Início » Jogos » Apple pode bloquear Fortnite, mas não Unreal Engine, decide juíza

Apple pode bloquear Fortnite, mas não Unreal Engine, decide juíza

Tribunal encarou suspensão de contas da Epic relacionadas ao Unreal Engine como retaliação da Apple

Ana Marques Por

A Epic Games ganhou, ao menos por enquanto, uma das batalhas travadas na Justiça contra a Apple, após violar as diretrizes da App Store. Uma ordem restritiva temporária proíbe o banimento das contas relacionadas ao Unreal Engine – o que causaria problemas a diversos outros jogos e desenvolvedores. A decisão contraria as ameaças de suspensão da Epic do iOS e do macOS.

O que é Unreal Engine? / Epic Games / Divulgação

De acordo com a juíza Yvonne Gonzalez Rogers, a Apple não é obrigada a restaurar Fortnite em sua loja de aplicativos, uma vez que a remoção do jogo não demonstrou dano irreparável. “Na minha opinião, você não pode ter um dano irreparável quando você mesmo cria o dano”, explicou a juíza à advogada da Epic Games.

No entanto, a suspensão das ferramentas para desenvolvedores também não procede: além de afetar diversos outros softwares que utilizam o motor gráfico da Epic, a conta relacionada ao Unreal Engine fica sob as credenciais da Epic International, uma entidade separada da Epic Games, com contrato à parte. Para a juíza, um banimento desses serviços seria apenas retaliação da Apple.

Rogers também se mostrou cética quanto à possibilidade de danos financeiros originados a qualquer uma das duas empresas em decorrência de sua decisão: “Estamos falando de uma empresa que vale bilhões contra uma empresa que vale trilhões”, zombou.

Fortnite / Epic Games (Foto: Reprodução / Felipe Vinha)

A Apple respondeu à decisão da juíza, alfinetando a dona de Fortnite. Em uma declaração feita à Mark Gurman, a empresa agradece ao tribunal por “reconhecer que o problema da Epic é totalmente auto-infligido”, e reforça que está disposta a aceitar Fortnite novamente na App Store desde que a Epic siga as diretrizes impostas a todos os desenvolvedores parceiros.

Uma audiência completa sobre o caso está marcada para o dia 28 de setembro. Até lá, a menos que a Epic decida voltar atrás em relação ao método alternativo de pagamento para os itens de Fortnite, é provável que o jogo permaneça fora da App Store.

Com informações: CNET e MacRumors

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João M. (@RonDamon)

Sensata a decisão. UE é usada por um monte de devs indies.

² (@centauro)

Mas falando sério, dano financeiro pode ter, independente do porte da empresa. A questão é se o dano é significativo ou não.
E a Apple justificou o bloqueio da UE, mas pelo visto a juíza rejeitou e retrucou.

Bruno (@Unknown)

Na minha opinião, você não pode ter um dano irreparável quando você mesmo cria o dano

kkkkk gostei disso, critica precisa.

@bkdwt

Juíza mais sensata do que essa, é impossível!

@ksio89

Decisão justa, não há santo nessa história.