Início » Aplicativos e Software » Celulares Asus Zenfone estão com falha de bootloop no Brasil

Celulares Asus Zenfone estão com falha de bootloop no Brasil

Zenfone 5, Max Shot, Max Plus (M2) e outros celulares da Asus entram em bootloop e não funcionam, às vezes após atualização

Felipe Ventura Por

Donos de celulares Asus no Brasil vêm se queixando nos últimos meses que o aparelho deixou de funcionar de repente, às vezes após uma atualização do Android: ele fica em bootloop, preso no logotipo da empresa, sem carregar o sistema. Há reclamações sobre o Zenfone 5 (2018), Max Shot, Max Plus (M2) e outros, todos já fora da garantia. A fabricante diz ao Tecnoblog que os clientes precisam recorrer à assistência técnica, e o reparo é pago.

Asus Zenfone Max Shot e Max Plus M2 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Asus Zenfone Max Shot e Max Plus M2 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Bootloop em celulares Asus Zenfone

Um grupo no Telegram dedicado ao Zenfone Max Shot e Max Plus (M2) recebe diversos relatos de bootloop — basicamente um por semana.

“Estou com um Max Shot na mão, ele está em loop infinito; de acordo com o dono, depois de uma atualização”, conta um dos participantes. “Celular travado na tela da Asus e não inicia… Ele do nada congelou a tela, desliguei e ficou em loop”, explica outro.

O vídeo abaixo, compartilhado no grupo, mostra um Max Shot em bootloop:

Felipe Vieira, que também participa do grupo, é dono de um Zenfone Max Plus (M2). “O aparelho apresenta vários defeitos como travamento, congelamento de câmera, câmera tirando fotos verdes”, ele diz ao Tecnoblog. “Uma vez, enquanto eu usava o aparelho, ele entrou na tela Asus e ficou; só consegui arrumar restaurando a ROM stock.”

Rian S., desenvolvedor de ROM para o Max Shot, afirma ao Tecnoblog que há casos mais graves: “o problema principal são os hard bricks que afetam todo o armazenamento eMMC, fazendo que seja de difícil acesso a recuperação do dispositivo”.

O Zenfone Max Shot e Max Plus (M2) compartilham o mesmo nome de modelo (ZB634KL) e possuem o Snapdragon SiP 1, plataforma móvel da Qualcomm que inclui o processador, chip gráfico, modem, GPS, memória flash, RAM, entre outros.

Zenfone 5 (2018) também sofre com bootloop

Asus Zenfone 5 (Imagem: Paulo Barba/Tecnoblog)

Asus Zenfone 5 (Imagem: Paulo Barba/Tecnoblog)

As queixas também estão presentes no Reclame Aqui, e acabam englobando outros modelos da Asus. “Possuo um Zenfone 5 modelo ZE620KL… simplesmente DO NADA o celular apagou e morreu; ao ligar, aparece o logo da Asus e desliga novamente”, relata um usuário.

Outro dono do Zenfone 5 (2018) também teve esse problema: “um mês após o término da garantia, estava em casa, usando o celular normalmente, quando ele simplesmente apagou… o aparelho religou e ficou travado na tela inicial, aquela com o logo da Asus e não voltou mais”. Ele diz que recorreu a uma assistência técnica onde havia cinco Zenfones 5 com a mesma falha.

Há também o dono de um Zenfone Max Pro (M1) que conta: “ele desligou de vez; fui ao site da Asus e orientou dar um reset, tento realizar o procedimento, porém sem sucesso; quando tento ligar, não sai do logo do Android e Asus e desliga completamente”.

No Reclame Aqui, a Asus responde basicamente da mesma forma: orientando o cliente a procurar uma assistência técnica, e avisando que “não será possível repará-lo dentro da garantia de 12 meses do fabricante”; o conserto precisa ser feito “mediante orçamento”.

Queixa contra Asus (Imagem: Reprodução/Reclame Aqui)

Queixa contra Asus (Imagem: Reprodução/Reclame Aqui)

Asus pede para contatar assistência técnica

Inicialmente, a Asus respondeu ao Tecnoblog dizendo que “nem todos os casos estão relacionados com atualização”. Ela pede que o usuário faça reset no celular e, se isso não resolver, que entre em contato com a assistência.

“De acordo com os relatos, segundo avaliação da empresa, nem todos os casos estão relacionados com atualização”, afirma o comunicado. “A recomendação da ASUS é que, inicialmente, os usuários restaurem seus smartphones para as configurações de fábrica, pois é possível fazer o hard reset mesmo estando em bootloop.”

As instruções para fazer a restauração de fábrica estão neste link. A Asus continua: “se, ainda assim, o problema não for solucionado, o produto deve ser encaminhado para uma assistência técnica para análise caso a caso”.

O problema é que os celulares afetados pelo bootloop já estão fora da garantia, então precisariam pagar para resolver o defeito — sendo que, em alguns casos, isso foi causado por uma atualização de software da própria Asus. Outra questão é que o suporte fica em São Paulo, e o cliente precisa despachar o produto, o que leva tempo.

O Tecnoblog perguntou à Asus se ela poderia abrir uma exceção e fornecer conserto gratuito a quem for afetado pela falha de bootloop. A empresa reforçou que “os usuários devem seguir a recomendação e enviar os produtos para a assistência autorizada, estando ou não na garantia”.

Além disso, ela respondeu: “cada caso será avaliado e terá sua tratativa definida individualmente; de acordo com técnicos da empresa, não é possível generalizar uma conduta, pois não há um padrão nas ocorrências e momentos de falha nas notificações em questão”.

Isso talvez não seja o bastante. Felipe Vieira, que participa do grupo de Telegram sobre o Max Shot e Max Plus (M2), afirma que recorreu ao suporte da Asus mais de quatro vezes “e eles não fazem nada a respeito, nem com atualizações”.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
24 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

Padrão Asus de qualidade

Jhonatan Mikael (@Jhonatan_Mikael)

Sou um dos devs do zenfone maxshot,plusM2,e bom corrigindo umas coisas aí… ele congela o touchscreen,é só volta quando apaga a tela e reativa, e em outro ponto a asus disse que pode-se restaurar o sistema do aparelho pelo mesmo via recovery(recuperação “factory reset”) mas no caso do zb634kl não é possível,pois ele só entra na tela de fastboot(modo download) e em modo EDL, e mesmo reinstalando o software original do aparelho o mesmo não inicia,mesmo linpando todas as partições antes da instalação via comandos do fastboot,ja tentamos de tudo,instalar a rom via fastboot,via Qfil tools(ferramenta qualcomm de recuperação) mas nada resolve o problema! Grandes abraço,muito boa a publicação!!espero que nôs ajude

Claudio Volber (@Claudio_Volber)

Os meus da Motorola sempre morrem pela tela, sempre dá algum B.O. na tela, a não ser um que estragou a bateria!

Bruno Carvalhaes (@Bruno_Carvalhaes)

Que chato eim Asus, agora tecnoblog bota a boca no trombone e fala aqui da porcaria que a samsung fez em retirar na atualizacao da one ui 2.5 o modo raw na api da camera frontal das linhas galaxy s10 e s20 e note 10 essa cagada que a samsung fez e que todos os usuarios ficam aos milhares reclamando em varios canais e redes sociais como telegram facebook twiter e no proprio samsung members e eles nao fazem nada a respeito!

Ramon Valente (@Ramon_Valente)

Isso aí é vício oculto e a Asus tem que reparar sem custo algum, se entrar na justiça contra a empresa com a prova de que outros aparelhos apresentaram o mesmo defeito, o cliente ganha na certa!

Felipe (@fefernoli)

Liberar atualização que bricka o aparelho
Cobrar pela assistência
Stonks

Brincadeiras a parte eu às vezes questiono se realmente é tão interessante ter atualizações de sistema por tanto tempo, já que nem todo mundo paga por garantia estendida, casos como esse, mesmo que não tão comuns, podem acontecer. Só olhar o que está acontecendo com o Moto G8 Power, tá com atualização bugada e se não m engano a Motorola até agora não corrigiu. Meu G7+ atualiza a cada 3 meses, se em uma dessas bugar algo capaz que fico 3 meses esperando a boa vontade da bela Motorola.

teo venier (@teo_venier)

Tenho um M1 e nunca tive problemas…

Bruno Carvalhaes (@Bruno_Carvalhaes)

A asus nao tem qualidade nenhuma,só porque voce deu sorte num caso isolado nao quer dizer que uma grande maioria de lesados tenha que aceitar ficar no prejuizo, e deve ter vendido para alguem leigo em tecnologia e que não é exigente com qualidade ,pois eu nunca comprei e nunca comprarei asus, pois todo aparelho da concorrencia ganha a asus disparado em disign qualidade de construção,tela e cameras, e durabilidade. Aquele asus zenfone 3 zoom diziam q era a camera do S7 e que mentira o S7 espancava ele em fotos e o marketing mentiroso levava as pessoas a comprarem um aparelho muito inferior ao s7 em todos os aspectos eu na epoca nao comprei pois tive a oportunidade de pegar um em maos e ver lado a lado com um s7 e um htc 10 que literalmente o espancam e o colocam no chinelo e o fazem parecer um lixo um brinquedo tamanha a diferença de qualidade de construcao tela cameras etc…asus é um lixo, no Brasil a melhor ainda é a samsung apesar de tbem ser um lixo no pós venda e agora ta com problema no s10 lite e tbem lesar os clientes mas ainda assim é bem superior a asus, melhor que a samsung no Brasil nao tem, podem tentar importar um huawey ou um xiaomi que xiaomi pra mim tambem só presta os topos de linha.

Fabio Neves (@Fabio_Neves)

Asus mobile é muito mal gerida.
Marcel Campos, por mais que alguns tenham simpatia por ser BR, sempre foi muito palestrinha e cheio de discursos bonitos.
Mas com péssima atuação prática.
Asus precisa de um Head que não fique batendo boca com YouTuber e consiga cumprir a missão de fazer o Zenfone virar realidade, já que até hoje não passa de uma promessa (mas com potencial)

Carlos Erger (@Carlos_Erger)

A Asus está completamente equivocada quanto a negativa de cobertura da garantia. Celulares em perfeito funcionamento que apresentam problemas após atualização fornecida pela própria fabricante há uma presunção clara de que ela causou o problema, de tal forma que ela deve reparar sem nenhum custo, independe da garantia. Os consumidores prejudicados devem buscar o Judiciário em caso de negativa do fabricante, coisa que me parece certa. Constatado o vício, tem o consumidor 90 dias para reclamar e buscar as devidas reparações.

@ksio89

Se eu tivesse um aparelho da Asus brickado irreversivelmente após a atualização, já estaria preparando os trâmites para ingressar no JEC. Não tem o que a Asus contestar, como o colega acima bem explicou.

Fabio Neves (@Fabio_Neves)

Exato.
A garantia, por vício oculto, ou advindos de uma atualização oficial enviada pela fabricante, não tem prazo definido.
Basta pegar por analogia os recalls que fabricantes de carro fazem constantemente.

André NH (@Andre_NH)

Eu sempre confiei na marca Asus, como sendo de qualidade. Na área da informática ela está entre as melhores placas de vídeo e placa mãe. Eu tenho dois notebooks Asus, um deles comprado em 2012 (AMD A6) e outro em 2014 (core i3), e todos funcionando perfeitamente. Primeira vez que me interessei em comprar Celular da Asus foi na época do Zenfone 2 com processador Intel, porém não cheguei a comprar, mas comecei a reparar na marca, e desde então nunca vi alguém próximo falar mal da marca. Amigos e familiares me pedem opinião quando vão trocar de smartphones. Uma vez compramos 4 LG G2 (d805) e 4 LG G3 (d855) e todos foram pro lixo depois de um ano de uso, e isso que o LG G3 era o top de linha época. E desde então eu tenho indicado os smartphones da Asus, e nunca tivemos problemas, com a exceção de um deles, um Max Pro M1, que as vezes reinicia de repente (mas esta pessoa eu sei que não tem muito cuidado com smartphones, então não sei quem seja o problema, ela ou a Asus). Nos últimos 12 meses compramos uns 4 ZenFone Max Pro M1, um Zenfone 4 Selfie Pro, e por último 4 ZenFone 5Z. Um dos 5Z é o meu, que comprei no final do ano, depois que meu BlackBerry Priv, com 3 anos de uso, escureceu a tela (imagino que tenha relação com o movimento de abrir e fechar a tela repetidas vezes em 3 anos), então resolvi comprar um smartphone novo. Depois disso compramos mais 3 ZenFone 5Z, de tão bom que achei o meu. Inclusive um deles foi para minha esposa, onde o 5Z substituiu um iPhone XR, pois era melhor em tudo, sendo o Snap845 mais rápido que o Bionic A13. E é por isso que vim parar aqui neste post: minha esposa relatou que o ZenFone 5Z dela deu uns problemas, de travar e reiniciar de repente, do nada, umas 3x durante o dia. Então eu desliguei o 5Z dela, e reiniciei ele. Depois disso se passaram 3 dias e não aconteceu mais nada, mas fico apreensivo, diante tantos relatos negativos. Por experiência própria, não compro mais LG, e mesmo assim não vejo tanta reclamação dela, mas da Asus estou vendo muita coisa ruim, eu que tinha a marca como de confiança.

Fabio Neves (@Fabio_Neves)

Show.
Agora a culpa é dos que “insistem” em atualizar a versão do Android.

@ksio89

Menos, iSheep, bem menos. O problema se restringe à uma única fabricante.

Exibir mais comentários