Tecnoblog
Início » Negócios » Spotify cresce na América Latina, mas aumenta prejuízo

Spotify cresce na América Latina, mas aumenta prejuízo

Spotify perdeu R$ 2,14 bilhões no segundo trimestre de 2020; serviço de música tem 138 milhões de assinantes

O Spotify anunciou na noite de terça-feira (28) seus resultados financeiros do segundo trimestre, mostrando sinais de recuperação e atingindo 138 milhões de usuários pagantes, com forte crescimento na América Latina. No entanto, o prejuízo da empresa de áudio subiu ainda mais no período, para 356 milhões de euros, o equivalente a R$ 2,14 bilhões.

Entre março e junho de 2019, o Spotify havia registrado prejuízo líquido de 76 milhões de euros, ou quase 80% a menos que no período atual. O Wall Street Journal nota que as perdas ocorreram devido à alta de 70% nas ações do Spotify desde o final de maio, com o anúncio do podcast do comediante Joe Rogan, que será exclusivo da plataforma de streaming. Esse fenômeno acontece por causa dos impostos cobrados na Suécia, onde ficam a sede da empresa e um terço de seus funcionários.

Apesar do prejuízo, o Spotify cresceu sua base de usuários, chegando a 299 milhões, sendo que 138 milhões são assinantes do Spotify Premium, um aumento de 27% em uma comparação anual. Como de costume, os pagantes são responsáveis por quase todo o faturamento da companhia: mesmo sendo apenas 46% da base, eles responderam por 93% da receita de 1,89 bilhão de euros no trimestre.

Segundo o Spotify, as regiões da América Latina e do “resto do mundo” são as que mais crescem, com alta de 33% e 58% no número de usuários ativos mensais, respectivamente. Ainda assim, os latinos são os únicos que não retornaram aos níveis de consumo, em horas, de antes da pandemia: os usuários da região estão cerca de 6% abaixo do pico atingido antes da crise global de saúde.

A empresa, que diz ter “foco em áudio” (ou seja, além de músicas), reforça seu investimento em podcasts. O Spotify atingiu 1,5 milhão de podcasts e lançou 49 novos programas exclusivos fora dos Estados Unidos. A companhia também destaca o podcast de Joe Rogan, que será lançado em breve, além da parceria de múltiplos anos com a Warner e o lançamento do podcast de Michelle Obama, exclusivo do Spotify.

Para o terceiro trimestre de 2020, o Spotify espera chegar em até 317 milhões de usuários, até 144 milhões de assinantes e um resultado operacional entre lucro de € 70 milhões e prejuízo de € 150 milhões.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação