Início » Aplicativos e Software » Kernel Linux 5.14 é lançado com suporte a Rasperry Pi 400 e Sony Xperia

Kernel Linux 5.14 é lançado com suporte a Rasperry Pi 400 e Sony Xperia

Linux 5.14 é anunciado oficialmente apenas alguns dias depois do aniversário de 30 anos do kernel

Emerson Alecrim Por

Apenas alguns dias depois de completar 30 anos de existência, o software de código aberto mais popular do mundo ganha uma nova versão. No último domingo (29), Linus Torvalds fez o anúncio oficial do kernel Linux 5.14. Entre as novidades da nova versão estão o suporte ao Raspberry Pi 400 e até às linhas de celulares Sony Xperia 1 e 5.

Tux no Ubuntu Linux (imagem ilustrativa: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Tux no Ubuntu Linux (imagem ilustrativa: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Antes de listar os atributos técnicos do Linux 5.14, Torvalds escreveu uma introdução bem-humorada sobre o aniversário do projeto:

Noto que vocês ainda devem estar ocupados com as festas de gala, bailes à fantasia e todos os demais eventos do 30º aniversário, mas em algum momento vocês devem ficar cansados do brilho constante, dos fogos de artifício e do champanhe. Esse vestido de gala ou fraque não é a coisa mais confortável que existe também. As celebrações continuarão por mais algumas semanas, mas talvez vocês precisem de um respiro.

Para quando isso acontecer, eu tenho exatamente o que você precisa — um novo kernel para testar e usufruir. Por que o 5.14 está aí, apenas esperando vocês botarem a mão na massa e se lembrarem sobre o que são as festividades.

Linus Torvalds

Novidades do Linux 5.14

Raspberry Pi 400

Sem mais delongas, vamos aos recursos que marcam o Linux 5.14, começando pelo suporte ao Raspberry Pi 400, aquele teclado com computador embutido (ou vice-versa) que foi anunciado no final de 2020.

Até então, o dispositivo não era totalmente compatível com o Linux devido a problemas com drivers. Em clima de “antes tarde do que mais tarde”, essas situação foi resolvida com a versão 5.14.

Suporte melhorado a USB4 e GPUs AMD

Aos poucos, notebooks compatíveis com USB4 e Thunderbolt 4 vão surgindo no mercado. O Linux não está fora desse movimento. A nova versão recebeu uma série de implementações e correções que melhoram o suporte a essas tecnologias.

Além disso, o novo kernel segue o ritmo das versões anteriores de aumentar o suporte a chips RISC-V com pequenas melhorias periódicas.

Mas, no quesito “melhorar o suporte”, um dos avanços mais significativos está na compatibilidade com o recurso de hot-unplug para placas de vídeo AMD Radeon. O Linux 5.14 permite que esses dispositivos sejam desconectados durante a execução do sistema sem causar “kernel panic” ou outro tipo de problema.

Esse recurso pode ser útil para quem usa placas de vídeo externas ou precisa desativar uma GPU usada em uma máquina virtual, por exemplo.

Linhas Sony Xperia 1 e 5

Talvez você tenha estranhado a menção aos celulares Xperia. A Sony é uma das poucas fabricantes que dão abertura para o suporte ao Linux em seus smartphones, o que explica a relativa facilidade com que sistemas operacionais como Sailfish OS e Ubuntu Touch podem ser instalados nos aparelhos da marca.

O Linux 5.14 deve aumentar essa compatibilidade por trazer suporte inicial aos modelos Sony Xperia 1, 1 II, 5 e 5 II. Suporte inicial não é o mesmo que suporte completo, mas já é meio caminho andado para que sistemas baseados nessa versão do kernel rodem com menos trabalho nesses aparelhos.

Linux 5.14: quando e como?

É claro que esses são só alguns dos avanços. Uma lista mais ampla de atribuições do Linux 5.14 pode ser encontrada na mensagem de Torvalds.

Já o código-fonte do kernel pode ser baixado no site oficial. Naturalmente, a novidade deverá ser adotada pelas principais distribuições. Embora ainda não haja confirmação, há boas chances de que o Ubuntu 21.10 (a ser lançado em outubro) conte com a nova versão, por exemplo.

Com informações: It’s Foss.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando