Início » Carro » Tesla pode oferecer direção completamente autônoma com uma assinatura

Tesla pode oferecer direção completamente autônoma com uma assinatura

Executivo não disse quanto vai custar a assinatura e nem mesmo se ela coexistirá com o pagamento de US$ 7 mil do recurso

André Fogaça Por

Elon Musk, CEO da Tesla, afirmou que quer tornar o recurso de piloto completamente automático de seus carros uma assinatura mensal. O modo de direção autônoma custa US$ 7 mil extras ao valor do próprio veículo elétrico.

interior tesla

Em grande parte dos carros da Tesla, todos elétricos, existem duas formas de piloto automático e que se aproximam de um veículo autônomo. A primeira, chamada de Autopilot e consegue seguir na mesma faixa onde o carro está, percebe outros veículos ao redor, controla a velocidade e freia sozinho quando o carro da frente para.

O modo completamente autônomo faz tudo isso, junto de respeitar os sinais de trânsito como placas de pare e semáforos, troca a faixa sozinho, estaciona o carro em uma vaga e até mesmo retirar o carro e levar o veículo até onde está o motorista – um sonho para os que não são bons em baliza, como eu. O primeiro modo custa US$ 3 mil na compra do Tesla, é um opcional como o ar condicionado no carro que você compra no Brasil.

O segundo tem valor de US$ 7 mil e custará mais, já que Elon Musk disse no ano passado que este custo subiria de tempos em tempos. O que cria uma vantagem por comprar o carro antes e aumenta as vendas, já que se o motorista comprar depois, vai pagar mais.

Agora, durante uma conferência para comentar os resultados do último trimestre da Tesla, o executivo disse que a empresa pode lançar um serviço de assinatura para o modo completamente autônomo. A novidade pode coexistir com a compra do recurso como opcional e dar a chance do consumidor assinar somente quando quer utilizar.

Elon Musk não disse o valor da assinatura, nem mesmo se ela conta com algum período de fidelidade, mas afirmou que ela pode ser divulgada ainda no final deste ano.

Com informações: Engadget.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Luander Falqueto Beltrame (@LuanderFB)

No Brasil não teremos isso nem em 10 anos, sendo muito otimista. E no mínimo esse sistema teria que aprender a desviar de buracos (crateras) que existem aos montes no nosso asfalto lunar.

João M. (@RonDamon)

Vc se surpreenderia com a IA da Tesla. Tem um vídeo com a visão dela, consegue detectar qualquer coisa. Mas já tem Teslas no BR, não é coisa futurista mais.

Thiago Calazans (@calazans)

Tem o vídeo aê?

Luander Falqueto Beltrame (@LuanderFB)

Que o sistema é impressionante não tenho dúvida, mas 100% seguro não deve ser. Sinceramente eu prefiro que esses sistemas sejam o auxílio do motorista e não o contrário.

José X. Burguer (@shevek)

isso aí tá meio esquisito, tá parecendo aquelas viagens tripuladas a Marte que o Musk andou vendendo faz algum tempo…

dos 5 níveis em que normalmente a direção autônoma é classificada, qual é o nível que vai ser oferecido pela Tesla ? provavelmente nível 3, e não o nível 5, que para mim seria a “direção completamente autônoma”

João M. (@RonDamon)
Jorge Luis (@Jorge_Luis)

Curioso a maioria de nós, como seres humanos, exigirmos um sistema 100% seguro. Nós somos a maior causa de acidentes e provocamos só no BR cerca de 40 mil mortes/ano. Esses sistemas, apesar de não serem 100%, estão provando(pelo que vi nos testes) serem consideravelmente menos letais que nós. O que resta é um dilema complexo de responsabilidade nos qual estamos mergulhados.

Luander Falqueto Beltrame (@LuanderFB)

Se já é difícil se sentir confortável sendo carona de um motorista barbeiro imagina de um sistema que não pode garantir sua segurança. Eu sei lá, não consigo ter esse nível de confiança.
Mas acho que não veremos isso tão cedo no Brasil, só a legislação vai demorar mais de 1 década com a presteza do nosso legislativo e vai ficar horrível pra variar!

André Fogaça (@fogaca)

Eu confio mais num sistema que vê mais do que eu vejo, do que nos meus olhos ó (sem contar nos outros motoristas né)

Luander Falqueto Beltrame (@LuanderFB)

Como o caminho até essa automação será longo espero criar essa confiança também, no momento ter esses sistemas como auxílio já está de bom tamanho.