Início » Jogos » Microsoft cogitou cobrar comissão menor de jogos para Xbox

Microsoft cogitou cobrar comissão menor de jogos para Xbox

Comissão para jogos de Xbox seria reduzida para 12%, mas Microsoft não deve seguir em frente com o plano

Felipe Vinha Por

Documentos internos indicam que a Microsoft cogitou cortar a porcentagem de comissão que cobra de desenvolvedores que vendem games na loja online do Xbox. Vale registrar que isso vai acontecer com jogos de PC – de 30% para 12% –, a partir de agosto deste ano. Nos consoles, porém, a decisão foi revista.

Gears 5 (Imagem: Divulgação/The Coalition/Xbox Game Studios)

Microsoft pode fazer mudanças no futuro (Imagem: Divulgação/The Coalition/Xbox Game Studios)

Decisão não deve seguir em frente

Aparentemente, a intenção era tornar o mercado ainda mais competitivo e beneficiar quem vende seus jogos na Microsoft Store para Xbox. Em quase todas as lojas online, incluindo Steam, além de PlayStation e Nintendo, a comissão que fica com a plataforma é de 30%.

A ideia original era de repetir o corte feito no PC também na loja de consoles – passando de 30% para 12%, uma redução de mais de 50%, que com certeza faria a diferença para quem vende seus títulos por lá.

O documento que revela a possibilidade é, em tese, sigiloso, mas estava anexado ao já longo processo e batalha legal entre Apple e Epic Games, que se desenrola desde o final de 2020. Ao The Verge, um representante da Microsoft não comentou sobre o documento, mas alegou que a empresa não pretende fazer mudanças na comissão para jogos de console no momento.

Por ora, resta aguardar por novidades oficiais sobre qualquer mudança na comissão para jogos de Xbox por parte da Microsoft. A empresa tem investido em compra de estúdios e no fortalecimento de títulos exclusivos, então não seria difícil imaginar um cenário onde este corte de comissão realmente aconteça, para atrair mais desenvolvedores.

Com informações: The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando