ 800 mi a pequenas empresas e agências de saúde

Objetivo do Google é ajudar pequenas empresas, ONGs e governos no enfrentamento do coronavírus

Emerson Alecrim Por

Companhias de várias partes do mundo têm buscado formas de contribuir com o combate ao coronavírus (Covid-19). O Google está entre elas: nesta sexta-feira (27), a companhia anunciou um programa que doará mais de US$ 800 milhões a pequenas e médias empresas, organizações de saúde e governos que tentam conter a pandemia.

Google - escritório

Desse total, US$ 250 milhões serão direcionados ao financiamento de espaços publicitários para uso pela Organização Mundial de Saúde e mais de 100 agências governamentais no mundo todo. O dinheiro deverá ser usado em campanhas para prevenção e informação da população sobre a Covid-19.

Outros US$ 200 milhões serão direcionados a ONGs e instituições financeiras em todo o mundo que disponibilizam crédito para pequenos negócios. Presumivelmente, o montante visa apoiar pequenas empresas que, por conta dos procedimentos de isolamento social e quarentena, estão parcial ou totalmente paralisadas.

US$ 340 milhões serão concedidos na forma de créditos para uso na rede de anúncios online do Google Ads. Esses incentivos serão direcionados a pequenas e médias empresas que têm ou tiveram contas ativas na plataforma no último ano.

O Google diz que o objetivo com os créditos é permitir que pequenos negócios mantenham contato com clientes durante esse período de distanciamento social. No entanto, os créditos poderão ser usados a qualquer momento até o fim do ano.

Coronavírus

Medida similar é o direcionamento de US$ 20 milhões de créditos para uso do Google Cloud por instituições acadêmicas e de pesquisa. “O objetivo é aproveitar a capacidade e a infraestrutura de computação do Google para impulsionar o estudo de tratamentos e vacinas, rastrear informações críticas e identificar novas formas de combater o coronavírus”, explica a companhia.

Além disso, o Google promete fornecer apoio financeiro e intelectual para ajudar no aumento da capacidade de produção de equipamentos de proteção pessoal (EPP) e aparelhos usados em hospitais.

Nesse sentido, funcionários da Alphabet (empresa que controla o Google) poderão oferecer seus conhecimentos em áreas como engenharia, supply chain (cadeia de suprimentos) e saúde para auxiliar na produção de respiradores e outros dispositivos importantes para o tratamento dos doentes.

Somadas essas e outras iniciativas, o montante a ser disponibilizado pelo Google deve, como já informado, passar de US$ 800 milhões.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Daniel Pita (@danielpita)

Durski, Justus, Hang: vai todo mundo quebrar!

Google: olhem como se faz em momentos de crise pra ser lembrado no futuro, fidelizar clientes e conquistar novos.

Vítor Gomes (@vctgomes)

O pior que é verdade kk.

Muitas das grandes empresas nasceram exatamente em momentos difíceis como esses. Basta ter visão pra enxergar a necessidade, é claro, e dinheiro.