Início » Aplicativos e Software » Apple Music sai do beta na versão web

Apple Music sai do beta na versão web

Versão web do Apple Music conta com todos os recursos do aplicativo, como rádio ao vivo Beats 1 e toda a biblioteca do usuário

André Fogaça Por

A partir desta sexta-feira (17) a Apple liberou a versão web do Apple Music do nome beta, mudando até mesmo o endereço de acesso. A novidade entrega o serviço de streaming de músicas da empresa da maçã para qualquer assinante que acesse via navegador em praticamente qualquer sistema operacional.

apple music web

O Apple Music em versão web começou a ser testado em setembro do ano passado, oferecendo basicamente os mesmos recursos do aplicativo que roda no iPhone, iPad, iPod Touch, Android e no Mac, para qualquer um que utilize um navegador no Windows 10, Linux, Chrome OS ou mesmo em um Mac mais antigo.

O endereço que carregava a interface era beta.music.apple.com, que agora redireciona para apenas music.apple.com. Nele o assinante pode encontrar toda a biblioteca de músicas, suas playlists salvas, recomendações e reproduz qualquer conteúdo que esteja disponível no Apple Music. Basta logar com uma Apple ID.

O que muda da versão beta para a final inclui a transmissão ao vivo da rádio Beats 1, que estava indisponível durante os testes iniciais, conteúdo em vídeo e isso inclui o projeto One World: Together at Home.

Ter uma versão web aumenta a presença do serviço de streaming, principalmente quando a concorrência é levada em conta. O Spotify, seu maior rival e que domina o mercado com 35% de participação (contra 19% do Apple Music, que está em segundo lugar), já oferece o player para navegador faz tempo. O mesmo vale para outros como YouTube Music e Deezer.

Com informações: The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Quando a Apple liberar um cliente pra desktop, como o Spotify e Deezer fazem, quem sabe eu cogite a assinatura, particularmente não gosto de streaming por navegador, até mesmo o YouTube.

Léo (@leo_oliveira)

Mas tem o iTunes

Luis Cesar (@Luis_Cesar)

O iTunes pode ter seus problemas mas para quem mescla a biblioteca particular com o streaming, no caso o Apple Music, ele é o melhor dos que eu já testei.

Spotify, Deezer e Play Music também permitem o upload de músicas mas é limitado, pois ficam todas listadas no mesmo lugar e de lá eu escolho as músicas que eu quero em cada playlist. No iTunes eu consigo arrastar direto para a playlist tranquilamente sem ter que catar milho em diretórios, com a vantagem de ter uma música mp3 64 substituída por aac 256 caso a faixa da playlist seja correspondente.

@ksio89

iTunes é ruim e bloated demais, ele é mais pra reproduzir música offline, como Winamp e foobar2000. Só pra ouvir música em streaming devia haver um cliente leve como o do Spotify e do Deezer, que são leves e funcionam muito bem.

Victor Serrão (@Victorgpserrao)

Mas tem, ué.

Juliano Ferretti (@Ferretti)

Gostaria que tivesse um iTunes versão web também. Pois o iTunes mesmo com todos os problemas que tem, a Apple na minha opinião, tem se não a melhor, uma das melhores bibliotecas de filmes e livros e com certeza, disparadamente a mais organizada.

Eu como consumo muito pouco streaming de vídeo, pra mim é muito mais vantajoso comprar um filme do que pagar uma assinatura pra usar de vez em nunca, mesma coisa com livros.

Na Play Filmes e Play Books da Google por exemplo é uma bagunça, e as vezes tem um file só dublado ou só legendado, na iTunes Store, o título que vc quer só aparece uma vez e quase sempre é multi idioma, multi legendas.