Tecnoblog
Início » Celular » TP-Link Deco M3: rede mesh com design de repetidor Wi-Fi

TP-Link Deco M3: rede mesh com design de repetidor Wi-Fi

TP-Link Deco M3 é um kit de roteador mesh com duas unidades, mas desempenho não é dos melhores

Todo mundo quer um bom Wi-Fi e nem sempre os modens fornecidos pelas operadoras de banda larga conseguem entregar sinal bom o suficiente em toda a casa. A tecnologia Mesh é uma das soluções para esse problema, formando uma rede com diversos dispositivos que amplificam a cobertura. Testamos o Deco M3 da TP-Link: um kit de dois equipamentos com promessa de funcionamento para até 100 dispositivos.

Análise do TP-Link Deco M4 em vídeo

Aviso de ética

O Tecnoblog é um veículo jornalístico independente de tecnologia que ajuda as pessoas a tomarem sua próxima decisão de compra desde 2005. Nossas análises de produtos são opinativas e não possuem nenhuma intenção publicitária. Por isso, sempre destacamos de forma transparente os pontos positivos e negativos de cada produto.

Nenhuma empresa, fabricante ou loja pagou ao Tecnoblog para produzir este conteúdo. Nossos reviews não são revisados nem aprovados por agentes externos. O Deco M3 foi fornecido pela TP-Link por empréstimo. O produto será devolvido após os testes.

Design

Logo que abri a caixa do Deco M3, encontro uma figurinha conhecida aqui no Tecnoblog: sim, tem um Deco M4 ali dentro. O kit consiste em um Deco M4 e um Deco M3W, que é um aparelho pequeno que você pluga na parede. O formato lembra bastante dos tradicionais repetidores de sinal e pode ficar discretamente ligado em qualquer tomada.

Falando do M3W, senti falta de uma porta Ethernet no chanfro entre a base e a parte traseira, como em outros kits de roteadores mesh ou mesmo repetidores tradicionais. Isso permitiria conectar desktop, smart TVs e outros dispositivos sem placa Wi-Fi. No geral, não há nenhum segredo com o equipamento: há apenas luzes indicadoras e um botão de reset na lateral, que precisa ser apertado com algum objeto pontiagudo.

E voltando ao M4, a opinião não mudou: é um equipamento apresentável, sem cara de roteador; a torrezinha é elegante e não vai atrapalhar a decoração da sua sala, ou de onde quer que esteja o modem da sua operadora de banda larga. O topo tem uma espécie de espiral incompleto abraçando o logo da TP-Link, que por sua vez também é o LED indicador de status.

Na parte traseira encontram-se duas portas Gigabit Ethernet. O conector para a fonte de alimentação fica na parte inferior, junto com o botão de reset.

Configuração

Colocar o kit para funcionar é bem simples e certamente pode ser feito por pessoas leigas. Toda a configuração é feita através do aplicativo TP-Link Deco para Android ou iOS. A partir dali, o usuário cria um ID da TP-Link e segue os passos.

A configuração começa com o M4, que deve ser ligado na tomada e também no modem da operadora. O Deco tenta identificar qual o tipo de sua conexão – se for por DHCP, como na maioria dos casos, tudo será feito automaticamente. Caso seja necessário autenticar por PPPoE, é possível incluir o usuário e senha. Também dá para configurar VLANs, o que pode ser útil caso você tenha algum serviço de TV por assinatura IPTV que exija esse ajuste.

Após a configuração do equipamento principal, o próprio aplicativo já pergunta se há mais alguma unidade Deco para adicionar na rede e dá orientações de onde posicionar o dispositivo satélite baseado no layout da residência. Feito isso, basta ligar o M3W na tomada, aguardar alguns instantes e pronto: a configuração será feita automaticamente e é só usá-lo.

Outro ponto importante que merece destaque é que dá para expandir a rede com outros dispositivos Deco, que não precisam necessariamente ser da família M3 ou M4. A própria TP-Link divulga a ordem de conexão dos dispositivos para ter o melhor desempenho possível.

Recursos

Os recursos do M3 são idênticos aos do M4, até porque o roteador é o mesmo. Além da configuração de VLANs, dá para configurar uma rede de convidados, que fica isolada da rede doméstica para que suas visitas não bisbilhotem possíveis arquivos compartilhados na rede.

Um recurso importante é o QoS, que permite eleger a prioridade dos dispositivos e assegura que o smartphone do amiguinho não roube toda a banda de internet enquanto você precisa trabalhar. Além disso, o Controle dos Pais pode restringir o acesso a sites, estabelecer limite de tempo e desligar a internet em determinados horários.

Tenho usado o M4 desde que o review foi ao ar e notei algumas deficiências que ainda não havia percebido na época. A primeira delas é com relação aos relatórios mensais: o sistema exibe dados sobre a segurança da rede e o total de dispositivos conectados diariamente, mas não sobre o tráfego de dados – o que pode ser importante para quem utiliza conexões limitadas, como banda larga via satélite ou pequenos provedores que não precisam seguir a cautelar da Anatel.

Outra deficiência boba que encontrei no produto é a ausência de DMZ. Isso não deve ser um problema para a maioria das pessoas, mas pode ser uma função útil para usuários avançados que precisam expor o dispositivo diretamente à rede e não querem configurar o redirecionamento de portas individualmente.

E aqui volto a elogiar a existência do modo de Ponto de Acesso, que permite agregar o Deco a uma rede já existente. Isso é útil para quem tem outro roteador controlando a internet ou mesmo para aqueles que não conseguem colocar o modem da operadora no modo bridge (alô Vivo e Oi Fibra, qual a necessidade de limitar essa função em alguns equipamentos?).

Por fim, uma decepção é a integração com a Alexa: a caixa do M3 mostra que o produto é compatível com a assistente de voz da Amazon, mas não fala da indisponibilidade na língua portuguesa. A TP-Link havia comentado ao Tecnoblog que não tem data para disponibilizar o recurso por conta da pandemia de coronavírus, mas você pode se virar com as integrações do IFTTT.

Desempenho e sinal

Minha casa tem dois andares e o posicionamento levou em conta que precisava de uma unidade em cada andar. Além disso, a unidade principal precisava ficar próxima do modem da minha operadora ou de algum ponto de rede pré-existente.

Aqui precisamos dividir o review em dois: o Deco M4 tem um desempenho excelente, mas não posso dizer o mesmo para o M3W. E talvez aqui seja um caso de que tamanho é documento: por ser menor, as antenas do M3W também são menores e isso resulta em algumas limitações quanto à velocidade de acesso e à potência de sinal. Além disso, o ponto de acesso pequeno não tem suporte a MU-MIMO.

Para obter melhor cobertura, optei por colocar o Deco principal no andar inferior no hall da escada, enquanto o Deco M3 satélite ficou no segundo andar, com um posicionamento fora da lógica tradicional: se ele ficasse na copa do andar de cima, por exemplo, os dispositivos acabavam conectados no Deco principal em alguns dos quartos mais próximos da escada, e a velocidade de rede ficava mais baixa. O melhor custo-benefício foi deixá-lo à esquerda da planta.

Planta do primeiro andar, onde fica o Deco M4 conectado ao modem da operadora

Planta do segundo andar, onde ficou o Deco M3W

Na prática, foi possível cobrir a casa inteira com Wi-Fi, mas a taxa de transferência ficou bem distante da minha velocidade contratada (300 Mb/s) em alguns cômodos. Quanto mais próximo do Deco principal, melhor o desempenho. Individualmente, o Deco M4 tem uma boa performance e entrega altas velocidades, enquanto o M3 serve para expandir a cobertura de sinal.

Testes de velocidade

Os testes de velocidade foram feitos atavés de um laptop com placa Wi-Fi compatível com 802.11ac, transferindo arquivos de um desktop conectado via cabo de rede e interface Gigabit Ethernet. É importante frisar que os resultados podem variar conforme o tipo de construção e interferência de roteadores de vizinhos. Os valores estão em megabits por segundo (não confundir com megabytes por segundo).

Localização do laptop Velocidade média em 5 GHz
Hall da escada inferior
Conectado ao Deco M4
481,7 Mb/s
Sala de estar – andar inferior
Conectado ao Deco M4
435 Mb/s
Quarto do lado direito da planta – andar superior
Conectado ao Deco M3
94,3 Mb/s
Quarto/Escritório do andar superior
Conectado ao Deco M3
125,4 Mb/s
Quarto à esquerda do andar superior
Conectado ao Deco M3
130,3 Mb/s

Vale a pena?

O Deco M3 é um produto fácil de instalar e que tem potencial para agradar possíveis compradores. No entanto, é muito complicado recomendar a aquisição: na publicação desse review, o produto é comercializado por cerca de R$ 950 no varejo brasileiro; por esse mesmo valor, é possível adquirir um kit de duas unidades do Deco M4 que traz desempenho muito superior.

O que talvez faria sentido seria a venda avulsa do M3W, para que usuários da solução Deco consigam expandir a rede atual a algum ponto onde o sinal ainda é fraco. No entanto, a TP-Link do Brasil só deve comercializar o produto individual no ano que vem; no exterior, é possível comprar um M3W por cerca de US$ 50.

Pra quem não precisa de uma unidade principal com portas gigabit, é possível encontrar o Deco E3 por menos de R$ 700, mas não acho que vale a pena investir nesse tipo de equipamento: as velocidades de banda larga aumentam cada vez mais com expansão de fibra óptica de grandes e pequenas operadoras, e um equipamento com Fast Ethernet têm limitação física de 100 Mb/s.

Especificações técnicas

Deco M4

  • Processador: Qualcomm Dual Core
  • Memória RAM: 128 MB
  • Portas: Gigabit Ethernet (x2) híbrida de WAN e LAN
  • Rádio: 802.11ac, frequências de 2,4 GHz e 5 GHz, MU-MIMO, 2 antenas internas
  • Velocidade nominal: 300 Mb/s em 2,4 GHz e 867 Mb/s em 5 GHz
  • Conectividade: IPv4, IPv6
  • Modos de operação: Roteador (servidor DHCP), Access Point (cliente DHCP)
  • Serviços extras: Amazon Alexa (indisponível em português), IFTTT e TP-Link Cloud
  • Recursos: rede de convidados, relatórios de dispositivos, controle parental, controle de banda (QoS), Beamforming,
  • Dimensões: 90,7mm de diâmetro e 190 mm de altura

Deco M3W

  • Processador, memória RAM: não divulgado
  • Rádio: 802.11ac, frequências de 2,4 GHz e 5 GHz, 2 antenas internas
  • Velocidade nominal: 300 Mb/s em 2,4 GHz e 867 Mb/s em 5 GHz
  • Conectividade: IPv4, IPv6
  • Modos de operação: extensor de rede mesh Deco pré-existnete
  • Serviços extras: Amazon Alexa (indisponível em português), IFTTT e TP-Link Cloud
  • Recursos: rede de convidados, relatórios de dispositivos, Beamforming (QoS e controle parental obedecem configuração do Deco principal)
  • Dimensões: 124 mm × 69 mm × 35 mm (sem o plugue da tomada)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação