Início » Brasil » Bolsonaro cogita reduzir impostos sobre jogos eletrônicos

Bolsonaro cogita reduzir impostos sobre jogos eletrônicos

No Twitter, o presidente Jair Bolsonaro afirmou ter conversado com o ministro Paulo Guedes sobre possível redução de IPI

Victor Hugo Silva Por

O presidente Jair Bolsonaro anunciou na quinta-feira (8) que pretende reduzir os impostos sobre jogos eletrônicos, em um passo parecido ao que realizou há pouco mais de um ano. Ele indicou ter conversado com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para diminuir o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) de games para 30%.

Jair Bolsonaro (Imagem: Alan Santos/PR)

Jair Bolsonaro (Imagem: Alan Santos/PR)

“Em 2019, baixamos os impostos sobre jogos eletrônicos de 50% para 40%. Ontem, falei novamente com o Paulo Guedes para buscarmos uma nova redução, de 40% para 30%. Reconheço não ser o ideal, mas estamos avançando”, publicou Bolsonaro, em sua conta no Twitter.

A declaração faz referência à redução de IPI realizada em agosto de 2019. Na ocasião, o presidente assinou um decreto que determinava alíquotas de 16% a 40% para o imposto sobre consoles, peças e acessórios — até então, elas giravam entre 20% a 50%. A medida foi criticada por representantes da Zona Franca de Manaus, que apontavam o risco de fechamento de empregos.

Bolsonaro reduziu IPI de consoles

Em seu tweet, Bolsonaro comenta sobre uma redução do IPI para jogos eletrônicos, mas cita a alíquota de consoles. No decreto de 2019, não houve redução de impostos sobre games, e sim, sobre consoles, partes e acessórios. A categoria que teve a alíquota reduzida de 50% para 40% foi a de “consoles e máquinas de jogos de vídeo”.

O mesmo documento reduziu de 40% para 32% o IPI de partes e acessórios de consoles, e de 20% para 15% em modelos com tela integrada. Vale lembrar que o Senado tem uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que prevê imposto zero para consoles e jogos no Brasil. A última movimentação ocorreu em agosto de 2019 quando foi aprovada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
16 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Danilo Cursino (@Danilo)

Acho engraçado como esse sujeito sempre acena á comunidade gamer quando está com alguma polêmica. Deve ter alguma pesquisa interna bem forte em relação a comunidade gamer e a efusividade do apoio e esses dog whistles.

uzu (@uzu)

Baixa o imposto e o preço aumenta

@doorspaulo

Galera sendo contra… redução de impostos…?
Ta aí algo que nunca vi.

Eu (@Keaton)

Apesar de eu não ser contra a redução de impostos, me pergunto por que eles ao invés de baixar de coisas supérfluas como jogos, não baixaram os impostos sobre o que o pessoal precisa mais? Tipo energia elétrica e telefone, que tem impostos que chegam à quase 40% e temos de pagar todo santo mês? Isso ajudaria a melhorar a vida de muito mais pessoas. Mas não, claro… vamos reduzir os impostos de algo que não faz muita diferença para boa parte da parcela do povo brasileiro, muitos que estão se virando para conseguir sobreviver com o auxilio emergencial de um lobo guará…

Esse desgoverno tá virando um shit show inexplicável…

TCelestino (@tcelestino)

Se fosse impostos em coisas que realmente abrange a grande maioria da população, tenho quase certeza que ia ter muita gente elogiando, por mais que não goste.

Agora, diminuir imposto de um setor que ñ atinge a grande massa do país, sem dúvidas é para se questionar.