Início » Aplicativos e Software » Xiaomi indica que MIUI 13 chega em agosto e pode ser lançada no Mi Mix 4

Xiaomi indica que MIUI 13 chega em agosto e pode ser lançada no Mi Mix 4

Os rumores apontam para a MIUI 13 como atualização sem mudanças radicais na interface, diferente do Google com o Android 12

André Fogaça Por

A Xiaomi deu indícios de que a interface MIUI 13 será lançada já neste mês de agosto, junto do próximo smartphone topo de linha da empresa chinesa, o Mi Mix 4. O software, que fica acima do Android em todos os seus aparelhos e altera profundamente o sistema operacional móvel do Google, também poderá ser instalado em aparelhos lançados recentemente.

Xiaomi Redmi Note 10 Pro (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Xiaomi Redmi Note 10 Pro (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Além de criar smartphones, a Xiaomi desenvolve internamente sua interface alterada para o sistema. Este, na verdade, foi o primeiro produto da marca chinesa, antes mesmo de sua entrada na fabricação de celulares para o mercado internacional. A versão mais recente da ROM é a MIUI 13 e ela ainda está em desenvolvimento, mas muito provavelmente será lançada em agosto deste ano para um número considerável de usuários.

O indício da entrega da MIUI 13 partiu diretamente de Li Ming, um executivo da empresa. Ele confirmou o trabalho interno da empresa para desenvolver a nova interface para os aparelhos, dando pitacos sobre a provável data de lançamento do software: agosto deste ano. Apontar essa data de disponibilidade pode também chamar atenção para o Mi Mix 4, próximo aparelho da empresa em sua linha de dispositivos topo de linha, beirando um conceito e não apenas um smartphone forte.

A disponibilidade da MIUI 13 deve abranger não somente um novo aparelho caro, mas alguns modelos da marca chinesa e que foram introduzidos no mercado nacional ou internacional nos últimos dois anos. Por mais animador que seja esse cronograma de updates, ele ainda está atrás do trabalho do próprio Google para os aparelhos Pixel e também a concorrente asiática Samsung em seus Galaxy.

Xiaomi mudou os processos internos sobre a MIUI

Enquanto a MIUI 13 ainda não está nas mãos dos usuários, a Xiaomi resolveu criar uma equipe dedicada para o desenvolvimento justamente de sua interface alterada para o Android, chamada de MIUI Pioneer. Anunciado no último dia 17 de junho, o trabalho deste grupo consiste em ouvir a avaliação de seus usuários para criar novas ferramentas, ou alterar como os recursos funcionam no software.

O trabalho envolve até mesmo a otimização utilizada pela Xiaomi para tornar seus aparelhos mais adequados ao que é oferecido com a MIUI. Os frutos desta equipe estarão presentes não somente em smartphones vendidos na China, mas também para os lançamentos internacionais – chamados de modelos globais.

A MIUI 13 pode não ser tão inovadora assim

Recentemente um grupo chamado Xiaomiui publicou alguns registros sobre o que está dentro da MIUI 13. Como ela não foi apresentada oficialmente pela empresa asiática, estes boatos são os únicos que temos e eles não garantem uma mudança visual impactante como já foi apresentada com o Android 12. Basicamente os usuários ganharão mais opções de personalização do sistema, junto de animações e elementos novos.

MIUI 13 (Imagem: Reprodução/Xiaomiui)

MIUI 13 (Imagem: Reprodução/Xiaomiui)

Outra mudança aparente, ainda de acordo com o vazamento de telas, está na organização de ícones. Nesta versão, a MIUI parece ter aumentado o espaço entre cada um deles, deixando assim a tela mais limpa e adotando um visual consideravelmente minimalista.

Com informações: Gizmochina.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando