Início » Cultura » Netflix Brasil pode lançar novelas para disputar com Globoplay

Netflix Brasil pode lançar novelas para disputar com Globoplay

Netflix contrata atores da Globo e cogita produzir novela em 2021 para adicionar ao catálogo de streaming

Felipe Ventura Por

O mercado de streaming no Brasil está cada vez mais concorrido, e a Netflix aposta em produções originais para se destacar. Ela estaria cogitando fazer novelas para adicionar ao seu catálogo, como forma de conter o crescimento do Globoplay, que oferece dezenas de folhetins exibidos pela TV Globo.

Netflix (Imagem: David Balev/Unsplash)

Netflix (Imagem: David Balev/Unsplash)

A informação vem do site NaTelinha: a direção da Netflix estaria analisando sinopses e estudando um formato para estrear novelas em seu catálogo. A empresa já teria decidido que o enredo chegará a no máximo 80 capítulos, contra a média de 160 episódios na Globo.

A Netflix teria usado Coisa Mais Linda como um teste para identificar um possível interesse do público por novelas. Trata-se de uma série com poucos episódios, mas a história segue os melodramas que costumam aparecer na TV aberta. Ela foi renovada para uma segunda temporada, que estreou este ano.

Netflix pode ter novela em 2021

Se for aprovada, a primeira novela da Netflix deve chegar só em 2021; a empresa planeja contratar “um autor de peso”. Ela aparentemente queria começar a produção ainda em 2020, mas teve que interromper os trabalhos devido à pandemia; as gravações foram retomadas no Brasil em setembro.

Segundo o NaTelinha, a Netflix tinha uma regra de não contratar talentos que trabalharam na Globo, mas isso mudou. O ator Eduardo Moscovis, que fez várias novelas, estrela a série Bom Dia, Verônica; enquanto Bruno Gagliasso está comprometido com dois projetos de série para o streaming,

O Globoplay contabiliza pouco mais de 100 títulos na categoria “novelas”, das mais recentes (como Amor de Mãe) a antigas (Vale Tudo, Tieta). Além disso, o serviço vem reforçando o catálogo de séries estrangeiras, área em que a Netflix se destaca.

A Netflix também terá que se preocupar com a chegada do Disney+ em novembro, que contará com filmes e séries da Marvel, Star Wars e Pixar; além do HBO Max, que deve desembarcar na América Latina em 2021.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alisson Santos (@alisson)

Acho que o formato das novelas em breve se tornará um produto de nicho. Não conheço nenhum “millennial” que tem acesso a internet e serviços de streaming que seja um ávido consumidor deste tipo de conteúdo. Acho que Netflix quer atrair nossos pais e avós. Eles já tem a nós.

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Só eu que acho que existem mais produções próprias da netflix ruins do que boas? Sempre que vou assistir à uma produção própria dela pesquiso, antes, no YouTube, os comentários sobre o conteúdo. A maioria é sempre falando que o filme ou série é uma porcaria.

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Nasci em 93 e amo novelas. Porém prefiro as do meu tempo de criança.

Rayson Silva (@scibra)

Poderiam adquirir os direitos de exibição de “Pantanal”, “Xica da Silva” e “Mandacaru”, restaurar pra ficar em alta definição e colocar no catálogo, seria um sucesso, as novelas da Manchete eram ótimas.

Reinaldo Boson (@Ticano)

Tem um monte de série lá que mais parece novela…

imhotep (@imhotep)

Pode ser. Meus sogros e tios assistem Netflix há muitos anos. Mas é certo que ficam restritos a filmes e séries mais complexos e menos adolescentes. Uma boa parte das séries da Netflix é bem jovem e adolescente e às vezes, a falta de complexidade não atrai adultos (velhos ou não).
Os jovens sempre foram o público alvo predileto e isso é normal. Mas agregar os mais velhos também é interessante.

As pessoas torcem o nariz, mas o Globo Play faz muito sucesso por causa do acervo enorme da Globo e suas novelas.

Alex (@wuhkuh)

Só eu vendo isso dar certo, novela tem sua audiência cativa, pois é só sentar na frente da TV em horário especifico pra assistir, sem cansaço. Pegar o controle pra todo dia clicar em um capitulo novo são outros 500. Agora se eles fizeram uma novela sem os impedimentos que a TV aberta tem, talvez faça um buzz, vide “Verdades Secretas” que as 23h foi mais adulta e bombou

sir kazu (@Duko)

Só eu que acho que existem mais produções próprias da netflix ruins do que boas? Sempre que vou assistir à uma produção própria dela pesquiso, antes, no YouTube, os comentários sobre o conteúdo. A maioria é sempre falando que o filme ou série é uma porcaria.

melhor assistir à uma produção própria e ter opinião própria, se for procurar opinião dos outros, não terá opinião própria e a diversão, se ficar passando tempo nisso procurando opiniões dos outros.

por isso eu nem leio e assisto, assim formo minha opinião própria e me divirto, se eu não gostar, eu retiro da minha lista e sigo na frente.

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Se um filme ou série tiver 1 estrela, por exemplo, pra mim, o conteúdo não presta. Isso vale para compras online também. A opinião da maioria me influencia muito, nesse quesito.

André Noia (@Andre_Noia)

Muita gente aqui comentava coisas do tipo: “quem vai assinar Globoplay pra ver novelas?”. Bom, o que eu mais vejo é gente assinando Globoplay justamente pra ver a novela a hora que quiser e também as séries. Eu, por exemplo, não acompanhava as séries da Globo porque sempre passavam tarde demais e em um ritmo que eu não gosto (quase todo dia). Com Globoplay eu passei a consumir conteúdos da TV aberta que antes não consumia por N motivos. Tem muita gente que assiste também Ana Maria Braga e matérias específicas do jornalismo. Eu chego à noite e assisto o jornal local da Globo e vou direto nas matérias que me interessam (pulo esporte e policial). E vejo Tb o Jornal da Globo, que na TV passa muito tarde, mas tem análise muito boa dos mais variados temas. Domingo eu sempre vejo a matéria especial do Globo Rural nele Tb. Tenho passado mais tempo no Globoplay do que na Netflix. A mãe de uma amiga chega em casa e TODO DIA assiste, numa tacada só, as novelas da faixa noturna da globo dentro do Globoplay.

Fábio Valentim (@maitabom)

Só se for a escrita por Manoel Carlos, onde a história se passa no Leblon e a protagonista se chama Helena