Início » Finanças » PicPay testa pagamento via reconhecimento facial

PicPay testa pagamento via reconhecimento facial

A opção começará a ser liberada após o fim da quarentena e chegará primeiro para funcionários do Banco Original, controlador do PicPay

Victor Hugo Silva Por

O PicPay testa uma alternativa para simplificar o pagamento em estabelecimentos físicos. Além do QR Code, o aplicativo também permitirá confirmar a transação por reconhecimento facial. A solução começará a ser oferecida em lojas de São Paulo após a quarentena por conta da pandemia do novo coronavírus, causador da COVID-19.

PicPay e reconhecimento facial

O pagamento via reconhecimento facial será testado primeiro no café da sede do Banco Original, controlador do PicPay. Ao registrarem o pedido, os funcionários poderão ficar em frente a um tablet para confirmarem suas identidades. Em seguida, eles receberão uma notificação no celular para verificarem o valor e autorizarem o pagamento. A expectativa é que a operação dure 30 segundos.

Pensando na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que poderá entrar em vigor ainda este ano, a nova opção de pagamento será liberada somente depois do consentimento dos usuários. A empresa acredita que a solução se tornará popular em um momento em que muitas pessoas evitam contato físico.

Junto com o QR Code, o pagamento via reconhecimento facial é um alternativa mais segura que o pagamento em espécie ou com cartão. O próprio PicPay tem notado um aumento no número de usuários nos últimos meses. Apenas em abril, o serviço teve mais de 3 milhões de cadastros, alcançando a meta de 20 milhões de usuários que estava prevista para o final do ano.

Parte do crescimento ocorre por conta da liberação do auxílio emergencial, que pode ser transferido para o aplicativo. A plataforma também é o meio oficial para quem recebe o auxílio de merenda escolar do governo do estado de São Paulo e das prefeituras de Jacareí (SP) e Duque de Caxias (RJ).

Em meio à expansão, o PicPay planeja ampliar seus serviços. O aplicativo de pagamento, que já anunciou um cartão de crédito sem anuidade e sem tarifas, deve ganhar em breve um cartão de débito e um serviço de empréstimo.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vítor Gomes (@vctgomes)

A ideia é legal, mas é muito lenta.

Mesmo assim, espero q não dê certo. Odeio o PicPay.