Início » Jogos » Sony é processada por falha de drift no DualSense do PS5

Sony é processada por falha de drift no DualSense do PS5

A ação contra a Sony pela falha no DualSense é movida pelo mesmo escritório responsável por processar a concorrente Nintendo

André Fogaça Por

Uma ação coletiva foi registrada contra a Sony por conta do drift encontrado no controle do PlayStation 5, o DualSense. No processo os usuários reclamam que o defeito apontado no gadget já era de conhecimento da empresa japonesa e ele impede o uso principal do produto, prejudicando toda a experiência do próprio console por consequência.

DualSense do PlayStation 5 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

DualSense do PlayStation 5 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

O processo está registrado no Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York pelo escritório Chimicles Schwartz Kriner & Donaldson-Smith LLP (CSK&D), com o autor Lmarc Turner, mas também citando outros usuários que reclamam do mesmo problema no controle do PS5. O documento afirma que o DualSense é “defeituoso” ao manter a ação no jogo mesmo quando parte do periférico não é mais pressionado.

O drift é um problema já conhecido do mundo gamer e não é exclusivo do DualSense e nem mesmo do PlayStation 5. Este tipo de falha faz com que um dos analógicos continue enviando sinal de acionamento, mesmo quando a parte física e que fica em contato com o dedo do usuário já voltou para sua posição original.

A ação alega que a Sony dos Estados Unidos está ciente deste problema e até oferece reparação, mas de forma “limitada”. “Quando os consumidores experimentam o defeito do drift, as opções para reparo são mínimas. O portal dedicado da Sony para falhas encontradas no hardware do PlayStation 5, incluindo o controle DualSense, está passando por acúmulo de acessos e redireciona o consumidor para um agente de atendimento ao cliente”, diz o documento.

“Os clientes estão enfrentando longos tempos de espera e tendo que lidar com um labirinto de falas gravadas no telefone até finalmente chegarem ao agente de fato, para falar sobre reparos para o controle DualSense”, complementa.

Ao final, o processo busca “reparação monetária pelos danos sofridos, medidas declaratórias e medidas cautelares públicas” da Sony. Ele também pede que a empresa inicie um programa de recall ou reparação gratuita para esta falha no DualSense.

DualSense também apresenta falhas no Brasil

As primeiras reclamações no lado da Sony começaram a aparecer logo no fim do ano passado, poucas semanas após o lançamento do próprio console e elas acontecem tanto no exterior como no Brasil. Ao menos por aqui a Sony vem realizando a troca do DualSense logo após o envio do produto com defeito para a assistência técnica. Em um dos casos, do jornalista Marcelo Ramos Rodrigues, o novo controle chegou em um mês.

Uma falha semelhante acometeu os gamers que escolheram o Nintendo Switch, que encontram o drift nos Joy-Cons. No caso da conterrânea japonesa a movimentação dos usuários também acabou em uma ação coletiva contra a marca responsável pelo console. Este processo foi aberto pelo mesmo escritório de advocacia responsável pelo caso da Sony, o Chimicles Schwartz Kriner & Donaldson-Smith LLP (CSK&D).

Eu comprei ambos os consoles e, até agora, não encontrei nenhuma falha de drift no DualSense do PlayStation 5, nem mesmo nos Joy-Cons do Nintendo Switch – comprado lá em 2017, ano de seu lançamento. O único problema que tenho está no lado da Nintendo e envolve a desconexão do Joy-Con esquerdo por uns dois segundos, para depois ser reconectado. Eu “resolvi” o dilema utilizando um Pro Controller para qualquer jogo.

Com informações: IGN e SlashGear.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando